Homenagem – Pelé no Japão, a única partida do rei na terra do sol nascente

[ADS] Anúncio

Faleceu ontem o rei do futebol, Edson Arantes do Nascimento, o Pelé. Em homenagem ao maior jogador de futebol de todos os tempos, mostraremos algumas curiosidades relacionadas as idas de Pelé ao Japão.

Neste artigo, você ficará sabendo da relação de Pelé com os japoneses e, também, detalhes sobre a única partida do rei na terra do sol nascente enquanto atleta profissional. No país dos samurais Pelé é conhecido como Sakka no Ousama – サッカーの王様 [さっかーのおうさま], que em japonês significa “O rei do futebol”.

Homenagem - pelé no japão, a única partida do rei na terra do sol nascente
Homenagem – Pelé no Japão, a única partida do rei na terra do sol nascente

Leia também:

Santos x Seleção Japonesa em 1972 – Pelé no Japão

Créditos do vídeo: Wesley Miranda. Canal omaiordetodosostempos

O único jogo de Pelé com a camisa Santista em território japonês foi há mais de 50 anos, precisamente no dia 26 de maio de 1972. Na ocasião, o Santos FC enfrentou a Seleção de futebol profissional do Japão, em um amistoso realizado em Tóquio, no saudoso Estádio Olímpico, mesmo palco dos jogos olímpicos de 1964.

A partida fazia parte de uma excursão da equipe santista, terminando com o placar de 3 x 0 para o alvinegro praiano, com dois gols de Pelé e um de Jáder.

A escalação do Peixe para o histórico confronto foi: Cláudio (Cejas), Orlando Lelé, Vicente (Paulo), Altivo e Zé Carlos; Léo Oliveira e Nenê; Jader (Ferreira), Alcindo (Adílson), Pelé (Turcão) e Edu. Técnico: Jair Rosa Pinto.

A visita ao Japão após o grande terremoto de 2011

Após os terríveis abalos de Tohoku em 2011 (Terremoto seguido de tsunamis e posterior derretimento de usina nuclear), Pelé representou muito bem a solidariedade brasileira visitando o Japão, indo à cidade de Natori. Foi extremamente bem recebido pelos japoneses na ocasião, sendo cercado por crianças de uma escola que resistiu aos impactos dos sismos.

“Eu vim para trazer palavras de encorajamento, como um representante do povo brasileiro”, afirmou o ídolo na Escola Elementar Fujigaoka de Natori, no município de Miyagi.

Durante a estadia, o rei do futebol também foi a um monte de 6 metros de altura, onde ficava um templo xintoísta que foi carregado pelo tsunami e hoje virou um memorial em homenagem às vítimas.

Pelé também é muito amado no Japão.

Leia também:

Pelé e Kunishige Kamamoto

Pelé foi o principal responsável por popularizar o futebol brasileiro no mundo. Com Zico, tornou-se a principal referência para os atletas japoneses da modalidade.

Kunishige Kamamoto, considerado o maior jogador da história do futebol japonês, encontrou-se com Pelé durante um amistoso internacional entre Cosmos e Estrelas do Japão (Japan All-Stars), realizado na cidade de Kobe, em 23 de setembro de 1976.

Homenagem - pelé no japão, a única partida do rei na terra do sol nascente
Kunishige Kamamoto (Japan All-Stars) and Pele ( N.Y.Cosmos) Japan All-Stars 0-0 N.Y.Cosmos at Kobe in Japan on 23 Sep1976 Photo by Masahide Tomikoshi / TOMIKOSHI PHOTOGRAPHY

Leia também: Kamamoto, Nakata e Nakamura: as lendas do futebol japonês

Repercussão da notícia no Japão

Vários jornais da mídia televisiva, impressa e virtual repercutiram com pesar a notícia do falecimento do rei. A NHK, um dos principais veículos de comunicação do Japão, publicou um extenso artigo sobre o fato, contendo inclusive as palavras de condolências de Kunishige Kamamoto. Nas palavras do ex-jogador, treinador e político japonês:

“Era um atleta excepcional. Minhas condolências e muito obrigado por fazer as crianças do mundo sonharem” (Tradução literal).

A BBC japonesa, o portal Yahoo local e o consagrado jornal Nikkan Sports [日刊スポーツ; nikkan supootsu] também destacaram suas matérias sobre o ídolo mundial.

Compartilhe o artigo com seus amigos.

Compartilhe Este Artigo: