Kanji Pictográfico – Ideogramas e pictogramas


Post by //



[Total: 4 Nota: 5]

Já se perguntou o que é um kanji pictográfico? Como entender a pictografia de um ideograma pode ajudar a aprender japonês ou até chinês? Neste artigo vamos falar um pouco sobre as pictografia de um kanji no idioma japonês. Para os que desconhecem, os ideogramas usados no idioma japonês surgiu na China ao longo a história da humanidade.

A origem dos ideogramas chineses são desconhecidas porque ultrapassam 2000 anos A.C (antes de Cristo). A única certeza que temos é que muito dos ideogramas chineses e japoneses são na verdade pcitogramas. Ou seja, representação de imagens, desenhos que representavam a palavra e foram sendo simplificados com tempo.

Os kanji japoneses são pictográficos em sua grande maioria, representando assim algum tipo de imagem que é visualmente semelhante a um objeto da vida real. Se levarmos isso em consideração pode ser mais fácil aprender o idioma japonês e chinês.



Pictograma x Ideograma

No japonês chamamos todos de kanji ou ideogramas, mas existe sim uma pequena diferença entre os kanji pictográficos que podem ser chamados apenas de pictogramas. Um pictograma é chamado de shoukei [像形] onde [像] significa imagem, figura, retrato e [形] significa forma e estilo.

Um ideograma pode ser chamado de shiji [指事] onde [指] significa indicar e apontar, enquanto [事] significa importância, razão e fato. Ou seja, um pictograma é literalmente uma imagem (picture) enquanto ideograma passa o significado de ideia. Ideogramas são símbolos que representam uma ideia e não uma imagem.

Isso não significa que um ideograma que esteja na categoria shiji não passe uma ideia pictográfica. Por exemplo, os ideogramas de cima [上] e baixo [下] não são pictogramas mas passa uma ideia bem lógica de uma seta apontando para cima e para baixo.

Kanji Pictográfico - Curiosidades sobre ideogramas e pictogramas


Os kanji vão além dos pictogramas

É fácil olharmos para um ideograma simples e ver que ele é um kanji pictográfico (木火人). Só que existem outros ideogramas que não fazem tanto sentido como pictogramas (気魚言), mas todos eles possuem uma razão e uma longa história por trás de sua representação. Já outros são junções como no caso de floresta e bosque (森).

Esse conceito pictográfico de representar cenas e figuras por símbolos complexos não precisa ser totalmente literal. O objetivo dos demais ideogramas é expressar uma ideia através de uma forma simbólica ou alteração de pictogramas. Sabendo os pictogramas vamos ser capaz de entender o significado de diversos ideogramas mesmo não sabendo suas leituras ou sua lógica pictográfica.

Conhecer todos os pictogramas e a pictografia de um ideograma japonês vai fazer com que nosso aprendizado de japonês e chinês seja menos tedioso e mais prático. Aprender os pictogramas envolve também aprender os radicais de um kanji, sua ordem de escrita, e as inúmeras ideias e sinônimos que eles querem passar.

A verdade é que nem todo ideograma é um pictograma,  mas todos possuem alguma ligação seja pelo som ou por herdar um radical pictográfico. Alguns podem não achar produtivo aprender os poucos ideogramas pictográficos existentes, mas conhece-los vai abrir a porte a milhares de kanji de níveis avançados que utilizam pictogramas em alguma parte.

Kanji Pictográfico - Curiosidades sobre ideogramas e pictogramas


Livros de Kanji Pictográfico

Mesmo que nosso alfabeto romano não seja um pictograma, ainda sim muitos utilizam nossas letras para criar livros ensinando crianças a aprender palavras em determinado idioma. Isso funciona muito melhor no idioma japonês e chinês onde os ideogramas ou kanji são pictográficos.

O método RTK (Kanji Imaginar para Aprender) usa bem a ideia de pictografia, mesmo que o kanji não seja um pictograma. Alguns utilizam esse método pictográfico até mesmo para aprender o hiragana e katakana usando desenhos reais de fundo. Com esse objetivo eu separei alguns livros relacionados a pictogramas para você dar uma olhada:

Por Favor! Compartilhe Nosso artigo:

Comentários do site