in ,

Xbox no Japão, Fracasso ou Puro Desinteresse?

Compartilhe nas redes sociais:

Não é segredo nenhum que na história dos videogames várias empresas passaram por momentos difíceis quando buscaram se instalar em um novo mercado, porém um dos mais notáveis casos de resistência interna de um mercado de videogames sem dúvida, é o do mercado japonês a marca Xbox, uma marca que apesar de relativo sucesso mundial, nunca obteve bons resultados no mercado japonês.

E apesar de ser bem conhecido esse “fracasso”, essa história é bem desconhecida e muito comumente mal interpretada, principalmente pela comunidade gamer online, que faz muitos memes e constantemente usam isso para dizer que inferiorizar a plataforma , mas vamos analisar essa história e mostrar o que deixou a marca Xbox assim no Japão.

Um Começo Difícil para o Xbox no Japão

A marca Xbox teve um começo bem complicado no japão bem antes mesmo de ser lançado, sim, isso mesmo, antes mesmo de se lançar o console, os criadores sabiam que competir no mercado japonês era essencial para garantir que os desenvolvedores japoneses desenvolvessem jogos para o console e ajudassem na popularização do console no país (que na época era um dos maiores mercados de consoles domésticos ).

Porém mesmo com algumas parcerias e até a Participação de Bill Gates em muitos eventos e na promoção do console para desenvolvedores, o marketing não deu muito certo, motivo? além de não convencer os gamers japoneses, havia uma competição muito grande da Nintendo e da Sony, que estavam bem mais aliadas as desenvolvedoras e já tinham mais domínio de mercado e popularidade.

Mas apesar de todas essas dificuldades, o console conseguiu um pequeno sucesso, com cerca de 450 mil Unidades vendidas no Japão(Número bem diferente de seus concorrentes no país) mesmo assim o console ainda tinha alguns exclusivos(como Dead or Alive 3 e Metal Wolf Chaos ).

Novas Gerações e Mais Problemas

Com o Novo console da empresa prestes a ser lançado, a Microsoft usou uma estratégia muito semelhante a que usou com o Xbox Original, porém, dessa vez apostou bem mais alto, com mais jogos exclusivos como Lost Odyssey, Blue Dragon e jogos de maior apelo ao público japonês, além um marketing mais agressivo, porém a história só se repetiu, e de novo o console não vendeu como esperado (cerca de 1.6 milhões de unidades no Japão, uma fração de seus mais de 89,5 milhões mundialmente ), isso sem dúvida fez a microsoft repensar suas estratégias e a deixar um pouco de lado o mercado japonês, não somente pelo fato de isso ter sido um investimento sem retorno, mas também pelo do crescimento de consoles portáteis (área dominada pela nintendo) e jogos mobile no país, que afetou não só o Xbox 360, como também todas as vendas de consoles domésticos no pais que tiveram drásticas quedas de vendas.

E no lançamento da 8º geração de consoles, o Xbox One é lançado no Japão(quase 1 ano depois do resto do mundo), e tem um trágico lançamento com apenas 1,639 unidades vendidas, e com menos de 70,000 unidades vendidas até hoje(sendo que o Xbox One S já chegou a ser vendido como reprodutor de Blu-ray ), dessa vez, o problema não foi só com a ausência de popularidade, mas também com um marketing inexistente e pouco ou quase nenhum investimento em conteúdo, e em um mercado dominado por jogos mobile e consoles portáteis, que só diminuiu o interesse dos jogadores .

Culpa da Microsoft ou do mercado Japonês?

De certa forma ambos os lados tem um peso nessa pergunta, pois vemos claramente que apesar de todo o investimento, a empresa se esqueceu de entregar o que os japoneses queriam no começo, jogos japoneses, e mesmo quando notou isso com o Xbox 360 e investiu muito dinheiro na produção de mais jogos e no marketing para a divulgação desse jogos, foi mal recebida, ou seja, mesmo quando se dedicou mais ainda foi ignorada pelo mercado e acabou falhando em conquistas os jogadores japoneses, que agora estão cada vez mais

Mas além disso, deve se lembrar que a marca Xbox não foi a primeira a falhar no país, com várias outras tendo nem chegado a ter uma chance, isso é típico em um países onde os produtos nacionais são mais valorizados, não por serem necessariamente melhores, mas pelo simples fato que essa é a cultura do povo japonês, mas isso não quer dizer que não seja possível, pois empresas como McDonald`s e Apple tem relativo sucesso.

Ainda Há esperança para o Xbox no Japão?

Desde o lançamento do Xbox One no Japão a situação parece não mudar, mas desde que Phill Spencer, diretor da divisão Xbox vem fazendo algumas visitas ao Japão e com o lançamento do Xbox One X as coisas vem melhorando, com cada vez mais jogos japoneses aparecendo no console e mais parcerias comerciais(como a exclusividade de marketing de jogos como Dragon Ball Super e Code Vein), o que leva a crer, que talvez num futuro próximo a Microsoft tente algo de novo nas terras nipônicas, mas isso, só o futuro dirá!

E você, acha que o Xbox ainda pode ter sucesso no Japão?Acha que é culpa do desinteresse do mercado japonês? O que você acha que resolveria isso? またね!

Para finalizar vamos deixar a opinião do Velberan sobre esse assunto…

Quer criar o seu próprio artigo? Enquete? Quiz? Teste de personalidade? Comece a criar agora!

Compartilhe nas redes sociais:

Você gostou do artigo?

4 pontos
Upvote Downvote

Total de votos: 4

Upvotes: 4

Upvotes percentage: 100.000000%

Downvotes: 0

Downvotes percentage: 0.000000%

Escrito por Diego Menezes de Freitas

Jovem Gamer Mineiro que busca conhecimento a todos os instantes, amo videogames,politica internacional e vários outros temas, sou estudante de língua e cultura japonesa, mas também gosto de ouvir e discutir nova opniões, sempre buscando me tornar um ser humano melhor por meio do conhecimento.

Deixe uma resposta
    • Qual fundo? estou fazendo umas mudanças, se refere as letras hiragana? O fundo do texto está branco ne?

Comentários do site

Entretenimento midiático – Lado Negro do Japão

NihonGO Premium – REmatrículas Abertas!