Como disfarçar e fingir ser fluente em japonês

,
Post by //



[Total: 1 Nota: 5]

No Japão é fácil sobreviver e enfrentar situações do dia a dia usando poucas palavras e frases básicas. Esse é um dos grandes motivos da maioria dos brasileiros que moram no Japão não falarem japonês fluente ou mesmo intermediário. Pensando nisso, fizemos esse artigo para ajudar você a disfarçar e fingir ser fluente em japonês.

O intuito deste artigo não é enganar ninguém, apenas disfarçar seus anos de estudo e procrastinação que não ensinaram você a manter uma conversação com as pessoas. Isso acontece com muitos estudantes de japonês e outros idiomas. Eles estudam dia e noite, aprendem milhares de palavras, verbos e expressões gramaticais, mas na hora de conversar simplesmente falham.

Chegar a fluência do japonês exige tempo e muita dedicação e imersão com japoneses para treinar sua conversação. Alguns tem certo receio de conversar com japoneses pelo medo de errar e não falar direito. As dicas aqui vão ajudar você a disfarçar e fingir entender o que está acontecendo ao seu redor.

Como disfarçar e fingir ser fluente em japonês

Outros precisam aprender rapidamente algumas palavras para fazer discursos ou se apresentar no Japão. Muitos famosos aprendem nem que seja alguma frase no idioma nativo para falar aos fãs. Algumas coisas como sotaque e palavras informais são importantes para essas e outras ocasiões.

E não deixe se enganar apenas porque um japonês disse nihongo jouzu pra você. Essa expressão é comum ser ouvida por qualquer pessoa que fala uma palavra em japonês.



Expressões para fingir entender o japonês

O primeiro passo para mostrar que você sabe japonês é aprender expressões que servem para várias ocasiões. Além do sim e não, você deve aprender palavras variadas para fazer seu japonês soar mais natural e informal. Veja abaixo algumas alternativas de confirmação e negação:

  • ない – nai – uma negação usada no fim dos verbos;
  • 違う – chigau – errado, diferente;
  • 無理 – muri – impossível;
  • だめ – dame – não é bom;
  • 出来ない – dekinai – não posso;
  • ん – un – equivalente a sim, você está concordando;
  • そう – sou – Uma confirmação, isso mesmo (usado com desu);
  • ええ… – ee… – Ser uma confirmação vai depender do tom, é como nosso eee;
  • ちょっと – chotto – espere, um pouco, um minuto;
  • 大丈夫 – daijoubu – tudo bem, não se preocupe;

Vale lembrar que os japoneses evitam ao máximo negar as coisas a uma pessoa. Eles sempre usam desculpas ou algumas alternativas para evitar falar não. Se você for negar ou rejeitar alguma coisa, tente adia-la pra amanha, falar sumimasen e inventar uma desculpa.

Se você se sentir isolado ou precisa falar algo – あの – Ano pode ser usado como um ei, para chamar atenção da pessoa;

Como disfarçar e fingir ser fluente em japonês


Dicas para disfarçar seu japonês

Evite usar um simples arigatou para agradecer, pode tentar usar palavras mais informais como um simples domo. Durante conversas informais também é comum engolir partículas como wo que vem antes de verbos.

Outra dica é estudar bastante as terminações das frases japonesas, tente não ficar apenas no desu e masu. Você deve aprender algumas gírias regionais para deixar sua conversa mais informal e interessante. Nosso artigo sobre linguagem de gênero oferece diversas opções de terminações informais para usar em suas frases.

Use anata (você) apenas se estiver falando com um estranho. Você pode usar omae ou kimi dependendo da sua relação. As vezes é desnecessário usar a palavra anata em todas as frases que você fizer a uma mesma pessoa.

  • Tente usar o nome das coisas ao invés de falar kore wa (isto);
  • Aprenda expressões do dialeto local;

Como disfarçar e fingir ser fluente em japonês


Como ter um bom sotaque no idioma japonês

Alguns possuem dificuldade em falar japonês por causa do sotaque em português. Felizmente os brasileiros tem uma facilidade bem maior do que os nativos de língua inglesa. A maioria dos fonemas japoneses são parecidos com as sílabas do português. Algumas dicas abaixo pode ajudar você a ter um bom sotaque no japonês:

Embora os japoneses não colocam ênfase e acentos em palavras como o português, eles usam um sotaque de tom, fazendo com que homófonos como hashi (ponte) e hashi (pauzinhos) soem um pouco diferentes. Talvez você deva ouvir essas palavras e tentar pegar o tom diferente dentro delas.

Lembre-se de pronunciar corretamente os fonemas para ter um bom sotaque. Alguns possuem grande dificuldade nisso, mas é falta de treino e preparo. O vídeo abaixo vai ajuda-lo:



Se tornando fluente no Idioma Japonês

É claro que se você quer falar japonês deve aprende-lo de verdade! Fingir falar japonês não vai funcionar a longo ou curto prazo. Ser fluente é um desafio difícil que leva muito tempo. Ao fingir japonês você deve ter em mente os seguintes objetivos:

  • Dominar todas as frases necessárias;
  • Aprender a construir uma frase em japonês;
  • Dominar a gramática básica do japonês;

Se conseguir cumprir esses pontos acima você vai ter sucesso em uma conversa japonesa. Esperamos que essas dicas ajudem você a se esforçar e enfrentar a vergonha de falar japonês ou se socializar com os japoneses. Por isso não tenha medo de errar!

Espero que tenham gostado das dicas neste artigo! Se gostou compartilhe com os amigos e deixe seus comentários!

Por Favor! Compartilhe Nosso artigo:

Comentários do site