Verbos Irregulares e incomuns – Exceções dos verbos no Japonês

,
ESCRITO POR //
MATRÍCULAS ABERTAS - PJO - CLIQUE AQUI

Os verbos no idioma japonês são bem mais simples do que no português. Infelizmente nem todos os verbos do idioma japonês estão dispostos a seguir regras, tornando-se exceções de um grupo ou verbos irregulares.

Os verbos japoneses são divididos em 3 classes chamadas de godan, ichidan e os verbos irregulares. Os verbos do grupo 1 chamado de godan [五段] terminam em [う] os verbos do grupo 2 chamado de ichidan [一段] terminam em [る] na sua forma de dicionário.

O primeiro grupo recebeu o nome de godan porque existem cinco diferentes maneiras de conjugar de acordo com a sua terminação. Já os verbos do ichidan só possuem uma forma de conjugar. Abaixo vamos dar um exemplo dessas regras usando a conjugação do passado:

  • Verbos godan terminados em [~う|~つ|~る] se tornam [~った];
  • Verbos godan terminados em [~ぬ|~む|~ぶ] se tornam [~んだ];
  • Verbos godan terminados em [~す] se tornam [~した];
  • Verbos godan terminados em [~く] se tornam [ ~いた];
  • Verbos godan terminados em [~ぐ] se tornam [~いだ];
  • Verbos ichidan terminados em [~る] se tornam [~た];

O terceiro grupo são os verbos irregulares. Esses verbos não seguem as regras apresentadas acima, lembrando que também existem alguns verbos godan e ichidan que não seguem as regras da lista acima, esses verbos são chamados de exceções ou incomuns.

Verbos Irregulares e incomuns – Exceções dos verbos no Japonês

Verbos Irregulares no Idioma Japonês

A maioria das pessoas falam que o idioma japonês possui apenas 2 verbos irregulares que é suru [する] e kiru [来る]. Será que isso é realmente verdade? Existem outros verbos irregulares no idioma japonês? Na realidade o que é um verbo irregular?

Verbos irregulares são verbos bem flexíveis em relação as regras tradicionais dos verbos no idioma japonês. Os verbos irregulares seguem suas próprias regras. Citamos que existem verbos regulares com exceções, mas os verbos irregulares ficam num nível diferente.

No caso do suru [する], sua conjugação é totalmente irregular com qualquer verbo do godan ou ichidan. Veja abaixo:

 Dicionário するsuru 
 Formalします shimasu 
 Informal Passado したshita 
 Formal Passado しましたshimashita 
 Informal Negativo しないshinai 
 Formal Negativo しませんshimasen 
 Informal Passado Negativo しなかったshinakatta 
 Formal Passado Negativo しませんでしたshimasendeshita 
 Forma – TE – て してshite 
 Condicional  すればsureba 
 Volitivo しようshiyou 
 Passivo されるsareru
 Causativo させるsaseru 
 Potencial できるdekiru 
 Imperativo しろshiro 

A mesma coisa acontece com verbo kuru [来る]:

 Dicionário来るkuru
 Formal来ますkimasu
 Informal Passado来たkita
 Formal Passado来ましたkimashita
 Informal Negativo来ないkonai
 Formal Negativo来ませんkimasen
 Informal Passado Negativo来なかったkonakatta
 Formal Passado Negativo来ませんでしたkimasen deshita
 Forma – TE – て来てkite
 Condicional 来ればkureba
 Volitivo来ようkoyou
 Passivo来られるkorareru
 Causativo来させるkosaseru
 Potencial来られるkorareru
 Imperativo来いKoi

Para ver outros irregularidades e informações sobre os verbos suru basta ler os artigos listados abaixo:

verbos INCOMUNS E EXEçõES no idioma japonês

Uma das primeiras exceções que um estudante de japonês percebe está no verbo irque se pronuncia iku [行く]. Por ser um verbo do godan terminado em [く], seguindo as regras deveria ser conjugado como iita [行た], mas como não faz muito sentido duas vogais iguais seguidas, o certo é conjugar como itta [行った] que é praticamente o mesmo som de duas vogais seguidas juntas.

O verbo aru [ある] tem a forma negativa como nai [ない] que é muito irregular.

Os verbos imperativos, muitas vezes parecem ter formas incomuns e irregulares, como por exemplo o verbo kureru [暮れる] que na forma imperativa torna-se simplesmente kure [暮れ].

Verbos honoríficos podem ser considerados como tendo o seu próprio padrão, ou quebrando as regras como no caso de kudasaru [下さる] que se torna kudasai [下さい]. Outros verbos incomuns honoríficos com diversas exceções são: [仰る], [御座る] e [いらっしゃる].

Nesse artigo vimos algumas informações sobre verbos irregulares e também verbos godan e ichidan incomuns com exceções. Não falamos detalhadamente de cada verbo ou seu significado, mas recomendamos pesquisar cada um deles individualmente utilizando alguma ferramenta como o jisho.

Conhece outros verbos que não seguem as regras no idioma japonês? Espero que tenham gostado do artigo! Se gostou compartilhe e deixe seus comentários.

Compartilhe nas redes sociais:




Comentários do site