Guia do Ramen – Tipos, Curiosidades e Receitas

, ESCRITO POR

Inscreva-se para baixar nossos livros e receber contéudo exclusivo

[ATENÇÃO] Quer aprender Japonês? Clique e conheça o Clube Nihongo Kakumei!

Compartilhe com seus Amigos!

Neste guia completo vamos ver tudo sobre o ramen, seus tipos, ingredientes, curiosidades, receitas, composição, massa e tudo o que você precisa saber sobre o tradicional macarrão japonês no caldo que conquistou o mundo.

O lámen ou ramen [拉麺] é um prato chinês que foi incrementado na culinária japonesa, tendo seus ingredientes e receitas diferentes, mas mantendo a mesma base de preparo. Essa sopa de macarrão é um dos pratos mais populares e consumidos do Japão.

O que é um ramen?

Lamen é um simples prato que consiste em uma sopa de macarrão com uma diversidade de ingredientes e sabores. Geralmente os restaurantes fabricam o próprio macarrão utilizado no prato, assim como soba e udon.

Existe uma infinidade de tipos de ramens. Podem ter carne bovina, frutos do mar, sopa de missô, legumes e alguns vão além e são preparados com ingredientes exóticos. Existe até mesmo ramen carbonizado e preto.

Guia do Ramen - Tipos, Curiosidades e Receitas

Diferença entre Lamen e Ramen?

Ramen ou Lamen, qual o nome certo? – No Japão não existe a letra “R”, então meio que o nome tradicional chinês lámian virou ramen ao ser exportado para o Japão. Não existe um certo ou errado, por isso usamos as duas formas aleatoriamente no texto.

No português é mais comum encontrarmos lámen. Mas acreditamos que ramen é a forma mais certa de se referir ao prato japonês. Lamen, no geral, se refere ao modo de preparo chinês, mas ambos são tigelas de caldo quente com macarrão.

O nome “ramen” significa massa esticada [拉] (la) e macarrão [麺] (men). Ele é, portanto, o protagonista do prato. Farinha de trigo, ovo e água, são os três ingredientes básicos que produzem essa variedade de macarrão.

Guia do Ramen - Tipos, Curiosidades e Receitas

História do ramen no Japão

Alguns afirmam que o ramen foi introduzido no Japão por imigrantes chineses no fim do século 19. Um simples macarrão com caldo e carne de porco fatiado no estilo chinês. Não se sabe se essa ideia já foi usada antes.

Foi apenas no final da Segunda Guerra Mundial que o prato se popularizou de verdade no Japão. A escassez de alimento junto com a abundancia e farinha de trigo e banha de porco fez com que milhares de restaurantes de ramen surgissem por todo Japão.

O lámen era vendido em barracas de comida chamadas de yatai por preços baixos, tornando-se uma grande salvação pós-guerra. Em 1980 já era febre com cada região do Japão tendo seu próprio ramen.

No Brasil o prato também se popularizou essa época com a imigração de japoneses para o Brasil. Em São Paulo já existiam casas de ramen desde 1950. É uma pena não ter se espalhado para outros regiões sem grande concentração de japoneses.

Guia do Ramen - Tipos, Curiosidades e Receitas

Como é feito o ramen?

O ramen geralmente é feito como uma especiaria, existem até mesmo especialistas que investigam restaurantes de ramen por todo país a procura do sabor perfeito. Seu preparo consiste em duas coisas importantes, o macarrão e o caldo.

Como é o macarrão do lamen?

Uma característica importante é que ele usa farinha de trigo como matéria-prima ao invés de trigo sarraceno como o soba. Além disso é adicionado uma solução alcalina de sal chamada água salobra que difere a massa das outras tradicionais do Japão e Ocidente.

Geralmente os macarrões das casas de ramen são caseiros, alguns utilizam maquina para corta-lo e fabrica-lo, mas alguns são totalmente feito a mão, outros são industrializados, mas as verdadeiras fabricas de ramen fazem de forma caseira.

O macarrão também pode ser classificado de acordo com a espessura como “macarrão fino”, “macarrão médio fino”, “macarrão médio espesso”, “macarrão espesso” e semelhantes. É considerado também a crimpagem do macarrão.

A principal massa geralmente é à base de farinha de trigo, sal e água, onde os formatos mudam em espessura e textura. Também se pode usar hosomen (mais fino), somen (feito com apenas trigo e água), soba (feito com trigo sarraceno) e udon (mais grosso).

Caso tenha interesse, recomendamos ler o artigo sobre tipos de macarrões japoneses.

Guia do Ramen - Tipos, Curiosidades e Receitas

Como é a sopa do lamen?

A sopa de ramen é chamada de “suupu” [スープ]. A sopa é um fator muito importante que determina o sabor do ramen, e a maioria das casas de lamen usam uma sopa elaborada e demorada. A sopa costuma ser feita com vários ingrediente.

Geralmente se usa vegetais, molho de soja, flocos e lascas de bonito, ossos de frango, porco, boi, aparas e algas, legumes, alho-poró, gengibre e alho. Tudo vai depender do tipo do ramen, mas as possibilidades são grandes.

O molho a ser temperado tem uma fragrância que flutua e muda de sabor quando aquecido por muito tempo, por isso o dashi e o molho são preparados separadamente. Existem também sopas comerciais que permitem acelerar esse processo de produção do molho.

São usados também temperos aromáticos básicos (missô, sal, molho de soja) especiarias e temperos (açúcar, sal, umami, mirin, saquê, vinagre) e outros ingredientes (vegetais, algas marinhas, frutas, uma mistura de pasta e pó ou extrato de carne).

Óleo aromatizante que enfatize a riqueza e umami também pode ser usado. Óleos à base de alho, óleos picantes, banha de porco, óleo de frango, óleo de camarão, óleos vegetais com fortes características como azeitonas e gergelim, ervas e sabores.

Guia do Ramen - Tipos, Curiosidades e Receitas

Diferenças entre lamen e miojo

Miojo é um macarrão instantâneo industrial que promete levar o sabor do lamen até sua casa. A verdade é que mesmo sendo bem popular, o Miojo fica longe quando se trata de ramen que é um macarrão artesanal.

O ramen artesanal leva horas e horas pra ficar pronto, enquanto o Miojo é feito em apenas 5 minutos. E mesmo que coloquemos ingredientes no Miojo, ele nunca vai chegar nem se quer perto de um ramen.

O ramen tem uma textura, aroma e sabor totalmente diferente, um molho completamente único e não aquele sache de tempero que vem nos macarrões instantâneos. Nem mesmo o Cup Noodles chega perto de um ramen.

Existem molhos de lamen que levam cerca de 20 horas para ficarem prontos. Um cozinheiro de lámen profissional precisa se formar caso queira fazer um lamen perfeito. Nunca! Nunca compare um lamen com miojo.

Guia do Ramen - Tipos, Curiosidades e Receitas
Algumas casas de lamen tem internet

Tipos de Ramen

Existem tipos de lamen encontrados em diferentes restaurantes. Apesar de cada lugar ter seu sabor único, podemos categorizar os principais como:

Shoyu ramen

O Shoyu ramen [醤油ラーメン] ou lamen de sopa de molho de soja é considerado o sabor básico do ramen. Dependendo do caldo que é combinado, ele é dividido em uma ampla gama de tipos, desde sopas de cores claras e refrescantes até sopas espessas e turvas.

Existem muitos tipos de ramen que refletem as características regionais, já que caldo de sopa à base de frutos do mar e molho de soja às vezes são fervidos junto com mirin. Ele é saboroso sem ser enjoativo. Um dos principais tipos de ramen do Japão e o mais equilibrado.

O caldo da sopa é feito fervendo frango e outros ingredientes por várias horas, mas existem várias lojas de ramen que também usam ossos de porco ou de boi como ingredientes para o caldo de sopa. A maioria dos ramens locais são a base de molho de soja.

Guia do Ramen - Tipos, Curiosidades e Receitas
Tradicional Shoyu Lamen

Shio ramen

O shio ramen [塩ラーメン] tem o caldo na base de sal. Mas não imagine que ele é o mais simples que os outros. Apesar de sal ser sua base, o sabor vai muito além e a quantidade de ingredientes também. 

É mais provável que as características do caldo de sopa apareçam do que no lamen de molho de soja, isso porque o molho em si tem um sabor mais leve do que os outros, sua sopa não é turva porque não ferve fortemente como os outros.

A sopa geralmente é temperada com molho de frango e ossos de porco. Como o nome diz, sua base é sal, então espere algo salgado, mas nada que brasileiros já não estejam acostumados. Alguns adicionam pimenta e até molho de soja.

Guia do Ramen - Tipos, Curiosidades e Receitas
Tradicional lamen a base de sal

Missô Ramen

O miso ramen [味噌ラーメン] ou lamen de sopa de missô é caracterizado pelo perfume de missô e por mais profundidade no caldo. Existem vários tipos de missô, há muitos que possuem um sabor rico, outros utilizam até missô assado.

O miso ramen foi inventado em Sapporo no ano de 1955 por Morito Omiya, o proprietário do restaurante Aji no Sanpei em Sapporo. É bem provável que outros miso ramen surgiram no Japão sem a influência de Sapporo.

Guia do Ramen - Tipos, Curiosidades e Receitas
Tradicional lamen a base de missô

Outras classificações de Ramen

Vimos as 3 principais classificações de lamen do Japão, mas existem muitos outros tipos que vamos resumir brevemente. Vale deixar claro também que o ramen pode ser classificado pelos ingredientes, carne e até o tipo de caldo (vimos a base do caldo).

Sopa de água quente brancapaitan [パイタン] – Apresenta uma cor turva e pode ser usado carne de porco ou frango, junto com vegetais e ossos de peixe. O caldo branco é chamado de sayu [白湯] enquanto o caldo tradicional shoyu [清湯].

Caldo de sopa – jingtan [チンタン] – Sopa de Dashi sem turvação, utiliza-se clara de ovo para remover a turvação. Costuma ter um sabor mais refrescante em comparação com caldo de sopa de água quente branca.

Sopa de curry – karedashi [カレー出汁] – Lojas especializadas em ramen de curry costumam usar temperos para combinar com o curry. Muitos tem reivindicado a criação do caldo de lamen a base de curry, mas sua origem é incerta.

Guia do Ramen - Tipos, Curiosidades e Receitas
Restaurante tradicional de lamen

Lembrando que as sopas e caldos acima são utilizados junto com caldo base que pode ser sal, shoyu ou missô. Existem outros tipos de ramen ou receitas de macarrão que podem ser mencionadas abaixo:

TanTan Men – Lamen que teve origem na China, bem condimentado, para quem gosta de sabores mais fortes e picantes. Tanmen é uma sopa salgada de macarrão feito ao ferver a sopa e o macarrão junto com outros ingredientes base.

Tsuke Men – Ramen onde o macarrão é servido a parte e você tem que mergulha-lo no molho grosso enquanto come.

  • Chāshūmen [チャーシュー麺] macarrão com muito chāshū, pedaços de porco tostado;
  • Wantanmen [ワンタン麺] macarrão wonton popular em outros países;
  • Paakoomen [パーコー麺] com costelas fritas ou carne frita, alguns servem costelas cozidas;
  • Chanponmen [チャンポン麺] feito de carne frita e vegetais com ovos;
  • Amatsumen [天津麺] feito com bolas de caranguejo servido com pasta de feijão espessa;
  • Gomokumen [五目麺] da região de Kanto que usa vários ingredientes;
  • Kantonmen [広東麺 usa macarrão cantonês;
Guia do Ramen - Tipos, Curiosidades e Receitas
Lamen totalmente coberto de chaashuu

Coberturas Típicas de Ramen

Além do caldo e do macarrão, temos outros ingredientes tradicionais que estão presentes em quase todo prato de ramen, veja abaixo uma lista de principais ingredientes que servem de coberturas para o lamen:

Menma (brotos de bambu fermentados)

Menma são brotos de bambu fermentados. Sua crocância agradável fornece um elemento textural adicional ao comer ramen. Alguns restaurantes também fazem suas próprias menma.

CharSiu (fatias de porco)

Charsiu ou chāshū são fatias de carne de porco assada ou cozida, geralmente temperadas com molho de soja. É um dos principais ingredientes que chama atenção dos carnívoros e está presente na maioria dos pratos de ramen.

Kamaboko e Naruto (bolos de peixe)

Naruto-maki são bolos cozidos no vapor feitos de pasta de peixe processada, em forma de redemoinho quando cortados em seções transversais. Diz-se que seu nome se deve aos redemoinhos que se formam no Estreito de Naruto, na prefeitura de Tokushima.

Esses bolinhos de peixe levam também o nome de kamaboko ou surimi e podem ter diferentes formatos e cores, mas naruto é o mais comum de ser usado. É o mesmo que aquele kani que encontramos no Brasil.

Moyashi (brotos de feijão)

Essas leguminosas comestíveis são cultivadas artificialmente sem serem expostas à luz solar, criando vegetais ricos em nutrientes como a vitamina C. Os brotos de feijão do oeste do Japão são finos e longos, enquanto os do leste e norte do Japão são grossos e crocantes.

Guia do Ramen - Tipos, Curiosidades e Receitas
Os Ingredientes do lamen, menma, chasu, naruto, moyashi, nori, benishoga, kikurage e outros

Wakame e Nori (alga marinha)

Nori são folhas finas e comestíveis de algas marinhas. Sua textura crocante e aroma também são usados ​​em sushi. Eles fornecem alto teor de minerais e nutrientes e um cheiro de mar. Caso queira saber mais, temos um artigo sobre nori.

Wakame é uma variedade de alga marinha que é rapidamente fervido e usado como cobertura para o ramen. O wakame tem uma textura firme, fragrância agradável e alto valor nutritivo. Há também o kuki wakame ramen, que usa talos de wakame como cobertura.

Beni-shoga (gengibre em conserva)

Beni-shoga, ou gengibre em conserva, é indispensável em qualquer tigela de tonkotsu ramen, proporcionando uma camada de sabor contrastante. O gengibre é conservado em sal, ou seco ao sol e depois em vinagre de ameixa.

Kikurage (cogumelos fatiados)

Esses cogumelos pretos crescem em árvores caídas e galhos mortos da primavera ao outono. Eles são comidos principalmente na Ásia Oriental e como cobertura para tigelas de ramen no Japão.

Além dos ingredientes japoneses citados, temos também:

  • Cebolas;
  • Alho-poró;
  • Ovos cozidos;
  • Milho;
  • Manteiga;

Produtos para fazer Lamen

Antes de fazer sua receita de ramen, você precisa ter os ingredientes necessários. Alguns podem ser comprados na Amazon Brasil. Vou deixar também até mesmo alguns ramens instantâneos originais do Japão, que são bem superiores aos miojos brasileiro.

Lamen Gourmet – Aprenda a fazer seu Ramen

Receita de ramen você vai encontrar aos montes na internet, mas é difícil fazer um ramen perfeito como os restaurantes de ramen no Japão. Também é muito difícil encontrar um restaurante de lamen na maioria das cidades do Brasil.

Pensando nisso, foi criado o curso Lamen Gourmet, que ensina a criação de lámen profissional pata consumo próprio ou para montar seu próprio restaurante, ou aumentar o cardápio do seu sushibar. Seja qual for sua intenção, recomendamos o Lamen Gourmet!

O curso Lamen Gourmet vai ensinar você a fazer os 5 tipos de ramens mais populares do Japão. Você vai aprender a fazer Shio Lamen, Shoyu Lamen, Misso Lamen, Tantan Lamen e Tsukemen.

O curso vai ensinar passo a passo desde a escolha de ingredientes, as preparações iniciais e os acompanhamentos ideais. De brinde ele ainda vai ensinar a fazer o famoso karaague, frango frito japonês único. 

O ramen não é fácil de preparar como alguns imaginam. As vezes se gasta hora no preparo dos ingredientes, isso sem mencionar a dificuldade de encontrar tais ingredientes. Por isso recomendamos acessar o Lamen Gourmet no botão abaixo:

Receita de Missô Ramen

Fazer um ramen não é uma tarefa fácil. Alguns se especializam anos para preparar o lamen perfeito. Fazer um ramen pode ser mais complicado que virar um sushiman, por isso talvez você queira aprender com curso Lamen Gourmet.

Recentemente eu fui inventar de fazer meu próprio ramen. Ao pesquisar na internet deparei com várias receitas diferentes, então meio que acabei inventando minha própria receita usando os ingredientes que eu tinha aqui.

Caso queira as medidas certinhas de ingredientes sugeridos, logo depois dessa receita vamos mencionar uma receita de Shoyu Ramen. Pode segui-la de base porque ambos são semelhantes. Vou tentar explicar com minhas palavras como eu fiz.

Primeiro eu fritei a pasta de missô com carne moída (recomenda-se carne de porco) até ficar bem consistente, depois adicionei água e outros temperos como cebola, hondashi, ajinomoto e um pouco de shoyu a gosto.

Cozinhei esse caldo por mais de meia hora, ele acabou evaporando bastante, mas seu gosto me lembrou bastante os ramens tradicionais do Japão. O resto é colocar o caldo no macarrão cozido e adicionar os ingredientes que embelezam o prato.

Eu não tinha nenhuma fatia de porco, nori, nem naruto ou outros ingredientes tradicionais para adicionar ao lamen. Apenas coloquei fatias de ovo cozido e um quibe (rsrs). Mesmo assim foi uma receita simples, fácil e deliciosa. Se não tem os ingredientes, invente!

O que manda no gosto do ramen é o tempo de cozimento do caldo. Por isso tem restaurantes que fervem o caldo por horas e horas, outros até mesmo deixam o caldo preto, mas por incrível que pareça o gosto é delicioso e nada relacionado como algo queimado.

Guia do Ramen - Tipos, Curiosidades e Receitas
Outro tradicional miso ramen

Receita de Shoyu lámen

Agora vamos deixar uma receita para você tentar preparar o tipo mais comum de ramen a base de molho de soja:

Ingredientes para a pasta:

  • 1/4 cebola
  • 4 dentes de alho inteiros
  • 1 talo de cebolinha
  • 4 fatias de gengibre
  • 1 talo salsão
  • 7 colheres (sopa) de Sake Mirin Kenko
  • 3 colheres (sopa) de Sakura Light
  • 3 colheres (sopa) de Óleo de Gergelim Kenko
  • 1 colher (sopa) de Tempero para Sushi Kenko
  • 2 colheres (sopa) de caldo de galinha em pó
  • 1 colher (café) de sal
  • Pimenta do reino a gosto
  • 1 colher (sopa) de caldo de peixe em pó
  • 20 g banha de porco

Ingredientes para o caldo:

  • 3 xícaras (chá) de água
  • 1 colher (sopa) de caldo de peixe em pó
  • 1 colher (sopa) de Sakura Light
  • 1 colher (café) de sal
  • Pimenta do reino a gosto
  • 2 colheres (sopa) da pasta

Ingredientes para a montagem:

  • 200g de macarrão para lamen cozido
  • Cebolinha picada a gosto
  • Kamaboko (massa de peixe) em fatias a gosto
  • Ovo cozido cortado ao meio a gosto
  • Wakame (alga) a gosto
  • Moyashi (broto de feijão) a gosto
  • Cebolinha queimada (cebolinha frita em um pouco de óleo) a gosto
Guia do Ramen - Tipos, Curiosidades e Receitas
Shoyu ramen

Modo de preparo:

1 – Para o preparo da pasta, bata no liquidificador: cebola, alho, cebolinha, gengibre, salsão, Sake Mirin Kenko, Sakura Light, Óleo de Gergelim Kenko, Tempero para Sushi Kenko, caldo de galinha, sal, pimenta do reino e caldo de peixe. Em seguida, leve essa mistura ao fogo, acrescente a banha e ferva por 5 minutos ou até que o caldo fique consistente, uma pasta. Reserve.

2 – Para o preparo do caldo, em uma panela aqueça a água, adicione o caldo de peixe, o Sakura Light, o sal, a pimenta do reino e a pasta. Misture até dissolver. Desligue o fogo e reserve.

Em uma cumbuca grande e funda, disponha o macarrão ainda quente, adicione o caldo quente e finalize com cebolinha, kamaboko, ovo cozido, wakame, moyashi e cebolinha queimada. Sirva imediatamente.

Para finalizar, vamos deixar o vídeo da receita abaixo:

https://www.youtube.com/watch?v=ruPDsHPqp8Q

Como comer o Lamen?

Existe toda uma cultura por trás do consumo de macarrão no Japão, você precisa chupar o macarrão e fazer barulho com gosto para mostrar que está apreciando o prato. Claro que não é pra engolir o macarrão, mastigue e aproveite o sabor.

Geralmente a tigela de lamen vem com hashi para pegar o macarrão e com uma colher para tomar da sopa junto e outros ingredientes como ovo. Você também pode tomar o caldo do lamen direto da tigela sem nenhum problema.

Comer lamen consiste em apreciar um pouco do macarrão, do caldo e dos ingredientes que cobrem o prato. Caso seja um tsukemen o macarrão e o caldo é servido em tigelas separadas. Basta mergulhar no caldo a quantidade de macarrão que você vai colocar na boca.

Compartilhe com seus Amigos!

1 comentário em “Guia do Ramen – Tipos, Curiosidades e Receitas”

  1. Vou tentar fazer em casa depois!
    Muito obrigado pela receita!

    Responder

Comentários do site