Histórias de Fantasmas – Um anime um tanto controverso

[ADS] Anúncio

Provavelmente, você não deve se lembrar do anime Histórias de Fantasmas ou deve se lembrar vagamente desse anime.

Histórias de Fantasmas, também conhecido como Gakkou no Kaidan (Japão) e Ghost Stories (EUA), foi um anime de 20 episódios que estreou no Japão em 2000.

O anime foi produzido pela Pierrot Studios, conhecida por produzir as animações de Naruto, Bleach, YuYu Hakusho, entre outros animes.

É a história de Satsuki Miyanoshita, filha de uma exorcista falecida que selou os espíritos que assombravam sua cidade e deixando um diário que dava instruções de selá-los caso os espíritos se libertassem.

O diário é encontrado em uma escola abandonada e assombrada e, devido ao processo de urbanização da cidade, os espíritos se libertam e começam a assombrar a cidade.

Satsuki, junto com seu irmão, Keiichirou, seus amigos Hajime e Leo, sua amiga Momoko e seu gato Kaya que foi possuído pelo espírito Amanojaku, terão que selar todos os fantasmas de volta.

O anime, em geral, foi um fiasco de audiência e acabou sendo cancelado depois de 20 episódios.

Então, a Pierrot vendeu os direitos a um estúdio americano chamado ADV.

Os japoneses basicamente disseram aos americanos que eles poderiam dublar o anime do jeito que bem entendessem desde que seguissem o enredo original e não mudassem o nome dos personagens.

Histórias de fantasmas - um anime um tanto controverso

Os americanos resolveram então dublar de tal forma que o anime, cujo gênero é horror e sobrenatural, acabou virando humor negro.

Dublagem Japonesa e Dublagem Americana

A dublagem japonesa foi considerada amadora e os personagens tinham as vozes parecidas. Na verão original, Satsuki, é corajosa, Keiichirou, é medroso, Hajime é pervertido, Leo é um garoto curioso pelo sobrenatural e Momoko é uma menina calma e serena.

Na versão americana da dublagem, Satsuki é uma desbocada, Keiichirou é retardado com problemas de fala, Hajime é um tarado, Leo é um judeu e Momoko é uma cristã fanática.

Além de que, a dublagem americana continha humor ofensivo envolvendo negros, judeus e deficientes mentais comparável às piadas de South Park e certas cenas ganharam conotações sexuais que não existiam na versão japonesa.

O anime acabou ganhando um teor ofensivo pelas piadas colocadas na dublagem americana.

Histórias de Fantasmas – Reações

Muitos reagiram negativamente à dublagem americana mas, com o tempo, a opinião geral acabou levando na esportiva.

Muitos consideraram a dublagem como uma paródia oficial do anime. Uma versão em inglês da dublagem que se manteve fiel à versão original foi lançada mais tarde.

O anime foi lançado no Brasil com a versão dublada em 2005 no Cartoon Network. A dublagem brasileira manteve-se fiel à versão japonesa.

Difícil entender essas escolhas de animes horríveis para adaptação.

Você já ouviu falar desse anime desconhecido? Teve a chance de assistir? O que achou? Agradecemos os comentários e compartilhamentos.

Compartilhe Este Artigo: