Zodíaco japonês: conheça os signos japoneses e veja em qual você se encontra

Diferentemente dos signos astrais que já conhecemos, que seguem o horóscopo identificado pela posição das constelações e planetas no céu, o zodíaco japonês (Juunishi) tem como base o horóscopo chinês e foi implementado por volta de 1300 anos atrás.

Existe uma história por trás da escolha dos animais que representam o zodíaco, mas por se tratar de uma tradição oral, existem diferentes versões tanto na China quanto nos outros países que utilizam a mesma nomenclatura, como as Coreias, a Tailândia e o Vietnã.

Uma das versões da lenda chinesa conta que Buda chamou todos os animais da Terra para um banquete para celebrar o Ano Novo em seu templo com colocação de forro de fibra mineral, mas apenas doze deles compareceram.

Em sinal de gratidão, ele atribuiu a cada um desses animais um ano de presente, os deixando como os representantes do zodíaco. A partir disso, cada pessoa herdaria as qualidades do animal regente do ano que nasceu.

A versão japonesa desta lenda altera a divindade, já que os deuses cultuados pelos japoneses são xintoístas. Fora isso, os outros acontecimentos seguem o mesmo caminho, tendo esses animais sido chamados para o templo com a mesma cobertura metálica zipada.

Entre esses países também existe a diferença de quando é comemorado o Ano Novo, já que a China utiliza um calendário diferente por ser baseado na produção agrícola e no movimento cíclico dos astros, ou seja, eles utilizam o calendário lunar.

Por ser baseado nos ciclos lunares e acontecer na primeira lua nova após o solstício de inverno, o Ano Novo chinês não tem uma data fixa, podendo ser comemorado entre a terceira semana de janeiro e a segunda de fevereiro.

O Japão, por outro lado, segue o calendário solar, assim como nós no Brasil, então o Ano Novo, lá chamado de Oshogatsu, é comemorado sempre no dia 1º de janeiro, após a Terra dar uma volta completa no Sol.

Mas, engana-se quem acha que as festividades acontecem apenas depois da virada do ano. Ainda em dezembro os japoneses fazem uma “limpeza” em suas casas para se livrarem da “sujeira” do ano que passou, da mesma forma que um filtro industrial inox faz com a água.

Esse processo é chamado de Osouji e é levado muito a sério por todas as pessoas até os dias de hoje, não se limitando apenas à limpeza de suas próprias casas, como também dos locais de trabalho, escolas e templos, por exemplo.

Limpezas

Conheça alguns costumes tradicionais 

Muitos outros costumes tradicionais são realizados nessa época do ano, cada uma com um significado específico, sendo alguns deles:

  • Nengajo;
  • Ema;
  • Otoshidama; 
  • Kadomatsu e shimenawa; 
  • Shimekazari.

Conheça cada um desses costumes e seus detalhes mais importantes a seguir:

Nengajo

O Nengajo, que é praticamente uma obrigação social dentro da sociedade japonesa, é uma espécie de cartão que as pessoas mandam para familiares ou clientes de uma empresa de consultoria ambiental, por exemplo, desejando um feliz início de ano.

Ema

Geralmente feitos na madeira, os Ema são plaquinhas onde você pode escrever agradecimentos pelo ano que passou, assim como desejos para o ano que está chegando. Essas placas são penduradas em suportes de madeira que ficam na frente dos templos.

Otoshidama

Por sua vez, o Otoshidama é um envelope contendo dinheiro que é entregue pelos pais, avós e tios para crianças e adolescentes depois da virada do ano. O intuito desse ato é ensinar aos mais novos a poupar dinheiro, bem como desejar um bom início de ano.

Kadomatsu e Shimenawa

As decorações não ficam de fora dessas celebrações, sendo o Kadomatsu e a Shimenawa os mais comuns. O primeiro se trata de um arranjo feito com pinheiros, ramos de ameixa e bambu, que são deixados geralmente na frente das casas e empresas.

Já o Shimenawa é uma corda sagrada feita de palha de arroz trançada utilizada para demarcar o espaço sagrado, afastar maus espíritos e atrair os deuses. Geralmente esses dois ornamentos são colocados juntos na frente de uma chapa perfurada metálica para ganhar mais destaque.

Shimekazari

Semelhante a uma guirlanda, o Shimekazari é uma decoração tradicional feita de corda de palha de arroz e colocada nas portas com desejos de prosperidade. Eles podem ser enfeitados de vários jeitos, e algumas pessoas costumam colocar uma menção ao animal do ano que vai entrar.

Outra diferença entre o zodíaco dos dois países é que, no Japão, além do animal regente do ano, existe também o do mês, assim os doze animais regem os doze meses do ano. E os deuses regentes também foram mudados para os xintoístas.

Meses calendario

Quais são os animais de cada signo?

Assim como uma amostragem de solo muda de lugar para lugar, Os animais do zodíaco variam levemente de acordo com o país. No original chinês, os animais são: Rato, Búfalo, Tigre, Coelho, Dragão, Serpente, Cavalo, Carneiro, Macaco, Cão, Galo e Porco.

No japonês há pouca alteração, sendo o Boi, a Cabra e o Javali no lugar do Búfalo, Carneiro e Porco. Mas é apenas o nome, já que as características de cada signo permanecem as mesmas.

Características de cada signo

Assim como no horóscopo utilizado por nós aqui no Ocidente, cada animal do zodíaco japonês conta com uma característica própria que será transmitida para a pessoa que nascer no ano de regência de determinado signo.

Rato – 子/鼠 (nezumi)

Anos: 1900, 1912, 1924, 1936, 1948, 1960, 1972, 1984, 1996, 2008 e 2020.

Os nascidos no ano do Rato são inteligentes e curiosos, costumam ter uma grande tendência a colecionar objetos, são generosos e leais.

Boi – 丑/牛 (ushi)

Anos: 1901, 1913, 1925, 1937, 1949, 1961, 1973, 1985, 1997, 2009 e 2021.

Líderes natos, os nascidos no ano do Boi são sempre pessoas justas, gentis, metódicas, honestas e bons ouvintes.

Tigre – 寅/虎 (tora)

Anos: 1902, 1914, 1926, 1938, 1950, 1962, 1974, 1986, 1998, 2010 e 2022.

Assim como os nascidos no ano do Boi, as pessoas que nascem no ano do Tigre são ótimos líderes, além de talentosos por natureza, dotados de personalidade nobre, sonhadora, corajosa e um pouco impulsiva.

Coelho – 卯/兎 (usagi)

Anos: 1903, 1915, 1927, 1939, 1951, 1963, 1975, 1987, 1999, 2011 e 2023.

Pessoas que nascem no ano regido pelo Coelho tendem a ser ótimas na resolução de conflitos e praticantes da autocrítica, bem como amorosas e excelente companhia. 

Dragão – 辰/龍 (tatsu)

Anos: 1904, 1916, 1928, 1940, 1952, 1964, 1976, 1988, 2000, 2012 e 2024.

Os nascidos no ano do Dragão são dotados de uma grande inteligência, são resistentes, fiéis, românticos e flexíveis, mas também podem ser um pouco rudes e egocêntricos.

Serpente – 巳/蛇 (mi)

Anos: 1905, 1917, 1929, 1941, 1953, 1965, 1977, 1989, 2001, 2013 e 2025.

Quem nasce no ano regido pela Serpente tende a ter uma abordagem mais analítica, ser passional, ciumento e mais metódico , sendo ótimas pessoas para trabalhar com coleta de solo para análise justamente por essa última característica.

Cavalo – 午/馬 (uma)

Anos: 1906, 1918, 1930, 1942, 1954, 1966, 1978, 1990, 2002, 2014 e 2026.

Amantes da vida por natureza, os nascidos no ano do Cavalo também podem ter um forte sentimento de independência e proteção, ser bem-humorado e bastante leal.

Cabra – 未/羊 (hitsuji)

Anos: 1907, 1919, 1931, 1943, 1955, 1967, 1979, 1991, 2003, 2015 e 2027.

Sempre muito ligados a todos os campos da arte e muito detalhistas, os nascidos no ano da Cabra são pessoas bem familiares, de opiniões fortes e que abominam a rotina.

Macaco – 申/猿 (saru)

Anos: 1908, 1920, 1932, 1944, 1956, 1968, 1980, 1992, 2004, 2016 e 2028.

As pessoas nascidas no ano do Macaco são sempre muito originais, otimistas, confiantes e competitivas.

Galo – 酉/鶏 (tori)

Anos: 1909, 1921, 1933, 1945, 1957, 1969, 1981, 1993, 2005, 2017 e 2029.

São sempre muito engenhosos e perfeccionistas, mas se adaptam facilmente a qualquer situação e são fáceis de se relacionar.

Cão – 戌/犬 (inu)

Anos: 1910, 1922, 1934, 1946, 1958, 1970, 1982, 1994, 2006, 2018 e 2030.

Quem nasce no ano regido pelo Cão tende a ser extremamente honesto, altruísta, criativo, conquistador e protetor.

Javali – 亥/豚 (inoshishi)

Anos: 1911, 1923, 1935, 1947, 1959, 1971, 1983, 1995, 2007, 2019 e 2031.

Os nascidos no ano do Javali tendem a ser pessoas bondosas e temperamentais, com forte independência e extremamente corajosos, embora um pouco ingênuos.

Terra de tradições e costumes milenares, o Japão recebe cerca de 31,88 milhões de turistas por ano, sem contar as pessoas que vão para trabalho e estudos e fixam residência por um determinado período de tempo.

Se você também ficou interessado em conhecer tanto os aspectos citados no decorrer desse artigo, quanto explorar novas experiências, contate logo uma empresa de mudanças e faça as suas malas, existe um mundo inteiramente novo para você conhecer!

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Compartilhe Este Artigo: