Princípios ajudam os japoneses a ter paz e ordem!

, , ,
Post by //

Leis são importantes para manter as coisas em ordem, infelizmente nem todos seguem elas à risca. Alguns fazem vista grossa ou acham que fazer certas coisas são algo desnecessário e que não prejudica ninguém. Os brasileiros ficaram famosos por quebrar regras e leis, já os japoneses conseguem obedecer muitas leis à risca e são famosos por seguirem um estilo de vida educado, honesto e humilde.

Infelizmente nem todas as pessoas são iguais, sempre vai existir aqueles que não se importam com leis e regras. Ainda assim, para muitos é impressionante os japoneses não jogarem lixo nas ruas, não furarem filas ou quebrarem pequenas regras de trânsito. Muitos pensam que isso é resultado de uma boa administração e punição severa para quem desobedece às leis. Será mesmo?

Como os japoneses conseguem manter a paz e ordem?

Leis rígidas são de grande ajuda, mas não é o principal responsável pela organização e harmonia no Japão. Muitos países desenvolvidos possuem leis severas, mais um alto índice de problemas, fatalidades e falta de organização pelo fato da população quebrar regras e leis.

Isso sem falar que muitas coisas que os japoneses fazem pelos outros não é nenhuma lei, mas eles simplesmente são motivados a agir dessa forma. Ao fazer pesquisas, eu cheguei a conclusão de que tudo se baseia em princípios e não leis.

Como os japoneses conseguem manter a paz e ordem?

O que é um princípio?

Os japoneses conseguem ser obedientes, educados, honestos e humildes por causa de sua cultura e pressão social para fazer o que é certo. Apesar de toda influencia cultural, os japoneses só conseguem obedecer regras e leis à risca quando possuem princípios, que servem como bússola, para mantê-lo em um caminho dentro da lei.

Princípio pode ser definido como “regras ou código de (boa) conduta pelos quais alguém se esforça em levar na vida”. Princípios influenciam nossas decisões e determinam o rumo que tomamos na vida. O princípio é como um antecessor da lei, um processo, começo, início, base, causa, raiz e razão.  

Como os japoneses conseguem manter a paz e ordem?

Quais as vantagens de ter princípios?

Uma pessoa que possui princípios faz o máximo para evitar coisas que considera errada. Já uma pessoa sem princípios, mesmo que use sua consciência ou pense que certa ação não é prejudicial, acaba dando o primeiro passo que leva ao erro. Uma pessoa com princípios pensa no próximo, enquanto sem princípios pensa nela mesma.

Leis é como se alguém pega-se uma lanterna e aponta-se em uma direção escura para saber o que tem que fazer. Já princípios é como se você acende-se uma luz ao invés de simplesmente uma lanterna. Andar com uma lanterna é muito mais perigoso que ter um caminho totalmente iluminado.

Princípios ajudam os japoneses a ter paz e ordem!

Com os princípios, não é necessário ninguém dizendo se aquilo é certo ou errado. Não é preciso de pais, policiais, governantes e lideres religiosos para dizer que isso é prejudicial para sociedade em curto ou longo prazo. Não precisa de placas dizendo proibido jogar lixo nas ruas, eles sabem que isso é prejudicial para o eles mesmos e para os outros. Nem mesmo lixeiras costumam existir em cada esquina como alguns imaginam.

Um dos principais culpados da desobediência de leis e regras é a famosa cultura do “primeiro eu“. Esse tipo de pensamento é uma manifestação de egoísmo e pressa, já que as pessoas quebram leis por vantagem própria. No Japão esse tipo de pensamento não é visto com bons olhos.

Como os japoneses conseguem manter a paz e ordem?

Qual o princípio mais importante?

Um dos princípios mais importantes de todo o mundo é o amor ao próximo. Se tivermos amor e colocarmos o próximo em primeiro lugar, vamos evitar fazer qualquer coisa que seja prejudicial ao próximo como roubar, matar, mentir, enganar, ocultar e outros. Um princípio básico da bíblia que infelizmente muitos que se dizem religiosos não seguem.

Como os japoneses que não são cristãos conseguem ter sucesso nessa tarefa de mostrar amor e pensar no próximo até nas pequenas coisas?

É obvio que na maioria das vezes os japoneses não fazem o bem por amor, mas apenas para manter as aparências ou para seguir seu padrão cultural. Não importa a cultura, crença ou educação da pessoa, se ela tentar fazer as coisas de forma obrigada, apenas para cumprir leis, ela vai acabar errando. Por isso o Japão está bem longe de ser perfeito! 

Como os japoneses conseguem manter a paz e ordem?

Quando somos expostos à oportunidades, vantagens e qualquer outra coisa que envolva beneficio próprio, podemos ser facilmente tentados a quebrar leis para ganhar isso. Mesmo que a pessoa seja boa, ela pode errar. O que dizer hoje no Brasil? Um país onde o errado parece certo e quem faz o certo costuma ser zoado por isso?

Talvez se os que se dizem religiosos se preocupassem mais com princípios básicos do que com leis, eles conseguiriam obedecer às leis que tanto falam. O princípio de tratar os outros como gostaria de ser tratado é algo fundamental que pode facilmente trazer paz e ordem ao mundo. Não é preciso ter religião para saber que esse pensamento é o mais lógico e correto.

Quais os princípios japoneses?

No Brasil somos criados com princípios errados. Já os japoneses costumam ter princípios básicos baseados em provérbios, arte milenar, educação, budismo e xintoísmo. Abaixo podemos listar algumas coisas aleatórias que influenciam positivamente de alguma forma os japoneses a conseguirem obedecer às leis á risca e manter a paz e ordem no país.

Como os japoneses conseguem manter a paz e ordem?

Ao longo da vida de um japonês ele aprende a viver em uma sociedade sem tentar subir e derrubar outros ou se destacar. Às vezes se limitar pode ser prejudicial, mas não tem nada de errado em ser ensinado a considerar as opiniões dos outros antes das próprias.

Alguns vivem criticando quando alguém fala que a pessoa é influenciada por amizades e pelo estilo de vida que ela leva ou o que ela ouve, assiste e joga. Basta analisar bem o estilo de vida de cada país para chegar numa conclusão de que a cultura tem forte influência ou reflexo no seu povo.

Por Favor! Compartilhe Nosso artigo:


Comentários do site