Cultura / Japão

10 coisas importantes sobre o atendimento no Japão

10 coisas importantes sobre o atendimento no Japão

O trabalho no Japão está associado a normas, costumes, linguagem formal, o uso de uniformes e de políticas que são exclusivas para o país. O trabalho japonês é muito aclamado pelos visitantes e residentes de longa duração que moram lá. No entanto, as diferenças nos costumes do trabalho podem levar ao choque de cultura e, em alguns casos, experiências negativas.

A seguir estão algumas coisas importantes sobre o trabalho e atendimento no Japão, seja em konbinis, lojas e restaurantes e até mesmo em algumas fabricas.

  1. Keigo

As equipes normalmente são obrigadas a falar de uma forma polida de japonês, que é chamado de Keigo pelos clientes. É uma forma de linguagem respeitosa que tende de usar palavras e frases ultra-longas. Os funcionários são treinados para repetir algumas etapas para poderem cumprimentar cada cliente e para lidarem com situações comuns.

Isso pode ser um desafio se você é novo no aprendizado de japonês, já que muitas das frases que você vai ouvir em restaurantes e lojas são frases complexas, que são ditas em alta velocidade. A boa notícia é que estes são na sua maioria declarações retóricas, que não exigem a resposta do cliente. Por exemplo, lojas irão acolher os clientes com um Irasshaimase! Isto significa bem-vindo e não requer nenhuma resposta.

atendente

  1. Profissionalismo Vs Simpatia

No Japão, um bom trabalho é associado com profissionalismo ao invés de simpatia. Isto quer dizer que o pessoal são ensinados a manter uma distância profissional. Por exemplo, os clientes que fazem perguntas pessoais podem ser desaprovados pelo profissional. Como resultado, é um pouco incomum para a equipe iniciar uma pequena conversa ou tentar estabelecer um relacionamento pessoal com os clientes. Também é impensável no Japão que os profissionais discutam sua vida pessoal na frente dos clientes. Você pode encontrar uma equipe simpática no Japão, mas o profissionalismo é o foco dos esforços.

  1. Loudness

O uso da voz também é necessário. Por exemplo, funcionários de lojas são normalmente treinados para gritar, principalmente com saudações para mostrar o seu entusiasmo e espírito o seu espirito genki. Em um ambiente de varejo é um pouco comum para os profissionais usarem megafones para promover as vendas e para dizer bem-vindo aos clientes.

  1. Sumimasen

É perfeitamente educado gritar Sumimasen, um termo japonês para “desculpe-me”, em um restaurante lotado quando você precisar ser atendido. Isto representa um modelo diferente do serviço pelo qual os clientes solicitam o serviço em vez de esperarem para serem notados. Como resultado, é incomum para uma equipe ter de esperar, enquanto fazem o monitoramento ativo da atual situação do estabelecimento. A palavra Sumimasen também pode ser usada para pedir um serviço a uma loja.

  1. Uniformes

Uniformes são quase indispensáveis na grade trabalhadora japonesa, exceto em lojas que sejam ligadas à moda. Este é um dos aspectos que mais agradam os clientes japoneses e estrangeiros. Em muitos casos, até mesmo os pequenos vendedores de rua também usam uniformes.

  1. Custom Orders

Não é tão comum as pessoas solicitarem a personalização de pratos em restaurantes Japoneses. As pessoas normalmente se surpreenderiam se você solicitasse uma alteração ou substituição no prato, alguns até mesmo rejeitam este tipo de pedido.

  1. Omakase

Omakase é uma tradição que consiste em deixar o restaurante recomendar um prato e a um preço mistério. Isto é baseado na confiança e geralmente funciona bem.

  1. Corrida

Um dos aspectos notáveis do trabalho japonês é que as equipes tendem a serem rápidos e isto pode funcionar às vezes. Por exemplo, você pode ver os trabalhadores correndo para abrirem uma nova caixa registadora quando uma linha de duas ou mais de clientes se formam.

  1. Fazer uma Vénia

Se você fizer uma compra em uma pequena loja de roupas, a pessoa que lhe recepcionou irá levá-lo para fora da loja, entregar-lhe a sua compra na saída e referenciar-se assim que você sair. Não há necessidade de retribuir essas referências.

  1. Itens de serviço

Em alguns casos, um pequeno restaurante ou cafeteria vai lhe dar algo de graça. Eles chamam isso de “serviço”. Isto é razoavelmente raro de se acontecer, mas acontece. Geralmente uma pequena sobremesa ou cupom de desconto.

Foto de perfil de Leonardo de Paula
Sou um estudante, mas dedico boa parte do meu tempo no aprendizado de Japonês e ao Suki-Desu. O Japão é o meu lugar ideal, pela sua cultura e idioma. Eu também curto animes, mangás, jogos, entre outros.

Senha perdida

Register

Bem vindo ao Suki Desu!

Olá aqui é o Kevin administrador do site e gostaria de convida-lo apenas uma vez a curtir nossa página do Facebook e convidar a conhecer o Japonês Expresso. Estamos sempre preparando conteúdo do Japão para você!

Conheça o novo curso de japonês expresso clicando aqui.