Hishaku: conheça mais sobre o ritual de purificação japonês

Procurando um curso de Japonês? Veja um comparativo dos melhores cursos gratuitos e pagos clicando aqui!

A cultura japonesa é muito influente no mundo inteiro e são diversas as pessoas que adotam seu estilo de vida, suas crenças e até mesmo rituais espirituais e de costumes do país, um dos que tem sido muito comentado nas redes sociais é o hishaku.

O texto de hoje irá abordar e desenvolver melhor sobre esse ritual de purificação japonesa, explorando o seu significado e como ele é realizado, além de explicar como essa tradição sobreviveu com a pandemia e os equipamentos utilizados na celebração.

Não é de hoje que a cultura japonesa vem influenciando muitas vidas ao redor do mundo e diversas pessoas utilizam de sua cultura e tradição para adotar um estilo de vida diferente. Até mesmo a forma de comercializar e fazer negócios.

Ou seja, quando comparamos com um fornecedor de flores, ele pode ter táticas e métodos diferentes da cultura ocidental caso acompanhe e siga os conceitos e ensinamentos da cultura japonesa. Tudo pode ser adaptado e referências diferentes sempre são bem-vindas.

Anúncio

A cultura japonesa é composta por diversos templos e santuários, a grande maioria referentes aos seus costumes e crenças, sendo grande parte da população adepta ao xintoísmo e uma parcela menor ao budismo.

Claro que outras culturas, religiões e crenças existem no país, mas as predominantes são as que acima foram destacadas, podendo diferenciar tanto em como as pessoas lidam com um negócio como a forma que levam suas vidas, diferenciando até mesmo o estilo de portas acústicas.

Muitos desses rituais utilizam chás, ervas e o bambu, que é sempre um grande atrativo, fazendo parte tanto da confecção de diversos itens quanto com o sentido espiritual e próprio do ritual.

Mas como eles são realizados? Como que esse tipo de ritual de purificação sobreviveu a pandemia? Quais os benefícios que eles podem trazer para a pessoa? Quais os itens e equipamentos necessários para se adentrar nesse ritual?

Anúncio

Para ficar por dentro de tudo e entender melhor como funciona toda essa purificação, confira os tópicos a seguir onde o assunto será melhor abordado e explicado, além de mostrar que pode ser usado por qualquer pessoa, até as que trabalham em uma empresa de automação.

Hishaku - hishaku: conheça mais sobre o ritual de purificação japonês

O que é o Hishaku?

O hishaku é um ritual de purificação originado do xintoísmo, como mencionado no começo do texto, uma religião muito popular no Japão. 

Ele faz parte de um antigo ritual conhecido como chozu, onde as pessoas tentavam purificar seu corpo e sua mente, para somente depois, entrar no salão para realizar suas orações.

O hishaku consiste em é um espécie de concha de madeira utilizada para se derramar água em certas partes do corpo que, de acordo com o ritual, é necessário para que o processo de purificação aconteça, bastante diferente do que ocorreria com um bebedouro de pressão, por exemplo.

A ordem para que o ritual seja feito de maneira simples e eficaz é primeiro derramar a água da concha de madeira na mão esquerda, depois na direita, na boca e, somente então, no cabo da própria concha.

Anúncio

Sendo assim, algumas pessoas que seguem tanto o ritual quanto a religião do xintoísmo relatam que alguns benefícios e sensações positivas esse ritual traz, como:

  • Equilíbrio de emoções;
  • Sensação de paz e tranquilidade;
  • Maior contato consigo mesmo;
  • Encontro único entre corpo e mente.

Porém, por utilizar a mesma água e ser utilizado na entrada de templos, esse tipo de ritual sofreu muito com a pandemia, afetando desde pessoas comuns até as que trabalham com limpeza e higienização de reservatórios.

Apesar de tudo, durante a pandemia, esse ritual foi diretamente afetado e, na grande maioria dos tempos, foi retirado para a segurança de todos que ali frequentavam de alguma forma, afinal, as pessoas tinham contato direto com água e com materiais que passaram pelas mãos de outras pessoas.

Com isso, o vírus seria mais facilmente espalhado e contaminaria ainda mais, impactando diretamente como a situação foi lidada no período de alta da covid-19. Em outras palavras, a disseminação é um problema e mudou a forma como o ritual é visto.

Por isso, mesmo para pessoas que trabalham com engenharia de avaliações, foi dado como retirada temporária do ritual de purificação, fazendo com que uma breve esperança enchesse o peito das pessoas que se envolvem nesse ritual.

Dessa forma, pode-se dizer que o hishaku terá de ser readaptado para um mundo pós-pandemia, onde as pessoas já perderam o medo desse compartilhamento e com o mundo vacinado contra o vírus, garantindo a segurança de todos.

Isso impacta em algumas situações. A primeira é a perda de uma tradição caso soluções não sejam encontradas, fazendo com que até mesmo algo simples como uma caixa de passagem, com o tempo, acabe caindo no esquecimento.

Anúncio

Diversas empresas e santuários então asseguraram que não deixarão a tradição morrer e começaram a falar sobre maneiras de realizar o hishaku em casa, de maneira pessoal.

Hishaku - hishaku: conheça mais sobre o ritual de purificação japonês
hishaku: conheça mais sobre o ritual de purificação japonês

Os equipamentos necessários

Agora com a possibilidade de um chozu pessoal, os hishakus podem ser feitos em casa com a utilização de um equipamento específico, se aproximando ao máximo do que já é comumente conhecido pelas pessoas.

Por causa de tempos de pandemia, se adaptar é necessário e são diversas culturas que devem buscar novas maneiras de continuarem fortes e ativas, para que não caiam no esquecimento e permaneçam ativamente ajudando as pessoas.

Anúncio

Primeiramente, embora ninguém negue o quanto um climatizador evaporativo é eficiente, para esses casos em especial, é preciso seguir as devidas orientações que serão melhor elaboradas e desenvolvidas a partir do próximo parágrafo.

Existem modelos específicos de hishakus no mercado que podem ser comprados para a continuidade do ritual em casa. Como o alvo não é um templo, eles são consideravelmente menores, tendo em torno de 20 cm, e pesam o equivalente aproximado de 45 gramas.

Com isso, alguns cuidados devem ser tomados com o equipamento para garantir que o mesmo não fique sujo com facilidade e seja evitado ao máximo a contaminação da água, podendo, inclusive, atrair algumas doenças para pessoas mais distraídas.

O equipamento deve ter uma superfície à prova de água e antifúngica, garantindo que não corram tanto desperdícios quanto a contaminação e acumulação de bactérias e fungos no local, pois é muito comum que esse equipamento fique próximo a matos e quase sempre do lado de fora da residência.

Anúncio

Outro exemplo de tratamento com o equipamento é a garantia da qualidade do material, tendo certeza que não será quebrado com facilidade e poderá ser usado durante longos anos sem realizar uma troca.

Caso a superfície seja sem desodorizantes e possa ser protegida de queimaduras solares e anti-fissuras, melhor ainda. 

As pessoas enxergam valor naquilo que conseguem manter por bastante tempo em casa, principalmente em um país tão tradicional e ligado a bons costumes, como o Japão.

Uma boa alternativa de equipamento que pode ser aplicado, principalmente quando pensamos nos dias atuais, é uma bolsa especial para o hishaku, trazendo a possibilidade do mesmo ser transportado para diversos lugares.

Anúncio

O mais comum de ser encontrado é aquele onde a bolsa é feita de com fibras de algodão, de preferência, densamente tecida. Essa simples atitude faz com que o material dentro da bolsa possa “respirar”, deixando tudo mais arejado e puro para a utilização.

De materiais e equipamentos, esses são os mais necessários, mas sempre é bom lembrar que é possível pensar no lado estético, utilizando cores diferentes que mais combinam com o ambiente no qual o hishaku é aplicado.

Claro, é o que pode ser feito no momento e é bastante provável que em um futuro próximo, isso mude. Mas para os adeptos do ritual de purificação e da cultura e costumes japoneses, essa é uma alternativa que pode ser muito bem-vinda em tempos tão difíceis. 

Se isso fizer com que cada um se sinta um pouco melhor, já é um investimento que vale muito a pena.

Considerações Finais

O texto de hoje abordou sobre o hishaku, um ritual de purificação japonesa que ajuda a manter sempre o equilíbrio entre o corpo e a alma, explicando sobre o costume, como ele é realizado, os equipamentos necessários para montar um em casa e como a pandemia afetou tudo isso.

Embora a situação não tenha sido a melhor, as pessoas se adaptaram como puderam e, embora a cultura japonesa preze pelos velhos costumes e tradições, para que não fiquem sem praticar o ritual, a alternativa apresentada ao longo do texto pode ser excelente para várias famílias ao redor do país.

Independente da crença e religião de cada um, o ritual de purificação japonesa, o hishaku, vem sendo cada vez mais comentado nas redes sociais e pode ser uma excelente maneira de acalmar a mente e se manter concentrado nas tarefas do dia a dia. 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.