Como entender o que está lendo em outro idioma

Talvez você já tenha passado pela experiência de se frustrar por não conseguir entender o idioma que está estudando. Você faz o que a sua apostila ou seu professor pede, mas simplesmente não consegue entender aquilo que você quer. Você já memorizou muito vocabulário e até mesmo considera que tem uma boa base de gramática e então você pensa que o problema está em você.

Neste artigo vamos tentar lhe mostrar o que pode ser o causador de você não entender o que lê no idioma que estuda. Mas antes de tentarmos te dar as pistas, vamos primeiro separar dois conceitos.

Compreensão auditiva vs Compreensão textual

Primeiro você deve saber em qual delas você está tendo dificuldade para aí então saber onde colocar sua energia. Como o próprio nome já diz “auditiva”, é que você compreende através dos sons e “textual”, por meio dos textos. Em maior parte dos casos existe uma grande dificuldade na compreensão auditiva, visto que para compreender o que está sendo dito, você possivelmente viu antes da forma escrita, nem que fosse no seu material de estudo, isto claro se não é seu idioma nativo.

Baseado nisto, para conseguir ler, presume-se:

  • Vocabulário;
  • Noção de diversas estruturas;
  • Conhecimento fundamentado ao menos das gramáticas principais;
  • E a prática!

E com a prática, não digo sentar e ficar fazendo exercício, mas sim ler materiais realmente criado por nativo como livros, e-books, sites de notícias, e dentre outros formatos de conteúdos que possam treinar sua capacidade de leitura. Claro de início você terá de começar lendo livros ou materiais seja do curso que faz ou do livro que estuda para construir sua base.

Base é um fator muito importante, é a base que vai te permitir migrar para materiais mais complexos e criado por nativos. O problema é o paradoxo de ficar para sempre construindo “base” e nunca encara a “prática”, sendo justamente ler conteúdo criado por nativos. Então, tendo uma base, você precisa saber escolher algo que lhe agrade e seja ao menos 40% compreensível.

Caso seja algo quase nenhum pouco compreensível, dificilmente você vai conseguir se concentrar no que está escrito. Possivelmente, no início a maioria das coisas voltadas para a leitura serão bem difíceis de entender, mas essa dificuldade será vencida através da prática da leitura e do seu estudo de estruturas, frases, gramática e vocabulário. Existe também outras atividades para melhorar sua leitura ao qual iremos comentar abaixo.

Um adendo, não estamos dizendo para ser um ultra especialista em gramática, apenas utilize para aprender algo que não compreende, não precisa saber todos conceitos para conseguir entender o que é dito nos idiomas. Ao acostumar-se com idioma, de forma automática, você vai começar a entender cada vez mais.

- o porque de você não entender o que lê no idioma que estuda
Estruturas de um texto

Estruturas de um Idioma

As estruturas são realmente de suma importância para você entender o idioma, elas são o que compõem uma frase, ou seja, quanto mais você está familiarizado, mais fácil é para você presumir qual a ideia ou o sentido do que está sendo dito. Até mesmo sem ter estudo aquilo gramaticalmente a fundo.

Se você não está entendendo o que são estruturas, eu vou dar um exemplo em português:

  • Vou até a esquina.
  • Vou até a padaria.
  • Vou até a porta.

O que essas frases têm em comum? “Vou até …” Certo?! Isto são estruturas, são elementos dentro de uma frase que seguem padrões e conseguem se ligar a outras palavras ou frases. O truque para desenvolver sua fala no idioma é memorizar esses padrões, pois visto que você os conhece, quando for falar, só vai precisar mudar um ou outro pequeno elemento. Assim como no exemplo do [vou até], que basta acrescentar em seguida uma palavra que represente local e soe bem com [o, a]. Vamos ver exemplos em inglês e japonês para notarmos que isso é inevitável em qualquer idioma.

Em inglês:

 I’ll go to a hotel.

Irei ao hotel.

I’ll go to the store

Irei a loja.
 
 I’ll go there now.

Vou lá agora.


Note o padrão, “I’ll go” se repetindo, e bastando acrescentar uma informação que faça sentido se ligando a ele.

Em japonês:

大学に行く
Daigaku ni iku

Ir a faculdade

学校に行く
Gakkou ni iku

Ir para a escola.

図書館に行く
Toshokan ni iku

Ir a biblioteca.

Note o padrão, “に行く / Ni iku” se repetindo, e bastando acrescentar uma informação que faça sentido se ligando a ele. Com o consumo e a exposição a diversos padrões de estruturas do idioma, você passa a ser capaz de inferir o sentido das frases por conhecer diversas estruturas. Por isso não da para estudar só por palavras isoladas.

Em outros termos você irá superar sua dificuldade de leitura, conhecendo o significado de diversas estruturas e vocabulários. Vocabulário e gramática você vai adquirir por meio do estudo, isto é, anotando, digitando, guardando para revisar, mas a leitura nunca deve ser deixada de lado, mesmo com baixa compreensão.
- o porque de você não entender o que lê no idioma que estuda
Listening and Reading

Leitura

A leitura não tem escapatória, você vai precisar realmente ler algo mesmo que pouco diariamente. Se você estuda japonês pode começar com mangás que geralmente tem uma línguagem simples, ou até mesmo assistir algo LEGENDADO EM JAPONÊS, ou seja, aparecendo quase tudo em kanji (ideogramas), e ir assistindo enquanto lê o que está escrito.

Essa atividade é muito poderosa, pois melhora sua interpretação de textos visto que você tem o contexto claro do que está sendo dito e de sobra o som que vem de fundo. Até mesmo essa atividade vai exigir certa noção de leitura, visto que as cenas e as legendas passam muito rápido.


Outra coisa para ajudar a treinar a leitura, é pegar artigos do site NHK easy news que são notícias fáceis de entender. Você pode usar esses artigos para praticar sua leitura, ou talvez usar um Light Novel que realmente vai exigir um alto nível de leitura, tanto no reconhecimento de kanjis, quanto de capacidade de interpretação de texto, ou seja, até lá você deve desenvolver sua leitura com o que é capaz.

Em resumo é isso, Estudar e Praticar, ambos incessantemente, não existe uma solução mágica, o conhecimento teórico alinhado com a prática constante é o que vai te garantir resultado de verdade.

Conheça o nosso site e repertório de conteúdo da língua japonesa o japoneclub.com, lá você vai encontrar muito conteúdo e diversos tipos de aulas que vão realmente desenvolver sua base para começar a dar grandes passos na língua japonesa.

Espero que tenha gostado deste artigo, se curtiu compartilhe e deixe sua opinião nos comentários. Bons estudos!

Compartilhe Este Artigo: