4 maneiras de mergulhar na cultura japonesa

[ADS] Anúncio

O mundo globalizado nos permite viajar sem sair de casa: conseguimos conhecer muitos detalhes sobre países e culturas de outros cantos do mundo apenas com a tecnologia e com os demais recursos que temos à disposição.

A cultura japonesa é uma das mais apreciadas pelos brasileiros não só pela grande quantidade de descendentes de imigrantes que vivem no nosso país, uma vez que a imigração completou recentemente 113 anos, como também pela sua riqueza e diversidade. Da culinária ao cinema e da literatura ao idioma, há muitos aspectos pelos quais podemos nos apaixonar.

Se você deseja mergulhar na cultura japonesa sem sair de casa, confira algumas dicas que te permitem conhecer diferentes aspectos da terra do sol nascente:

1. Aproveite a riqueza culinária

No Brasil e no mundo, a culinária japonesa é extremamente popular. Rica em pratos quentes e frios, com ou sem carne, salgados e doces, ela tem várias características capazes de agradar a todo tipo de paladar.

A apreciação pela culinária japonesa é uma das formas mais comuns de mergulhar na cultura do país oriental. Se você gosta de cozinhar, uma opção é aprender a preparar algumas das maravilhosas refeições disponíveis.

Até mesmo os iniciantes podem aproveitar a gastronomia japonesa sem sair de casa, uma vez que há algumas receitas bastante fáceis de seguir!

4 maneiras de mergulhar na cultura japonesa

2. Conheça o fantástico cinema japonês

O cinema japonês é um dos mais aclamados e premiados do mundo. Seu sucesso vem ainda dos primórdios da sétima arte, com impressionantes cineastas como Yasujiro Ozu e Kenji Mizoguchi, e continua até hoje, uma vez que grandes títulos são lançados a cada ano.

É fácil acompanhar filmes japoneses de sucesso, já que eles estão presentes em plataformas de streaming como Netflix, MUBI e Telecine Play. Sucessos recentes costumam aparecer em festivais de cinema, que cada vez mais possuem versões online.

Segundo especialistas do BluRay Hunt, portal voltado a colecionadores de DVDs e BluRays, há também edições especiais de clássicos japoneses que não podem faltar nas prateleiras dos fãs do cinema da terra do sol nascente, com destaque para os “boxes” com a obra de Ozu lançados pela versátil.

Você conhece a história do cinema no japão?

3. A literatura japonesa merece destaque

Com a literatura, podemos imaginar paisagens, conhecer lugares, costumes, hábitos e tradições, entender a fundo como uma sociedade funciona e descobrir pormenores que dificilmente saberíamos de outras maneiras.

O Japão também tem seus autores consagrados: Haruki Murakami é um dos principais nomes da literatura mundial na atualidade e seus livros, publicados no Brasil pela Companhia das Letras, são fáceis de se encontrar. Destacamos também Yasunari Kawabata e Kenzaburo Oe.

Guia de estudos para aprender japonês

4. Aprender o idioma te deixa mais perto do Japão

Japonês não é um dos idiomas mais fáceis de se aprender, mas há métodos cada vez mais eficientes de conseguir compreendê-lo em um curto espaço de tempo.

Os aplicativos de cursos online de idiomas, como o Duolingo e o Memrise, permitem que se saiba ao menos o básico da língua com algumas horas de prática por dia e sem precisar sair de casa.

Para aprender mais a fundo o idioma, há opções específicas como o Kanji Study e o Tae Kim.

Compartilhe Este Artigo: