Zangyo – Fazer Hora extra no Japão é obrigatório?

, , ,
Post by //

É comum vermos pessoas falarem, no Japão as pessoas trabalham demais, trabalham mais de 12 horas por dia, fazem muitas horas extras. Então isso levanta uma pergunta, será que as pessoas são obrigadas a fazer horas extras (zangyo)? Neste artigo vamos falar um pouco sobre as horas extras no Japão.

O relato da maioria dos brasileiros que moraram no Japão é sua longa jornada de trabalho. A maioria dos brasileiros que vão para o Japão costumam trabalhar em fábricas e fazer horas extras, já que depois das 8 horas de trabalho, a pessoa ganha 25% ou mais por hora extra, ou como chamam em japonês ”zagyou” [残業].

Meu amigo Caipira no Japão fez um vídeo respondendo exatamente essa pergunta, então antes do artigo vamos deixar o vídeo para que você possa assistir uma explicação mais detalhada dentro das leis e direitos de trabalho japonesa.

Como funciona o Zangyo? Sou obrigado a fazer horas extras?

Como o caipira falou, de acordo com o artigo 32, lá deixa claro que ninguém é obrigado a fazer horas extras e nem o empregado pode solicitar fazer horas extras caso não exista na empresa. É um consentimento mutuo entre empregado e empresa, mas se espera do empregado que ele possa contribuir com horas extras quando necessário, mas não é obrigado.

O obrigatório de um empregado são 8 horas por dia ou 40 horas por semana, caso a pessoa esteja sendo obrigada a fazer mais que isso, pode ser que a empresa prefira substitui-lo por alguém disposto a fazer horas extras, mas nesse caso ele terá que arcar com certas consequências concernente ao contrato.

Algumas empreiteiras já especificam em suas propagandas que a pessoa precisa fazer zangyo ou horas extras obrigatórias, mas esses tipos de anúncios são errados e bastante suspeitos. Não recomendamos esses tipos de empresas a não ser que você esteja disposto a fazer horas extras para ganhar mais dinheiro.

Zangyo - Fazer Hora extra no Japão é obrigatório?

Posso ter um emprego com uma carga horária tranquila?

Muitos questionam esse fator de que no Japão se trabalha demais, mas na realidade isso acontece com a maioria dos estrangeiros e japoneses que trabalham em fábricas. Existe uma grande razão que eu já escrevi sobre japoneses trabalharem demais.

O fato é que existem pessoas que trabalham muito pouco, e a carga horária japonesa já se provou estatisticamente ser menor que a do Brasil. Então não devemos achar que no Japão as pessoas trabalham demais porque são obrigadas, mas sim porque quer. Resultado do forte capitalismo e dedicação dos japoneses depois da segunda guerra mundial.

Zangyo - Fazer Hora extra no Japão é obrigatório?

A verdade é que se você procurar bem, vai ser capaz de encontrar o emprego perfeito que se adequada a suas necessidades. Eu sempre pensei que é melhor trabalhar pouco e ter tempo para usufruir, do que trabalhar demais e não ter como gastar o dinheiro. Infelizmente a realidade de muitos no Japão é só trabalhar, eles precisam parar disso!

O Japão não é mais o lugar de se juntar dinheiro, então se você quer ir para o Japão afim de juntar dinheiro para voltar ao Brasil, ou se você já está fazendo isso, pense bem em como gasta o seu precioso tempo. Muitos acabam até mesmo odiando o Japão de tanto trabalhar e não se aprofundar na cultura e curtir a vida.

Espero que tenham gostado deste pequeno artigo. Se gostou compartilhe com os amigos e deixe seus comentários. Até a próxima!

Por Favor! Compartilhe Nosso artigo:


1 comentário sobre “Zangyo – Fazer Hora extra no Japão é obrigatório?”

  1. Tem alguns sites por aqui oferecendo empregos na Murata e lá consta como OBRIGATÓRIO fazer 3 horas extras diárias.
    É ilegal mas pelo menos os interessados estão sendo avisados…

Comentários do site