Tipos de visto japonês – Alguns você nem deve conhecer

, ,
Post by //

Quanto as pessoas falam sobre vistos para o Japão, lembramos rapidamente do visto de turismo, estudo, trabalho e cônjuge. O que poucos sabem é que existem inúmeras modalidades de visto que são desconhecidas pelos brasileiros. Neste artigo vamos ver os inúmeros tipos de visto japonês que você provavelmente não conhece.

Não iremos entrar em detalhes de como tirar o visto de turismo neste artigo porque já escrevemos um artigo dedicado a ele. Vale lembrar que a emissão do visto japonês é parecida, o que pode mudar é os documentos solicitados e o tempo que leva para aprovação do visto.

Também acho desnecessário ir a fundo nos vistos para cônjuge, estudante e trabalho. Tentaremos ao menos mencionar brevemente algumas informações sobre esses determinados vistos. Espero que gostem do artigo e esperamos ver seus comentários e compartilhamentos.

Tipos de visto japonês - Alguns você nem deve conhecer

Os tipos de visto japonês mais populares

Para viajar como turista ao Japão precisamos emitir um visto que possui uma duração máxima de 3 meses. Cada vez que viajamos devemos emitir um visto que sai em dentro de 2 dias. Existe também o visto de turista que permite múltiplas entradas e que tem uma validade mais longa, mas também permite ficar no máximo 3 meses dentro do Japão.

O visto para trabalho é um dos vistos que a maioria dos descendentes consegue por encontrar empregos através de empreiteiras com facilidade. Não faz diferença se você tem descendência ou não, é possível conseguir um visto de emprego caso consiga contato com uma empresa que te contrate e cuide do visto.

O visto de estudante pode ser emitido para aqueles jovens que ganham bolsas em universidades ou paguem um curso ou faculdade no Japão. Dependendo do visto de estudante, a pessoa não pode realizar certas atividades remuneradas no país assim como no visto de turista.

Outro visto bastante popular é o visto para cônjuge ou filho de japonês ou de alguém com visto de residente permanente no Japão. No caso de um cônjuge, eles podem solicitar o visto de longa residência ou de residência permanente no Japão depois de três anos de casamento. Os vistos são diferentes para filhos ou cônjuges de alguém com nacionalidade com o alguém de visto permanente.

Outro visto popular é o de longa duração ou o visto permanente que é concedido para aqueles que ficaram muitos anos no Japão e preenchem alguns requisitos. É possível até mesmo conseguir a cidadania japonesa mesmo sem nenhuma descendência.

Tipos de visto japonês - Alguns você nem deve conhecer

HSFP – O famoso visto de acumulação de pontos

Existe um visto chamado Highly Skilled Foreign Professional (HSFP ou HSP) para pessoas que possuem certas habilidades em determinadas áreas. Diferente do visto de trabalho padrão que costuma ser específico, com esse visto especial você pode participar de várias atividades diferentes com uma duração de até 5 anos.

As vantagens desse visto é que você pode trazer seus pais, conseguir o visto permanente com mais rapidez e facilidade, além da possibilidade de contratar um ajudante doméstico. Existem 3 diferentes categorias de visto dentro do HSFP de acordo com objetivo e carreira do requerente.

Para conseguir esse visto você precisa acumular uma quantidade específica de pontos para conseguir um total de 70 pontos. Sua formação, proficiência na língua, posição, salário e até sua idade conta no acumulo total de pontos.

Tipos de visto japonês - Alguns você nem deve conhecer


O visto para atividades culturais no Japão

O visto de atividades culturais é para candidatos que desejam estudar cultura, arte ou habilidades japonesas. Esta é uma categoria muito ampla que pode incluir o estudo de coisas como Taiko (tambores japoneses), Ikebana (arranjos de flores japonesas), cerimônia do chá, judô, aikido e etc. Alguns ganham bolsas para realizar essas atividades.

Para conseguir esse visto o requerente precisa de documentos que comprovam suas atividades culturais, documentos que comprovam sua carreira e profissão, e outros documentos que mostram que ele possui capacidade de se sustentar no Japão. O visto para atividades culturais no Japão não permite que ele trabalhe.

Tipos de visto japonês - Alguns você nem deve conhecer


O visto para atividades religiosas no Japão

O Visto de Atividades Religiosas é para membros de organizações religiosas estrangeiras que desejam realizar trabalhos religiosos no Japão. Isso pode incluir monges, bispos e missionários. Deve-se enfatizar que o Visto de Atividades Religiosas é uma categoria de trabalho e não para aqueles cujo objetivo é meramente estudar religião.

O requerente precisa confirmar suas atividades propostas no Japão através de documentos da organização religiosa que mostram a posição e remuneração. Normalmente, as oportunidades de estruturação de compensação para o titular de um visto de atividades religiosas serão bastante limitadas.

Tipos de visto japonês - Alguns você nem deve conhecer

O visto de investidor e Gerente de Negócios

O Visto de Investidor é para os Candidatos que irão investir ou realizar um cargo de alto nível gerenciando uma empresa no Japão. As vantagens de um visto de investidor é grande e permite até mesmo auto-patrocinar vistos para outras pessoas.  É também um dos poucos vistos que permitem empregados domésticos.

Para conseguir o visto de um investidor a pessoa precisa ter um escritório localizado no Japão e a empresa deve conseguir empregar pelo menos 2 funcionários em tempo integral (que moram no Japão). O visto também é fornecido para aqueles que desejam gerenciar empresas já existentes no país.

Tipos de visto japonês - Alguns você nem deve conhecer - Visto Japão


Serviço de Autopatrocínio de visto

Existem empresas e serviços especializados que autopatrocina vistos para o Japão com objetivo de ajudar empreendedores e outras pessoas que querem viver e trabalhar no Japão de forma independente. Eles ajudam você a cumprir seus requisitos para o visto de trabalho no Japão e ter sua própria empresa.

Isso pode ser feito com parceria entre empresas que já estão estabelecidas no país e também com um endereço registrado. Essas empresas também ajudam com suporte fiscal e contábil e pode preencher a falta de um empregador na sua empresa. Talvez essa seja uma das oportunidades de conseguir suporte para levar sua empresa ao Japão.

Tipos de visto japonês - Alguns você nem deve conhecer - Visto Japão


Outros tipos de visto para o Japão

Visto para pesquisador – O Visto do Pesquisador destina-se a Candidatos que foram contratados para realizar pesquisas em uma organização pública ou privada no Japão. O trabalho pode incluir exames e pesquisas.

Working Holiday – Visto que permite que a pessoa trabalhe e passe férias no Japão, infelizmente está disponível apenas em alguns países. No Brasil está disponível apenas para yonsei. Não fazemos ideia do porque essa frescuragem…

Visto de Cônjuge dependente – Nem todos que moram no Japão possuem o visto permanente e são descendentes. Ainda assim essas pessoas podem morar com sua família no país se conseguirem o visto de dependente. Esse visto não permite que a pessoa dependente trabalhe, mas pode permitir um trabalho de meio período.

Também existem diversos outros vistos que não foram citados neste artigo, por serem vistos bastante específicos preferimos lista-los abaixo:

  • Visto japonês diplomático;
  • Visto japonês para professores;
  • Visto japonês para artistas no Japão;
  • Visto japonês para jornalistas no Japão;
  • Visto japonês para instrutores no Japão;
  • Visto japonês para estagiários no Japão;
  • Visto japonês de Entretenimento (shows, apresentações);
  • Visto japonês para diferentes gerações de japoneses;
  • Visto japonês para atividades específicas;
  • Visto japonês Jurídico e Contábil;
  • Visto japonês para engenheiros;

Parece que não faltam oportunidades de visto para aqueles que desejam ir ao Japão. Infelizmente nem todos estão disponíveis para residentes no Brasil e também não são tão fáceis de conseguir como parece. Sentiu a falta de algum visto nessa lista? Talvez queira deixar algum comentário para complementar o artigo.

Curioso citar que 66 países podem fazer viagens turísticas para o Japão sem necessidade de visto. O Reino Unido mesmo, pode ficar até 6 meses no país sem visto. Quando o Brasil vai ter um privilégio como esse? Sendo que o Brasil tem a maior colônia de japoneses do mundo. Créditos ao site JapanVisa por fornecer algumas informações para esse artigo.

[Total: 2 Nota: 3]
Por Favor! Compartilhe Nosso artigo:


Comentários do site