Dicas / Nihongo

A ordem natural e estrutura das frases no japonês

bushido
Compartilhe nas redes sociais:

No Japonês a ordem das palavras japonesas em uma frase não tem importância e costuma ser completamente o contrario do português. Tudo isso graças a existência das partículas que não ordenam as palavras mas determinam como cada parte da frase se relaciona com o verbo. Neste artigo vamos tentar entender mais um pouco a gramática estrutural japonesa.

Lembrando que já escrevemos um artigo falando sobre a estrutura gramatical japonesa que você pode ler clicando aqui.

Primeiro temos que entender como funciona a gramática japonesa e a estrutura de suas frases. O mais padrão é o sujeito + objeto + verbo. A imagem abaixo mostra um pouco mais a respeito da estrutura gramatical japonesa:

A ordem natural e estrutura das frases no japonês

Talvez você não tenha entendido a imagem, mas basicamente tudo começa com o tópico/sujeito e termina com o verbo. Entre meio esses 2 acontece toda a informação da frase, utilizando advérbios, adjetivos, substantivos, objetos, locais e etc. Não existe uma ordem em como as informações de uma determinada frase são colocadas. Só que em algumas palavras existem uma ordem natural que faz mas sentido e da mais ênfase a frase.



Como assim não existe ordem nas frases?

Veja o seguinte exemplo: Queremos dizer que na Terça Feira, Yamada viu Yumi na estação de trem. Para isso temos os seguintes elementos:

  • Yamada (wa) tópico da frase
  • Yumi (wo) objeto da frase
  • Segunda-feira – getsuyoubi (ni) tempo
  • Estação eki (de) local, meio
  • Viu – mimashita (verbo)

Essa frase pode ser escrita de diversas maneiras e ordens diferente como:

  • Yamada wa getsuyoubi ni Yumi wo eki de mimashita.
    • 山田は月曜日に由美を駅で見ました。
  • Yamada wa getsuyoubi ni eki de Yumi wo mimashita.
    • 山田は月曜日に駅で由美を見ました。
  • Yamada wa Yumi wo getsuyoubi ni eki de mimashita.
    • 山田は由美を月曜日に駅で見ました。
  • Getsuyoubi ni Yamada wa Yumi wo eki de mimashita.
    • 月曜日に山田は由美を駅で見ました。

Não importa a ordem que essas frases acima foi escrita, ambos expressam o mesmo sentido que foi Yamada ter visto Yumi na estação de trem na segunda feira. Claro que existem ordens naturais que são mais usadas. As frases de tempo costumam aparecer perto do início da frase, então na maioria dos casos a terceira opção é a menos preferível. Vale lembrar que o tempo também pode e costuma aparecer antes do tópico ou sujeito.

Deixando as frases japonesas mais naturais

Uma regra fundamental que aplica a todas as frases japonesas é que as “informações novas ou importantes devem aparecer por ultimo na frase“. Pode parecer difícil para nos pensarmos nas informações novas e importantes antes de falar, isso é um hábito que deve ser adquirido com tempo. Principalmente porque a ação central (verbo) da frase vem no final e tudo o que descreve a frase vem no meio.

Quando vamos falar no português, na maioria das vezes a informação importante vem primeiro e depois os outros detalhes sem importância completam a frase. Como por exemplo: Eu almocei no parque na Segunda. Já o japonês faz o caminho inverso dizendo: Eu + na segunda feira + no parque = almocei!

  • 私は月曜日に公園で昼ご飯を食べました。
  • watashi wa getsuyoubi ni koen de hiru gohan wo tabemashita.
  • Eu wa segunda ni parque de almoço wo comi.

Ou seja, a pessoa que realiza a ação é mencionada primeiro, mas depois a ordem natural costuma ser sempre os detalhes como data > ambiente > objeto > verbo. Ou seja, se você sempre falar suas frases expressando os detalhes de fora para dentro até chegar na ação, ela vai ficar mais natural. Talvez seja fácil pra você ordenar essas frases lembrando das partículas, que seguem wa > ni > de > wo.

A ordem natural e estrutura das frases no japonês

Na imagem acima temos uma ideia da estrutura natural das frases japonesas. Podemos pensar em exemplos como:

  • Kevin + Ontem + Escola + Ônibus + praia + Ir
  • Ontem o Kevin Pegou o ônibus na/da escola para ir a praia.
  • ケビンは昨日に学校からバスで海に行きました。
  • kebin wa kinou ni gakkou kara basu de umi ni ikimashita.

Entrando em detalhes

Claro que essas regras vão aplicar apenas a frases com:

  • Ações que ocorrem em um lugar;
  • Ações que ocorrem em um movimento de um lugar para outro;
  • Ações que envolve um movimento de um objeto;

Vale lembrar que outras informações podem ser aplicadas a essas frases como:

  • Participantes (to);
  • Origem (kara);
  • Hora de início (kara);
  • Hora final (made);
  • Assunto (ga);

Expressar frases em japonês com as palavras em sua ordem natural leva tempo e necessita prática! Portanto, pratique o máximo possível! Espero que esse guia tem ajudado você a ter uma noção básica sobre esse assunto!

Compartilhe nas redes sociais:
  • Marcio Roberto

    Nossa… Como eu disse umas vezes, não é difícil, só diferente.

  • Sobre Animes E Amvs

    blogs bons,duvida tem como falar japones mais natural alguma dica,pos eu ja tenho vcabulario bom para sobreviver mas nao sou muito natural como as palavras usadas e formalidades falo maior parte informal no youtube japones mas na realidade falo bem informal

  • kevin

    Só treino e tempo, e tente revisar o anki todo dia pra memorizar bem… Olha que nem eu faço isso kkkkk

  • Matehuos

    Muito bom, mas nunca vou deixar de achar confuso como os japoneses formam as frases haha

  • francivaldo frança

    Depois de quebrar muito a cabeça entendi, agora aplica essas regras são outros quinhentos.

  • Rebecca Alvarenga

    lembra um pouco a forma coreana de formular frases… Mas, só um pouco, rsrs