Nihongo

Pontuações e caracteres especiais do idioma japonês

Pontuações e caracteres especiais do idioma japonês
Compartilhe nas redes sociais:


Como qualquer idioma, o japonês possui pontuação e caracteres especiais que se chamam yakumono (約物).  Essas pontuações incluem diversas marcas, exclamação, ponto de interrogação, virgulas e alguns caracteres especiais que não existem no português. Neste artigo, vamos conhecer brevemente algumas pontuações e caracteres especiais e como utiliza-los.

Neste artigo não vamos falar do dakuten, porque já existe um artigo especifico sobre ele, e ele entra mais na categoria de acentuação. Já escrevemos também um artigo falando sobre o espaço no idioma japonês. 

Vale lembrar que no teclado, essas pontuações costumam vir espaçadas, sendo desnecessário incluir um espaço depois dela para começar a escrever. A pontuação começou a ser usada no japonês por volta do século 19, sofrendo influência de idiomas europeus.

Pontuação do idioma japonês

Virgula – tōten – 読点 – A virgula no idioma japonês é invertida sendo (、) ao invés do (,). Ela costuma ser utilizada em muitos contextos, para marcar elementos separados dentro de uma frase.

Reticências – riidaa – リーダー – Os famosos três pontos (…) do idioma japonês são chamados de elipses ou linha pontilhada. Ele indica uma omissão intencional ou uma abreviatura, uma pausa na fala ou um pensamento inacabado. Raramente você encontra outras variações escritas apenas com 2 pontos ou mais de 3 com um significado similar.

Ponto – kuten – 句点 – O ponto no final das sentenças japonesas costuma ser maior e ter um buraco no meio (。). Ao contrario do ponto ocidental, muitas vezes é usado para separar frases consecutivas ao invés de terminar cada frase. Ele também costuma ser deixado de fora caso a sentença esteja sozinha ou caso o texto seja terminado com aspas.



Ponto de exclamação – kantanfu – 感嘆符 – Geralmente é usado após uma interjeição ou exclamação para indicar sentimentos fortes ou alto volume, geralmente marca o final de uma frase.

Ponto de Interrogação – Gimonfu – 疑問符 – No Japonês normal, nenhum símbolo é usado para marcar sentenças interrogativas, costuma-se entender que é uma pergunta apenas pelo か. Porém o ponto de interrogação costuma ser usado em escrita casual, criativa ou em mangás, principalmente em frases que são perguntas, mas não terminam com か.

Pontos e caracteres especiais

Dois pontos – koron – コロン – No Japonês ele é utilizado para informar ao leitor que o que se segue prova, esclarece, explica ou enumera elementos referidos antes (:).

Traço – Nakasen – 中線 – : O traço japonês (―) pode colocar coisas ao lado para dar ênfase explicativa, expressando algo como “de… à…” . Ele também pode ser utilizado para adicionar nomes e números em endereços a parte. Cuidado para não confundir com o traço utilizado para estender o som do katakana.

Marca de alternância parcial – A marca () costuma ser utilizada para indicar que o trecho foi tirado de uma canção, ou que a pessoa do texto está cantando. Conhecido também pelos nomes de ioriten 庵点 ou utakigou 歌記号.

Nota musical – ♪ – Como nome diz, é utilizado para indicar letras de uma música, ou que alguém está cantando a frase.

Sinais de Repetição

Alguns sinais importantes costumam ser utilizados para replicar ou repetir um caractere japonês.

  • Dounojiten (々・仝): Utilizado para dobrar um Kanji ou composição;
  • Ichinojiten (ヽ): Dobra o Katakana anterior;
  • Katakanagaeshi (ヾ): Dobra o Katakana anterior acrescido do dakuten;
  • Hiraganagaeshi  (ゝ): Dobra o Hiragana anterior;
  • Hiraganagaeshi  (ゞ): Dobra o Hiragana anterior acrescido do dakuten.

Ponto de interposição – nakaguro – 中黒

Pode ser literalmente traduzido como centro negro, é representado por um ponto preto no meio (). Ele pode ser utilizado para:

  • Separar palavras japonesas onde o significado pretendido não seria claro se os caracteres foram escritos lado a lado;
  • Separar itens listados ao invés de uma vírgula;
  • Separar palavras e nomes estrangeiros escritos em katakana;
  • Separar títulos, nomes e posições;
  • Tem a função de um ponto decimal e de um duplo hifen;
  • Utiliza-se no lugar de hífens, traços e dois pontos quando escrito verticalmente.

Traço da onda – Nami dasshu – 波ダッシュ

Parecido com o acento til, a diferença é que ele fica no meio (〜). Ele costuma ser utilizado para:

  • Para indicar faixas, utilizado no lugar de kara e made;
  • Para separar um título de um subtítulo na mesma linha;
  • Para marcar legendas; Para indicar origem フランス〜 (da frança);
  • Para indicar uma vogal longa ou prolongada com efeito cômico ou bonito;
  • Para indicar ou sugerir que a música está tocando.

Colchetes e Aspas – kakko – 括弧

No japonês, existem vários tipos de colchetes. Eles são utilizados em pares para separar ou interpor um texto dentro de outro texto. Na escrita vertical esses colchetes são girados em 90º.  Veja uma lista de colchetes abaixo:

  • { } – namikakko (波括弧);
  • ( ) – marukakko (丸括弧);
  • [   ]  – kakukakko (角括弧);
  • 【   】  – sumitsukikakko (隅付き括弧).

Os colchetes ou parênteses também são utilizados para:

  • Mostrar leituras e informações adicionais;
  • Na matemática ou geometria;
  • Mostrar uma informação escondida, fechar um intervalo matemático 【   】[   ];
  • Delimitar palavras ou linhas{ }.

Além dos colchetes, existem as aspas que são representadas por (「 」 e 『 』). Tem a mesma função das aspas no idioma português, com poucas regras e mudanças diferentes. As aspas duplas (『 』) devem ser usadas quando uma citação está dentro de outra.


Existem diversos outros pontos e sinais no idioma japonês, mas, neste artigo, vamos finalizar por aqui. 

Recomendamos também: 

Compartilhe nas redes sociais:

1 comentário

  1. muito bom, mas poderia incrementar com exemplos para cada sinal, melhorando o entendimento.

    Resposta

Comentários do site