in

Por que os japoneses usam Ideogramas (Kanji) no seu idioma?

Compartilhe nas redes sociais:

Você ja se perguntou por que os japoneses usam os Kanji? Os Ideogramas chineses em seu idioma? Neste artigo vamos entender a importância do kanji e por que não se deve parar de usá-lo.

O Idioma japonês é um idioma silábico composto de 3 tipos de escrita, o Hiragana e Katakana que é um silabário de 46 (+2 obsoletos) caracteres, que no total forma aproximadamente 104 silabas. Existe também os malditos ideogramas chineses (kanji) que totalizam mais de 8 mil. Na realidade um japonês só precisa aprender aproximadamente 1945 kanji pra sobreviver, e esses ideogramas também possuem varias pronuncias totalizando 4087 formas diferentes de ler os kanji.

Com hiragana é possível escrever qualquer palavra japonesa, visto que ele abrange todas as 104 silabas do idioma. Já que é assim, por que os japoneses insistem em usar o Kanji? Eles não poderiam simplesmente usar caracteres romanos? Ou apenas o Hiragana? A resposta é clara e simples, NÃO!

Diferentes formas de escritas do idioma japonês.
Diferentes formas de escritas do idioma japonês.

Bem, existe uma explicação muito logica para o uso dos ideogramas chineses no idioma japonês. Essa explicação implica numa das grandes dificuldades de aprender o idioma, as inúmeras palavras homófonas.

Palavras homófonas são palavras que tem uma mesma pronuncia mas tem diferente significado. No japonês, se você usar apenas o hiragana, a palavra vai ter a mesma pronuncia e escrita, se tornando uma palavra Homônimo, se tornando mais difícil de entender.

Suponhamos que não exista os Kanji, como você traduziria esta frase?  

  • かみです (kami desu)

É meio impossível traduzir isso, porque você não sabe o que realmente significa “Kami”, agora veja a frase se tivermos os kanji:

  • (かみです) 神です = Deus
  • (かみです) 紙です = Papel
  • (かみです) 髪です = Cabelo

O です pode ser entendido como “é” ou “ser” dependendo do contexto.

Os japoneses usam bastante o cenário, o contexto da conversa e a ocasião, por isso durante uma conversa você provavelmente ira entender, mas ao ler um texto ou frase você pode ficar totalmente perdido.

O Japonês é repleto de palavras iguais, alem de existir palavras que são apenas uma silaba como mão (手, て, te) e olho (目, め, me) então fica meio que impossível identificar essas palavras em um texto sem os ideogramas.

Mas não pense que o problema fica apenas nisso, existem vocábulos que podem ter mais de 50 palavras com a mesma pronuncia. Sem falar das palavras que se parecem com as partículas ou com outras palavras, como você conseguiria ler isso?

Vamos ver alguns exemplos:

  • Apenas Hiragana みぎみみみぎめみぎめみぎみみ
  • Kanji 右耳右目右目右耳.
  • Romaji Migimimimigimemigimemigimimi

Consegue entender esta frase apenas com hiragana? Este é um baita de um trava linguás, que significa “Orelha direita, olho direito, olho direito, orelha direita”

  • Hiragana すもももももももものうち
  • Kanji すももも桃ももものうち
  • Romaji Sumomo mo momo mo momo no uchi

Consegue entender o que está escrito apenas com hiragana? Só vejo um monte de momomomo… A frase significa “Ameixas e pêssegos são da família do pêssego”.

Vamos a um exemplo mais fácil e comum: “ははは…” você provavelmente vai ouvir muito esta frase, mas sabe o que significa? Com kanji ficaria 母は… ou seja “A mãe…” Lendo apenas ははは você pode ficar perdido e pensar em outra palavra ou numa risada.

É muito mais fácil de compreender as frases acima com kanji. Além do tamanho do texto ficar menor, e até mais rápido de ler e escrever. Conhecendo os kanji você realmente consegue entender a frase assim que lê.

Português, Coreano e chines

O que dizer das palavras homófonas em português? No português existe palavras iguais escritas de maneiras diferentes, alem das inúmeras acentuações. Fica meio que impossível fazer isso com japonês, já que ele tem apenas 104 silabas.

Os coreanos criaram seu proprio alfabeto conhecido como Hangul, ele possui 14 consoantes e 10 vogais, mas que anexadas totalizam até 1960 sons diferente, fazendo com que os coreanos não tenham este problema. Infelizmente para acabar com os Kanji teria que mudar totalmente o idioma, isso é meio difícil, ja que deveria haver apenas 1 idioma em toda terra, e ninguém colabora com essa possibilidade.

simpkificado

Os chineses usam os ideogramas de forma simplificada, por que os japoneses não começam a usar os ideogramas chineses simplificados? Bem eu não sei a resposta a essa pergunta, o Japão é um país milenar, que adotou sua escrita antes de existir o chines simplificado, também provavelmente isso implicaria na forma que o japonês é ensinado, nos radicais e nas palavras que já estão na mente do povo japonês. Mas os japoneses fazem as mudanças necessárias em alguns ideogramas, então não há motivos para questionar.

O idioma japonês passou por inúmeras mudanças desde sua origem, isso fez com que o Japão tenha inúmeros dialetos. Mudar o sistema de escrita e pronuncia causaria inúmeros problemas e dificuldades. O kanji é algo comum no japonês, ele não é um bicho de 7 cabeças, os japoneses realmente não vêem motivos para fazer mudanças ou adotar uma forma de simplificar os ideogramas.

E você? O que acha dos ideogramas japoneses? É um grande desafio? Deixe seus comentários e compartilhe com os amigos.

Compartilhe nas redes sociais:

Você gostou do artigo?

0 ponto
Upvote Downvote

Total de votos: 0

Upvotes: 0

Upvotes percentage: 0.000000%

Downvotes: 0

Downvotes percentage: 0.000000%

Escrito por Kevin

Obrigado por ler nosso artigo, agradeço aos comentários e compartilhamentos. Sou o administrador deste site e quero tornar esse o maior portal de cultura japonesa do Brasil. Agradeço a colaboração!

Deixe uma resposta
  1. Achei ótimo levantar este assunto. Ontem pensava sobre isto e como parece que estas ferramentas da informatica já leem os pensamentos, estou aproveitando a oportunidade.
    Kanji é complicado! Difícil mesmo!
    Enquanto o Oriente era longe isto funcionava, mas até a China está modificando sua forma de se comunicar. Somos uma Aldeia Global, não dá mais para ficar isolado. Temos que nos comunicar, seja até por mímica.
    O Kanji me parece uma forma de tortura! Os japoneses passam a vida inteira e poucos conseguem dominar todos os Kanjis! É uma forma de esnobação. Se o Japão quer mesmo guardar a tradição e a erudição, deveria parar de usar algo que nem é nacional, é uma cópia da escrita chinesa! Poderiam ter abolido, ou criado algo japonês de verdade.
    Assim como querem imitar os ocidentais usando ternos, jogando golfe, pintando seus cabelos, se deixando dominar pelos assuntos bélicos norte americanos….seria tão mais fácil, facilitar o entendimento mundial pela escrita!

  2. Os cinco maiores jornais do mundo são japoneses. Um cidadão mediano é assinante de um jornal local, um jornal estadual e um jornal de abrangência nacional. Conheci uma motorista de caminhão que contou que devido a crise de 2008 sua família cancelou uma das três assinaturas anuais. A cultura japonesa tem como meta evitar a crítica como exercício de sabedoria. Acreditam que para conhecer bem o assunto é preciso vivenciar tal qual o nativo local. Assim é possível sentir. Assim é possível desenvolver a verdadeira percepção. Entender e compreender.

  3. Concordo que o Kanji é charmoso e intrigante, mas sinceramente, não é nada prático. Pior de tudo é que como disseram acima, uma simples ocidentalização como o uso de separação das palavras e pontuação resolveria isso…Não vejo isso como um problema apenas para ocidentais que desejam aprender a língua, pois o sistema de aprendizado de japonês para o próprio japonês é no mínimo duas vezes mais lento que qualquer idioma que utiliza o alfabeto romano. Se um brasileiro se dedicar ao estudo do português da mesma forma que um japonês tradicional o faz, no mesmo período que o japonês escreve e lê bem o brasileiro já ta lendo e escritores clássicos e se pá até Shakespeare em inglês britânico tradicional…

    • Não acho que seja lento, mas realmente se os brasileiros estudassem como os japoneses aprenderiam a ler no terceiro ano do fundamental… mas hoje tem gente com 16 anos na escola que não sabe ler direito…

      Pode parecer complicado para nós, mas o idioma japonês é muito, muito simples. Apenas adicionar virgula e espaço não é suficiente exatamente pela simplicidade… Seria melhor eles colocarem outro idioma universal ao invés de tentar tirar os ideogramas do idioma… Pra quem começa aprender japonês agora parece ser algo simples trocar alguns verbos e palavras e escreve-los em hiragana… Mas isso complica no futuro perto do N2 quando praticamente todos os ideogramas possuem a mesma radical e mesma pronuncia.

      Pra mim kanji é a menor preocupação pra min na hora de aprender… eu acabo me embaralhando mais na gramatica que é diferente… As pessoas que aprendem kanji da maneira errada hoje tentando escrever um por um e memorizar suas leituras… Pra mim kanji é como língua de sinais, não vejo ninguém reclamando que entender sinais é difícil… Para um brasileiro é mais fácil aprender sinais do que aprender japonês, pq os sinais são em português e o brasileiro já sabe português… Por isso acho que para um japonês que já aprendeu a falar e escrever Hiragana, quando vai pra escola, aprender kanji é a coisa mais fácil e divertida que tem… O único empecilho que vejo no kanji é a escrita, mas ninguém escreve a mão hoje em dia… Eu não consigo ver um japonês sem kanji, mas concordo que dava pra tirar ainda mais alguns como já fizeram… e tb tirar muitas palavras de desuso, porque o japonês não possui só kanji, existe multiplas palavras pras mesmas coisas. Se acha kanji complicado, imagina decorar os ideogramas chineses?

Comentários do site

Desmembrando músicas – Amefurashi no Uta

alfabeto japonês

10 dificuldades de aprender o idioma japonês