Saquê – Tudo sobre a bebida japonesa feita de arroz

, ESCRITO POR


Você conhece a bebida japonesa feita de arroz chamada de saquê? Poucos imaginam que o sake no Japão vai muito além de uma bebida de arroz. Neste artigo vamos ver algumas curiosidades, responder perguntas e falar basicamente tudo o que você precisa saber sobre o sake [酒].

A bebida feita de arroz é tão valorizada no Japão que é até mesmo oferecida aos deuses shinto. O sake é bastante popular em ocasiões especiais, casamentos, inaugurações, lojas e comemorações.

Sumário do Artigo 
- Sake pode ser qualquer bebida
- O saquê não causa ressaca
- A origem e história do Sake
- Técnicas de produção do saquê
- Kuchikamizake - Mastigação
- Diferentes tipos de Sake

Sake ou Saque? – A palavra japonesa é na verdade escrita sake [酒, mas no português os brasileiros transformaram ela em saquê, essa é forma que é pronunciada.

sake pode ser qualquer bebida



A palavra sake é escrita com o ideograma [酒] que pode referir-se a qualquer tipo de bebida alcoólica. Ou seja, se um japonês estiver falando Osake [お酒], ele não está falando especificamente do vinho de arroz, mas pode ser qualquer bebida alcoólica.

Saquê - Tudo sobre a bebida japonesa feita de arroz

A adição da letra o [お] na palavra sake, não muda o seu significado. Osake [お酒] é apenas uma maneira formal de dizer a palavra. Esse honorífico [お] adiciona um sentimento de delicadeza e respeito a palavra.

Muitas bebidas alcoólicas são categorizadas e terminadas com o ideograma de sake, pronunciando shu [酒]. Assim, quando os japoneses querem especificar bebidas feitas de arroz eles dizem nihonshu [日本酒] que significa literalmente bebida do Japão.

Outros exemplos de bebidas que contém o mesmo ideograma do sake [酒] são:

  • Budoushu [ぶどう酒] – Vinho
  • Umeshu [梅酒] – Licor de Ameixa
  • Ramushu [ラム酒] – Rum
  • Yoshu [洋酒] – Bebidas Ocidentais

O Saquê não causa ressaca



Você sabia que o Sake premium é uma das bebidas mais puras, não causando ressaca na maioria das pessoas? Começando que o Sake não é um destilado como a cachaça, mas sim um fermentado de arroz.

Saquê - Tudo sobre a bebida japonesa feita de arroz

Existem mais de 1600 fabricantes de sake no Japão, com mais de 40.000 variedades diferentes de bebidas feitas de arroz. Todo o ano surgem novas variedades, enquanto outras deixam de ser produzidas, é praticamente impossível provar todos os tipos de sake.

Alguns perguntam se é melhor consumir o sake quente ou gelado. Não existem regras em relação a isso, mas ele é mais comum ser consumido gelado. Tudo vai depender do tipo de ocasião ou do saquê. Antigamente alguns até colocavam sal no saquê.

O saquê não é uma bebida genérica e pode ser consumido de diversas maneiras, alguns usam o sake destilado chamado de shochu para fazer coquetéis. Existem saquês que precisam ser consumidos num prazo de validade, enquanto existem outros similares ao vinho.

A ORIGEM e história do SaQUê

A história de como surgiu a bebida nacional do Japão não é clara, mas sabe-se que um marco na produção do saquê foi a instalação do departamento de cervejaria no palácio imperial de Nara, antiga capital do Japão entre 710 a 792.

Saquê - Tudo sobre a bebida japonesa feita de arroz

No período seguinte, quando a capital passou para Kyoto, o saquê é descrito como uma bebida nobre, já tendo 15 variedades diferentes. Nessa época o Saquê era consumido quente devido a influência da China. Já existiam mais de 180 produtores de sake na região de Kyoto.

Os templos que possuíam grandes propriedades de arroz, passaram a fabricar a bebida. No século 14, no meio da grande concorrência entre os produtores, surgiram algumas inovações tecnológicas, como o desenvolvimento do Koji (Aspergillus Oryzae), que é a base para fermentação do arroz.

A pasteurização foi introduzida baseada em observações empíricas, séculos antes de Louis Pasteur da sua explicação científica. De qualquer forma, sabe-se que o sake consumido atualmente, é muito diferente daquele fabricado no passado.

A descoberta do fermento aumentou a graduação alcoólica, e a 2ª Guerra Mundial também alterou sua receita.A escassez de arroz naquele período, forçou os fabricantes a buscarem alternativas para aumentar a fermentação utilizando menos arroz.

Saquê - Tudo sobre a bebida japonesa feita de arroz - sake bebida copa 1

O Governo fez um decreto que permitiu o acréscimo de álcool puro e glicose na fórmula, o que possibilitou a utilização em menor quantidade do precioso cereal. Estima-se que 95% do sake produzido hoje utiliza essa fórmula, contrariando os especialistas do passado que diziam que o melhor saquê era aquele feito apenas de arroz e água.

Técnica de produção DO SAKE



Basicamente, o sake é uma bebida fermentada que necessita de boa água (que corresponde a 80% do produto final) e de um arroz de boa qualidade. O arroz é lavado e cozido a vapor, depois é misturado ao fermento, à água, e ao koji.

O arroz é fermentado separadamente, numa sala com temperatura e umidade controlada. Essa fermentação que ocorre num grande tanque é chamado de shikomi. A sua fermentação deve continuar por 18 a 32 dias, e findo o período, a pasta é amassada e filtrada.

Saquê - Tudo sobre a bebida japonesa feita de arroz

Depois disso, geralmente o saquê é pasteurizado para matar as bactérias e desativar enzimas que poderiam mudar o sabor e a cor do produto. O saquê fica armazenado por seis meses, e recebe uma adição de água pura, para baixar o nível de álcool de 20% para 16% sendo pasteurizado novamente para ser embalado.

O ingrediente básico do saquê, o arroz, é considerado um super-alimento, sendo consumido por mais da metade da população mundial. Esse cereal é cultivado há mais de 5 mil anos, e estima-se que existam hoje 2.500 variedades, dando diferentes gostos a bebida japonesa.

Kuchikamizake – mastigando para fermentar o sake

Muitos talvez tenham ouvido a palavra Kuchikamizake no filme de animação Kimi no na wa [君の名は] onde a personagem Mitsuha, participa de um ritual xintoísta onde ela precisava fazer sake através da mastigação, fermentando assim o arroz com a sua saliva.

Saquê - Tudo sobre a bebida japonesa feita de arroz

O kuchikamizake tem uma cor opaca e embranquecida, e um gosto muito azedo. Ele costuma ser produzido por uma menina virgem que mastiga o arroz cozido e depois cospe o liquido em um recipiente que é deixado para fermentação e levado como oferenda aos deuses xintoístas.

Kuchikamizake [口噛み酒] significa literalmente mastigar [噛] com a boca [口] para fazer a bebida [酒]. Essa técnica pode atingir até 7% de teor alcoólico em cerca de duas semanas de fermentação do arroz. Provavelmente o kami também pode indicar uma referência a deus [神] que também se pronuncia kami.

Esse ritual é antigo e data do oitavo século. Os últimos relatos desse ritual aconteceram em Okinawa até os anos de 1930. O kuchikamizake nem entra na categoria de sake nihonshu, já que seu método de fabricação é diferente e puramente religioso.

Saquê - Tudo sobre a bebida japonesa feita de arroz

O saquê ainda é usado de outras formas em cerimônias xintoístas, onde é considerado a bebida dos deuses.

Principais tipos de SAQUÊ



Junmai-shu – É o saquê mais puro, com arroz, água e koji, e que não sofre acréscimo de álcool. O arroz é “polido” de forma que perde a parte externa, conservando menos de 70% do seu volume original.

Honjozo-shu – Tem pequena quantidade de álcool etílico destilado, o que melhora o sabor, tornando o saquê mais suave. O arroz recebe o mesmo tratamento de Junmai-shu.

Saquê - Tudo sobre a bebida japonesa feita de arroz

Daiginjo-shu – Através do polimento, o arroz perde pelo menos 50% de seu volume original, chegando em alguns casos a perder até 65%. É um tipo de saquê que exige muito trabalho em cada nível do processo.

Ginjo-shu – O arroz é “polido” para conservar apenas 60% do seu formato original. Isso diminui a gordura e as proteínas. Além disso, esse saquê é fermentado a uma temperatura baixa por muito tempo.

Namazakê – É o saquê que não é pasteurizado, e deve ser guardado na geladeira.

Nigori-zakê – Ele não é filtrado.

Saquê - Tudo sobre a bebida japonesa feita de arroz

Os sake mais comuns que não foram citados nesta lista, são chamados de futsuu-shu [普通酒], enquanto aqueles produzidos regionalmente em pequenas escala, são chamados de jizake [地酒].

O arroz é um dos alimentos mais importantes do mundo, fazendo com que o saquê seja muito valioso. Durante muito tempo, o arroz foi utilizado até mesmo como dinheiro. Calculava-se o valor da propriedade pelo volume de arroz que ela poderia produzir.

O que você acha da bebida japonesa feita de arroz? Conhecia essas curiosidades? Espero que esse artigo tenha respondido suas dúvidas. Se gostou não se esqueça de compartilhar com os amigos e deixar seus comentários.

Compartilhe Nosso artigo:

Comentários do site