Japoneses perderam o interesse no sexo?

, , ESCRITO POR

Inscreva-se para baixar nossos livros e receber contéudo exclusivo

[AVISO!] Clique e participe do Workshop de Viagem ao Japão

Compartilhe com seus Amigos!

Já ouviu falar sobre a falta de interesse por sexo no Japão? Isso acarreta em diversos problemas como baixa natalidade, isolamento social e outros. Neste artigo vamos analisar detalhadamente porque os japoneses perderam o interesse no sexo.

Estudos sugerem que o Japão está mudando para uma sociedade sem sexo. A vida no Japão mudou drasticamente desde os anos 90, e uma pequena parcela crescente da sociedade parece estar lutando para encontrar a felicidade nos relacionamentos.

Já uma grande porcentagem da população está agora escolhendo deixar o sexo cair no esquecimento. A cultura jovem japonesa está mudando, e mais e mais jovens estão simplesmente optando por ficar sem os aspectos físicos da intimidade.

Em 2010, o Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar do Japão constatou que 36% dos japoneses entre 16 e 19 anos não tinham interesse em sexo. Esse número dobrou ao longo de dois anos. Quais razões fazem os japoneses perderem o interesse por sexo?

Sumário do Artigo
- Síndrome do Celibato 
- Sem interesse em relacionamentos
- Por que a falta de interesse?
- Natalidade é realmente culpa da falta de sexo?
- Menos Generalizações

Síndrome do Celibato

A falta de interesse por sexo é conhecida por sekkusu shinai shokogun [セックスしない症候群] ou “síndrome do celibato”. Pesquisas realizadas afirmam que mais de 50% da população ficou sem praticar sexo por até um mês. 

Até mesmo japoneses casados afirmam que não fazem muito sexo na maioria das vezes porque chegam cansado do trabalho ou simplesmente não possuem interesse.

Outro termo usado para os japoneses que não fazem sexo é soushoku danshi [草食男子] que significa literalmente “homens que comem grama” ou “herbívoros”. Esses homens geralmente são heterossexuais que se descrevem como sensíveis e geralmente não estão interessados ​​em sexo.

Japoneses perderam o interesse no sexo? - japao pessoas 1

Sem interesse em relacionamentos

Os japoneses não perderam o interesse por sexo, a industria de entretenimento adulto no Japão é gigantesca e ativa. O grande problema é que muitos japoneses nunca namoraram ou são até mesmo virgens. 

Apesar da falta de relacionamentos, o interesse por sexo é algo comum entre os jovens. Muitos sofrem de timidez ou isolamento social mas acabam se envolvendo com mídia erótica, objetos de prazer sexual ou até mesmo prostituição.

Na realidade a prostituição não é algo difícil acesso no Japão, até mesmo de graça é possível se relacionar. Para muitos japoneses uma namorada virtual ou personagem 2D é menos trabalhoso que um relacionamento de verdade.

Muitos japoneses acabam encontrando outras maneiras de ter prazer sexual sem precisar do sexo oposto. Alguns jovens preferem se relacionar com personagens de anime e jogos do que com pessoas reais.

Outros realmente desejam ter um relacionamento real, porém não fazem nenhum esforço pra conseguir isso.

hostess

Por que a falta de interesse?

Diversos fatores dificultam os japoneses a conseguir um namoro ou casamento, como:

O que acha de analisarmos cada um dos pontos citados?

Falta de relacionamentos por timidez

Timidez no Japão é uma das principais causas visíveis que impedem dos jovens japoneses se relacionarem. Se você mora no Brasil e conhece pessoas tímidas devem imaginar a dificuldade que elas enfrentam, eu sou uma dessas pessoas.

No Brasil isso é mais simples porque somos rodeados de pessoas que se interagem sem nenhuma vergonha, agora imaginem um cenário onde a maioria das pessoas são tímidas? Se ninguém tomar atitude acaba ficando sozinho.

A timidez acaba sendo tão grande que até mesmo os tarados do Japão são presos não por estupro mais por roubar calcinhas ou fazer outras coisas que não envolve sexo entre 2 pessoas.

Japoneses perderam o interesse no sexo? - trabalho japoneses 2

Falta de sexo por causa do trabalho

Desde meados dos anos 90, a economia do Japão estagnou e elevou os preços. Isso tornou cada vez mais difícil para os jovens sairem de casa e terem sua própria vida. Eles precisam trabalhar para sustentar seus luxos e pagar um cubículo.

Até mesmo alguns casais acabam ficando meses sem ter relações sexuais, principalmente depois do primeiro filho. Alguns afirmam que trabalham demais e chegam cansados em casa.

Será que isso é realmente o verdadeiro motivo? Na maioria das vezes as pessoas perdem seu tempo no computador, celular ou bebendo em um bar ao invés de fazer companhia para o cônjuge.

As mulheres geralmente precisam escolher entre uma carreira e uma família. Segundo algumas estatísticas, cerca de 70% das mulheres japonesas são essencialmente forçadas a deixar de trabalhar após o primeiro filho.

Japoneses perderam o interesse no sexo? - trabalho2 3

Outros motivos

Infelizmente muitos casamentos acontecem no Japão não por amor mais por status e desejo de se estabilizar. Não é tão grande como nos outros países, mas existem casos de infidelidade no casamento, às vezes ambos sabem dos casos porém não se importam.

Alguns até mesmo não consideram traição encontrar prazer sexual fora do casamento, alguns consideram sexo apenas como uma maneira de obter prazer e não amor. Outros simplesmente acham que o compromisso de um relacionamento é um grande fardo.

Alguns especialistas sugerem que atitudes machistas na população masculina também tem causado a falta de sexo. Os homens começaram a explorar outros estilos de vida, já que não suportam ou não conseguem encontrar uma parceira.

Você conhece o velho clichê dos nerds virgens? Estudos sugerem que pessoas com boa educação tendem a ter menos sexo do que seus colegas menos instruídos. Considerando que o Japão possui um dos melhores sistemas de ensino do mundo, faz sentido…

interesse por sexo

Natalidade é realmente culpa da falta de sexo?

O fato dos japoneses não terem muitos filhos não significam que eles não fazem sexo. Isso é resultado de uma sociedade capitalista e inteligente, tanto que é muito comum repararmos pessoas sem condições financeiras terem 10 filhos no Brasil e ricos terem apenas 1, 2 ou nenhum.

Se a pessoa é inteligente ela não vai fazer filhos sem ter condições de criar, muitos casais japoneses pensam sobre isso. Tanto que apenas 2% das crianças nascidas no Japão são de antes do casamento.

O poder de consumo dos japoneses é alto mais criar um filho no Japão ainda é difícil, mesmo com ajuda financeira do governo. Às vezes tanto o homem como a mulher trabalham e não querem ter um filho pra ficar solitário. Existem diversos aspectos culturais que acabam contribuindo pros casais não terem filhos:

  • Jornada de trabalho;
  • Decisão do casal;
  • Exige muita dedicação;
  • Condições financeiras;

Outra grande culpada pela falta de natalidade no Japão é o Aborto. Apesar de ser proibido abortar por qualquer motivo no Japão, os médicos acabam fazendo vista grossa e realizando o aborto. Eu já escrevi 2 artigos falando sobre o aborto e a natalidade no Japão, vocês podem ler acessando eles abaixo:

sexo

Menos Generalizações

Não devemos ficar imaginando que no Japão as pessoas não possuem interesse por sexo ou por ter filhos. Notamos que a grande causa da Natalidade está muito além da falta de sexo.

Sem falar que essas pesquisas nunca são exatas, elas costumam ser realizadas em cidades grandes com número pequeno, onde pessoas trabalham muito, e os japoneses entrevistados podem não falar a verdade sobre o assunto.

O aumento da falta de sexo e dos solteiros pode estar se expandindo para além do Japão. O relatório do Census Bureau 2013 indica que 27% dos lares americanos são solteiros. Os Estados Unidos também são cada vez mais apáticos quando se trata de sexo;

Mais e mais americanos estão relatando que simplesmente não têm tempo, energia ou inclinação geral para ter relacionamentos. Esse sentimento se reflete na diminuição da taxa de casamento na América, que é a mais baixa da história do país.

Na maioria dàs vezes que casais não acabam fazendo sexo no Japão é devido a falta de interesse de ambos, não precisa ficar assustado ou com medo de se relacionar com uma pessoa do Japão. Se você quer, pode ir pra cima!

Não é que o japonês não tenha interesse em sexo, a maioria apenas não conseguiu encontrar a pessoa certa. Se você tem a experiência de se relacionar ou conhece casos sobre esse assunto, pode compartilhar sua opinião nos comentários.

Fontes: Ranker

Compartilhe com seus Amigos!

4 comentários em “Japoneses perderam o interesse no sexo?”

  1. Talvez esse possa ser o motivo meu caro, Se tem pornografia, e você pode se satisfazer por conta própria, pra que mulher de verdade? O cara esgota toda a libido dele na mão, e quando chega perto de uma parceira real, acaba não tendo mais ânimos…
    Já a questão dos filhos fora do casamento, é questão de planejamento mesmo, educação. É só você reparar, países de 3° mundo como o nosso, a falta de planejamento econômico ou político parece que de alguma maneira, acaba influenciando a cabeça do seu povo, sem falar da falta de informação. Já países economicamente mais evoluídos, o seu povo acaba sendo mais calculista de alguma maneira, evitando o famoso ”Excesso de filhos”.

    Posso estar enganado sobre isso tudo, mas me parece legitimo.

    Responder
  2. O que mais chama a atenção pra mim é isso de eles não quererem ter devido a questões financeiras e que apenas 2% das crianças são de antes dos casamentos, porquê aqui é tão diferente…. E seria no mínimo irônico isso do país com a maior indústria pornográfica do mundo não ter interesse em sexo de fato.

    Responder

Comentários do site