Netorare – Desvendando o gênero de traição japonês

, ,
Post by //



[Total: 4 Nota: 5]

Netorare é um tipo de anime, manga, ou outros do gênero que relata traição em seu enredo. Esse gênero relata traição em uma relação amorosa, entre namorados, casados ou qualquer outro tipo de relação amorosa que exija o mínimo de fidelidade, pelo olhar da pessoas traída, que muitas vezes é o homem.



O significado da palavra Netorare

Netorare [寝取られ] significa literalmente colocar chifre, trair uma pessoa amada com outra. A palavra netorare é literalmente o verbo netore [寝取れ] na forma passiva. O verbo netore significa literalmente roubar o cônjuge do outro ou roubar o amante de outro.

A palavra netorare é derivada do ideograma [寝] que significa dormir, deitar ou ir para cama, e do kanji [取] que significa pegar, tomar, levar, roubar, comer e etc. O mais engraçado é que o Google se perde ao tentar traduzir essa palavra ou variações dela, já que os ideogramas japoneses passam a ideia de muitos significados e sinônimos.

A palavra netorare pode ser escrita apenas com um dos ideogramas, ou até mesmo sem os ideogramas. O sentido é o mesmo, mas por algum motivo o google traduz de formas engraçadas como: transar no sono, ficar safado, tomar um deleite e outras traduções sem sentido. Por isso é bom sempre usar o famoso jisho.org

As vezes netorare é abreviado como NTR, o principal objetivo do gênero é causar ciúmes apresentando uma história onde o protagonista é tirado da heroína, seduzida por outra pessoa. Qualquer outra variação do verbo netoru como netori, netorimasu e netorimashita está relacionado com roubar o cônjuge de outro.

Netorare - Desvendando o gênero de traição japonês


Animes e Mangas sobre Netorare

Quando as pessoas buscam por netorare, elas estão atrás de obras japonesas relacionadas. Seja animes ou mangas, as pessoas aparentemente gostam de ver o sofrimento alheio, essa mistura se sentimentos de amor e ódio costuma ser muito emocionante.

Caso ainda não saiba, a maioria dos animes da categoria netorare são hentais, mas existem alguns ecchi ou histórias shoujo inocentes que abordam o tema. Vamos recomendar abaixo a lista dos principais animes e mangas relacionados com Netorare (Os mangas estão por últimos).

  • Kuzu no honkai;
  • School Days;
  • White album 2;
  • Nozoki Ana;
  • Rumbling hearts;
  • Peach girl;
  • NTR: Netsuzou Trap;
  • Nana;
  • Yosuga no Sora;
  • Kimi ga Nozomu Eien;
  • Dorei-ku;
  • Koi to Uso;
  • Sakura Trick;
  • Kimi no Iru Machi;
  • Strawberry Panic;
  • Maria-sama ga Miteru;
  • Peach Girl;
  • Ginen Shounen;
  • Onani Master Kurosawa;
  • Renai Shijou Shugi;
  • Okusama wa Joshi Kousei;
  • Salad Days;

Netorare - Desvendando o gênero de traição japonês


Fidelidade x Realidade

Creio que para entendermos a “alma” desse gênero, o significado de fidelidade precisa estar bem esclarecido. Afinal, para se configurar uma traição, é necessário ter fidelidade, mesmo que seja unilateral. Caso ainda não saiba o significado de fidelidade, resumindo:

  • Fidelidade é a prática do adjetivo fiel; que demonstra zelo, aquele que tem respeito por alguém ou algo.
  • Consistência nos compromissos assumidos com outras pessoas.

Com os termos esclarecidos, poderemos começar a por em prática o plano de explicar mais profundamente o netorare. Para começar, traição é uma coisa comum em muitos tipos de animes, mangas ou outros gêneros. Se ficou confuso, lembre daquele clichê onde o vilão sempre passa para o lado do herói.

Esse é um tipo de traição, pois esse vilão sempre assume compromissos com outras pessoas no lado do mal, claro que existem exceções mas foi apenas um meio para esclarecer o tema traição. Pode ser chocante, mas o que muda deste tipo de traição para uma amorosa, é o fato de que na amorosa quem irá ser traído é mais “íntimo”, por assim dizer.

E para assustar ainda mais, temos casos que o nível de intimidade entre ambos os casos pode ser equivalente, colocando em outros termos, pode haver casos que a intimidade do casal possa ser tão superficial quanto a relação entre fidelidade entre o vilão e seus parceiros.

Netorare - Desvendando o gênero de traição japonês


Por que traição amorosa é tão chocante?

Já escutaram a frase “nada dura para sempre”, ela se aplica a tudo, e essa não tem exceção, até o universo não irá durar para sempre, uma hora ou outra ele ira sumir na mesma velocidade que apareceu. Mas mesmo que saibamos disso, pessoas insistem em continuar achando que amor é eterno. E esse pensamento está tão fixado na sociedade que para as pessoas amor é uma coisa sagrada.

Este amor que está citado não tem um tipo específico, ele é vago. Isso porque existe várias formas de amor, e por isso foi deixado tão vago este parágrafo acima. No entanto, podemos peneirar estes tipos e deixar apenas um, que é o amor entre casais. Como esse é tão citado nos livros e filmes onde um faz tudo pelo outro. Mas há detalhes que eles não citam. Por exemplo, com o tempo de esse amor diminui, ou até mesmo nos momentos que o amor acaba.

Creio que por este pensamento e a falta de disseminação de outros, nos ficamos tão chocados com as traições amorosas. Estou, é claro, generalizando esta afirmação, pois sei muito bem que apesar destas coisas afetarem a maioria das pessoas, ela não é global.



Desenvolvimento do Netorare

Neste tipo de gênero japonês, normalmente é a mulher que trai o homem com outro homem, mas outros tipos também podem acontecer, como trair com outra mulher, ou até mesmo relações homossexuais entre homens. Enfim, as possibilidades são muitas mas não muda o fato de que alguém irá trair seu parceiro.

Como é mais comum ser mulheres, iremos tratar os exemplos dentro deste tipo. Vamos pegar o exemplo clichê, a mulher trai seu parceiro com outro. Como na maioria, vamos observar a situação pelo olhar do protagonista que é quem foi “trocado”. No olhar dele, eles tinham a tela perfeita. Ele falava com ela normalmente, saia com ela, se divertiam juntos, tinha alguns momentos picantes etc.

Realmente parece que a mulher está errada nesse caso, mas antes de atirar pedras nela, vamos perguntar o que levou ela a fazer isso. Iremos então ver do ponto de vista dela como era a tela entre eles logo após explicarmos alguns motivos que levam as mulheres a trocar seus parceiros(atenção, para homens que se identificarem com o tema aconselho a prestar bastante atenção).

Netorare - Desvendando o gênero de traição japonês


Motivos para traição

  • Distância: seja ela material ou psicológica, se o casal não estiver perto um do outro, uma hora ou outra a relação irá se desgastar e culminar em traição
  • Carência: sim, se alguma das partes não estiver recebendo o carinho que ela deseja do seu parceiro atual, certamente irá procurar o carinho em outra pessoa.
  • Traição: parece irônica, mas assim como gentileza gera gentileza, traição gera traição.
  • Tempo: como já citei no texto, nada dura para sempre, e nesses casos o amor acaba, o que pode ou não demorar. E quando ele acaba, resta apenas dois conhecidos dividindo uma relação que não sei qual é o nome. E já que na querem admitir, tentam aliviar as emoções com outras pessoas.
  • Gostar de outra pessoa: menos frequente mas também importante. Nesse caso a pessoa está com outra apenas para tentar esquecer de alguém que gosta. No entanto podemos afirmar que isso é apenas um remendo, e caso a pessoa que ela gosta de verdade der sinal de querer alguma coisa, está pessoa irá sem dúvida trair seu parceiro atual.
  • Falta de sexo na relação: Na minha opinião, mulheres gostam de sexo tanto quanto homens, mas não tem coragem de admitir, até por causa das culturas e outras influências. Mas o fato é que se falta sexo, falta outras coisas como, carinho, afeto, prazer de estar com o parceiro até finalmente faltar fidelidade.
  • Ciúmes: nem preciso explicar que ciúmes demais acaba a relação. Basta citar aquela frase “quem procura, acha” ou até “uma mentira contada mil vezes se torna uma verdade.
  • Falta de inovação: monotonia assim como ciúmes acaba com qualquer relacionamento. Afinal, se está monótono fica chato e previsível que mais tarde fica irritante e saturado para no fim ficar insuportável. E já sabemos no que isso vai dar.

São motivos que os homens da sociedade japonesa acabam deixando existir.



Pontos de vista no Netorare

Como prometido, colocaremos agora o ponto de vista da garota para a relação. O fato é que, o protagonista não era interessante para ela. Na visão dela, eles tinham uma rotina que era bom no começo, mas com o passar do tempo foi se tornando previsível e sem graça. Ela sabia que iria acontecer hoje, amanhã, depois de amanhã e no dia depois do dia depois de amanhã. Resumindo, se tornou monótono e chato, e ela não queria mais isso.

Por que ela não disse isso? Bem, pode ter casos que isso pode acontecer, mas neste caso eles sofriam de um outro problema que também está na lista acima, distância. O fato de estar em um relacionamento não quer dizer que está íntimo da outra pessoa. Isso pode levar um tempo para acontecer, meses ou anos para poder se aproximar o suficiente, anos ou décadas para entender quase completamente o parceiro.

No ponto de vista dele o relacionamento era perfeito, mas eles não estavam perto o suficiente para ele saber o que ela estava achando, e ela não estava segura o suficiente para dizer que queria coisas novas. Dado os pontos de vista, apedrejar ou não fica a critério de cada um.

Netorare - Desvendando o gênero de traição japonês

Netorare – Pós troca

Existem casos em que o casal se separa, em outros os casais continuam juntos mas sem um saber da traição do outro e em outros casos o parceiro sabe da traição mas não quer se separar. No primeiro exemplo, a fidelidade é quebrada por ambos, no segundo caso a fidelidade não é quebrada e no terceiro caso a fidelidade pode ou não ser quebrada.

Enfim, estes três casos podem se encaixar neste gênero japonês, mas o comum é o terceiro com a fidelidade sendo quebrada por uma das partes. Ou seja, no exemplo a mulher trai o parceiro e depois se separam. Depois de acabar o relacionamento, veremos todas as lamentações e arrependimentos que o protagonista tem. Se fosse para definir em uma palavra, essa palavra seria lamentação.

E essas lamentações são a base do drama psicológico de todo o enredo principal é até mesmo alguns adicionais que podem vir a acontecer. Basicamente, depois de traído, o protagonista começa a ficar triste, solitário e outros adjetivos do gênero. Com essa lamentação, ele pode ou não tentar seguir em frente e se vai ou não superar este fato.



Conclusão do Artigo

Depois destas referências, este artigo chegou ao final de seu conteúdo. Eu raramente consumo este tipo de gênero japonês, talvez pelo fato de não ser muito comum, afinal o protagonista que se esquiva das garotas, e as garotas que não pensam em outro homem a não ser o protagonista, é um clichê tão fixo que quase ninguém arrisca quebra-lo.

Eu sinceramente gosto dessa quebra de clichê, isso talvez seja o impulso sádico que eu tenho. É ótimo ver quebras de clichês onde o protagonista que não faz nada de interessante, acaba sofrendo, isso me faz se sentir confiante. Não pelo fato de gostar da desgraça alheia, mas sim pelo fato de saber que essa obra é verdadeira, é realista. Eu gosto do clichê, mas é irritante ver que o protagonista ignora os sentimentos das heroínas e não tem algum tipo de punição por isso.

Se você concorda comigo ou discorda, comenta aí embaixo. Espero que tenham apreciado a leitura e as reflexões, caso tenham dúvidas, questões, críticas, ou sugestão basta comentar. No mais, obrigado a você, meu caro leitor, por ler até aqui. E até o próximo artigo.

Por Favor! Compartilhe Nosso artigo:

4 comentários sobre “Netorare – Desvendando o gênero de traição japonês

  1. matéria perfeita, a verdade verdadeira

    • Obrigado pelo comentário. Espero que visite os outros artigos do site.

  2. Apesar que a matéria seja pesada para algumas pessoas, é a realidade da situação. Ótima matéria.

    • Bem, não só o artigo, quase todos os animes desse gênero são um drama pesado, um exemplo é Kuzu no honkai.
      Eu tinha deixado ele para maratonar, e infelizmente eu tive que assistir um episódio a cada dia devido aos ataques de fúria que tive a cada episódio.
      E só assisti por causa do meu instinto meio masoquista. Kkkkk
      Quem não se lembra do Makoto ? O maldito protagonista de school days. E infelizmente, é um dos melhores personagens que eu já vi. Me pergunto por que não existe um Makoto em um anime de ecchi e harém.
      Pensando bem, melhor não. Isso daria quase um hentai. Kkkkk diz aí sua opinião.

Comentários do site