Empresas ferroviárias do Japão

[ADS] Anúncio

No Japão, uma das principais formas de transporte de pessoas são as ferrovias, principalmente quando são feitas viagens em massa e em alta velocidade de uma cidade para outra ou para o transporte de passageiros dentro das próprias cidades. Essas linhas ferroviárias podem ser usadas também para transportar mercadorias, embora essa prática seja pouco comum por lá.

Sabendo disso, não é de se espantar que existam muitas redes privadas de transporte ferroviário. Essa rede é uma alternativa muito eficiente, exigindo poucos subsídios e funcionando de forma extremamente pontual. Portanto, muitas pessoas no Japão optam por usar este meio de transporte.

Sendo o sistema ferroviário um dos meios de transporte mais importantes do Japão, muitas das grandes empresas japonesas fornecem serviços ferroviários. Nesse artigo mostraremos algumas dessas empresas e com elas operam para satisfazer essa grande demanda do transporte férreo.

Surgimento das empresas ferroviárias

No Japão existem muitos sistemas ferroviários privados. No Japão do pós-guerra, o governo encorajou as empresas a desenvolver seus próprios sistemas de transporte de massa, a fim de reconstruir rapidamente as redes de transporte urbano do país.

Linhas ferroviárias privadas foram incentivadas a competir entre si, com o papel do governo limitado à regulamentação das tarifas. Em troca do desenvolvimento de linhas ferroviárias, as corporações privadas tiveram oportunidades de negócios para diversificar suas operações.

Permitindo que empresas privadas controlassem empreendimentos orientados ao transporte e linhas ferroviárias, comunidades planejadas foram facilitadas, permitindo que operadores ferroviários privados estabelecessem um negócio verticalmente integrado de desenvolvimento residencial, comercial, industrial e de varejo e os métodos de deslocamento utilizados pelo povo para viajar entre essas áreas.

Como o japão pode facilitar sua vida?

Principais empresas ferroviárias

Existem mais de 100 empresas privadas que fornecem os serviços de transporte japoneses. Entre elas estão seis empresas regionais do Japan Railways Group (JR), que fornecem serviços de passageiros para a maioria das partes de Hokkaido, Honshu, Shikoku e Kyushu. Existem ainda outras 16 grandes empresas regionais que fornecem serviços ferroviários como parte de suas operações corporativas.

Há também a empresa nacional de frete JR (um grupo de empresas formado após a privatização do JNR). Este grupo começou a controlar uma grande parte das linhas ferroviárias a partir de 1996, somando um total de 20.135 km, deixando apenas 7.133 km para as outras empresas da região.

O grupo JR e outras várias dessas empresas estão entre as principais corporações do país. Isso se deve porque muitas dessas ferrovias foram construídas por empresas que desenvolvem comunidades integradas ao longo das linhas ferroviárias, fazendo deste um negócio muito lucrativo.

Tecnologias e leis de trânsito no japão

O uso das ferrovias no Japão

No país, cerca de 7,289 bilhões de pessoas foram transportadas só no ano de 2013, Como forma de comparação, a Alemanha transporta cerca de apenas 2,2 bilhões de passageiros por ano. Por causa desse grande sistema ferroviário, o Japão tem 46 das 50 estações mais movimentadas do mundo.

O principal uso dessas linhas são urbanas ou entre cidades, isso porque, o patrocínio em muitas linhas não-urbanas está em declínio devido ao aumento dos níveis de posse de carros e a diminuição das populações rurais. Para exemplificar, em 16 de outubro de 2015, a JR West anunciou estar considerando fechar os 108 km da Linha Sanko devido a um mau patrocínio, e em 29 de setembro de 2016, a JR West anunciou que toda a linha fecharia em março de 2018.

Cidades como Kobe, Nagoya, Osaka, Kyoto, Sapporo, Sendai, Fukuoka, Yokohama e Tóquio possuem sistemas de metrô. Porém, ao contrário da Europa, por exemplo, a grande maioria do tráfego de passageiros é em trens suburbanos que cruzam as áreas metropolitanas. Além disso, do sistema de metrô, muitas cidades possuem também redes de bondes e monotrilho.

8 tipos de pessoas que encontramos nos trens do japão

Curiosidades sobre as linhas ferroviárias japonesas

As ferrovias japonesas estão entre as mais pontuais do mundo. O atraso médio no Tokaido Shinkansen no ano fiscal de 2012 foi de apenas 0,6 minutos. Quando os trens são atrasados ​​por apenas cinco minutos, o condutor faz um anúncio pedindo desculpas pelo atraso e a companhia ferroviária pode fornecer um “certificado de atraso”. Isso acontece porque os passageiros dependem muito do trânsito ferroviário e tomam como certo que os trens operam a tempo. Quando os trens são atrasados ​​por uma hora ou mais, pode até aparecer no jornal.

Outra coisa que também está entre as melhores do mundo no Japão é a segurança ferroviária e a limpeza. Embora algumas pessoas falam que a segurança no Japão está diminuindo, é improvável que um crime seja encontrado por lá, mesmo quando os passageiros dormem em um vagão do metrô, algo que é bem comum. Além disso, embora haja muitos países onde podem ser vistos grafite em vagões de trem e trens degradados por dano de equipamento, isso é bem rara no Japão, veículos de estrada de ferro são geralmente respeitados como bens públicos sendo mantidos sempre limpos e em bom estado.

Compartilhe Este Artigo: