Um dia na Vida de um Programador de Jogos Japonês

ESCRITO POR

Inscreva-se para baixar nossos livros e receber contéudo exclusivo

[ATENÇÃO] Quer aprender Japonês? Clique e conheça o Clube Nihongo Kakumei!

Compartilhe com seus Amigos!

08:15 – O jovem Masa de 23 anos acorda; ele trabalha em Tóquio para uma das maiores empresa de jogos no Japão. Ele mora sozinho num típico apartamento japonês, estes apartamentos são conhecidos por seu uso eficiente de espaço, ou seja, são pequenos. Como a maioria dos japoneses ele não toma banho pela manhã, até para não perder tempo, prefere tomá-lo à noite – os japoneses banham não apenas para se manterem limpos, mas também para relaxarem, muitas das vezes num ofurô. Assim, ele lava o rosto, escova os dentes, tira o pijama e se veste para ir trabalhar, rotina que não leva mais de 10 minutos.

09:10 – Ele já está a caminho da estação de trem para poder ir ao trabalho – está chovendo e Masa está usando um guarda-chuva. Ele chega à empresa por volta das 09:50. Masa trabalha para Bandai Namco studios, que é a divisão de entretenimento do grupo Bandai Namco, companhia japonesa famosa por produzir jogos como Tekken, Mario Kart e até mesmo Pac-man. A companhia tem cerca de 1.000 empregados que ocupam 5 andares num prédio em Tóquio.

Masa começa a trabalhar – ele passa a maior parte do dia programando

Ao chegar no andar onde trabalha Masa bate seu ponto e vai até sua mesa, liga seu computador, tira seus sapatos e calça uma sandália confortável.

Antes de começar a programar, Masa verifica seu correio eletrônico, assim como a rede social interna da companhia, ele faz tudo isso enquanto come alguma coisa – seu café da manhã.

Próximo à mesa do Masa tem um ‘canto dos videojogos’ onde o pessoal mantêm alguns consolos como: PS, Xbox, Switch e óculos de realidade virtual além de um computador potente.

No segundo andar fica a sala de convívio dos funcionários. Lá tem no mínimo 4 lixeiras para os diferentes tipos de lixo; tem também uma panela de água quente e um micro-ondas. Há ainda um canto de petiscos e também uma geladeira com sorvete e outras guloseimas e qualquer funcionário pode pegar já que os produtos são recolocados de acordo com o valor que vai sendo depositado no caixa – o sistema utilizado aí é o ‘pegue-pague’ baseado no sistema de honestidade. Isso daria certo se fosse aqui no Brasil?

O ambiente de trabalho é semelhante ao de qualquer outra empresa – poderíamos imaginar que por se tratar de uma empresa de produção de jogos teríamos aí um ambiente ao estilo facebook, google mas não é o caso, não fosse pelos cartazes com os personagens do jogos e alguns outros detalhes não imaginaríamos que ali se produz jogos.

Biblioteca de consolos e jogos

Num dos andares da empresa há ainda um biblioteca de jogos eletrônicos e consolos clássicos, todos o que você imaginar: Nintendo, PC Engine/TurboGrafx 16, Super Nintendo/SNES, SEGA Master System, SEGA Saturn, Family Computer… São mais de 3 estantes cheias de jogos (fitas e CDs) e consolos.

Um dia na Vida de um Programador de Jogos Japonês - games japao 1

Hora do almoço

12:00 – Masa sai para almoçar com seu colega –同期・どうき – que começou a trabalhar na empresa na mesma época que ele. Na verdade, é comum para as empresas japonesas fazerem contratações em massa uma vez por ano de jovens recém-formados nas universidades japonesas.

“同期・どうき: alguém que começou a trabalhar ou estudar no mesmo período que outro alguém. Ex: Alunos que se formam em faculdades diferentes, mas começam a trabalhar numa mesma empresa na mesma época.”

No prédio há uma cafetaria, e alguns caminhões de comida vêm para a frente do prédio todos os dias, mas nem sempre é o mesmo caminhão, varia a cada dia. A fila para poderem pedir é enorme e com a chuva e o frio a situação fica ainda menos agradável. Porém Masa conta que nem sempre vem ao caminhão de comida, às vezes ele sai para almoçar ou compra algo na loja de conveniência mais próxima.

Pergunta: Este é o único escritório da Bandai Namco no Japão?

Resposta do colega do Masa: Existem muitas empresas (diferentes) no grupo Bandai Namco, então, se você considerar todas as empresas do grupo, estão literalmente em todo lugar.

Para o almoço Masa pediu uma tigela de pato assado; antes de comerem Masa e seu colega juntam as mãos e dizem: いただきます… que significa: vamos comer ou, ainda, obrigado pela refeição.

Após terminarem de comer e pouco antes de voltarem ao trabalho Masa e seu colega vão para um espaço com um fliperama com o seu ‘amado Pac-Man’ – a tela é enorme, maior que eles, e os controles parecem ser muito confortáveis. Os funcionários podem jogar os jogos ali disponíveis a qualquer momento de graça.

‘Code Vein’

13:00 – Masa volta a sua mesa e continua programando. Enquanto isso, em outro andar… Aparentemente existem diferentes equipes trabalhando em diferentes partes do escritório; vamos falar com uma delas:

– Com licença, então, qual a sua função aqui? – Eu sou o diretor e produtor de desenvolvimento do code vein que foi lançado recentemente. – O que é o code vein? – code vein é um RPG de ação e exploração dramática com personagens animados que estão ambientados em uma caverna perigosa. – você pode me mostrar? – ah, o jogo? eu vou te mostrar em outro lugar Depois que o consolo foi preparado e o jogo carregado. – Os personagens principais do code vein são todos Dráculas, assim, você pode personalizar o seu próprio Drácula. – Uau, os gráficos são demais…. Quanto tempo levou para desenvolver o jogo? – Desde o planejamento… levou, anh, uns 5 anos. – Houve um momento em que nós tínhamos 200 pessoas trabalhando no desenvolvimento do jogo.

Mesmo quando o jogo é lançado o desenvolvimento ainda não está completo, o jogo continua sendo atualizado com base nos comentários dos usuários e criam novos conteúdos para serem baixados.

Parece que há um grupo em reunião, vamos lá falar com eles.

‘Tekken 7’

– Olá, licença, posso fazer algumas perguntas para vocês? – ah, olá, claro…. – Então, no que vocês estão trabalhando? – Nós desenvolvemos um jogo chamado Tekken 7 e eu sou o diretor deste jogo. – O que vocês estão fazendo neste exato momento? – Bem, aqui nós temos conteúdo para ser baixado chamado ‘season pass 3’ e nós estamos conferindo ele. – Posso dar uma espiadinha no que vocês estão fazendo? – É segredo! (risos)

Perto dali há uma estação com fliperamas com o Tekken 7 onde o pessoal testa os personagens e suas funcionalidades, essa é uma parte muito importante do trabalho.

Algumas reuniões e pausa para uma soneca

14:00 – Masa não está trabalhando em sua mesa, ele está participando de uma reunião ‘scrum’ – eles fazem esta reunião que dura cerca de 30 minutos todos os dias, na reunião ele revisam o que eles tinha planejado no dia anterior, o que precisa ser feito hoje e discutem sobre problemas que podem surgir, eles utilizam um software para gerenciar as tarefas e mostram tudo numa tela durante a reunião.

‘Scrum’ é uma ‘metodologia ágil’ para gestão e planejamento de projetos de ‘software’. Os projetos são divididos em ciclos mensais chamados de ‘sprints’, o sprint representa um ‘time box’ dentro do qual um conjunto de atividades deve ser executado.

14:30 – Antes de voltar para sua mesa e continuar a programar, Masa que já está um pouco cansado, vai para a área de descanso da empresa para tirar uma soneca… pouco tempo depois ele vai até a máquina de bebidas da empresa – as bebidas são grátis -, tem chá, refrigerante, suco.

17:00 – Depois, Masa vai para uma segunda reunião ‘Scrum’ – nesta que ocorre a cada duas semanas eles revisam o ‘sprint’. A sala de reunião pode ser agendada através de um painel digital o que torna tudo mais conveniente.

18:00 – Agora, ele está terminando suas tarefas, verificando os correios eletrônicos que ele não conseguiu ver durante as reuniões e escrevendo um resumo sobre tudo que ele fez hoje.

Masa vai encontrar seus amigos então ele vai sair do trabalho mais cedo. Ele está com fome então não pode esperar para jantar.

Masa está quase terminando seu trabalho por hoje, depois ele vai sair com alguns amigos

19:07 – Masa está saindo, pouco mais de 8 horas depois, mas ele diz que vez ou outra precisa ficar e fazer hora-extra quando está trabalhando em projetos grandes. No geral isso é bom. As empresas japonesas com frequência requisitam que seus funcionários façam muitas hora-extra, que não chegam a ser pagas!

Masa encontra com seus amigos para irem jantar: おつかれさまです – é usado para cumprimentar colegas de trabalho; a tradução literal seria algo como: ‘obrigado pelo seu trabalho’.

Hoje é dia de pagamento e, de quebra, sexta-feira, então, eles vão poder relaxar um pouco mais.

No Japão geralmente as pessoas pedem bebidas por sua própria conta enquanto que compartilham a comida, no final o grupo divide a conta em partes iguais independente de quanto cada pessoa bebeu ou comeu; muitos restaurantes permitem que seus clientes fumem no ambiente interno – nos bares ‘居酒屋・いざかや’ é comum ver o pessoal fumando.

Um dia na Vida de um Programador de Jogos Japonês - izakaya 2

No seu tempo livre Masa monta bonecos GUNDAM, assisti vídeos no YouTube e joga

21:30 – Masa se despede de seus amigos e vai para a estação de metrô para poder voltar para casa. Mesmo depois do trabalho o lugar onde Masa passa mais tempo é no computador. Ele conta que durante seu tempo livre gosta de jogar e fazer outras coisas.

– Masa, você assisti o YouTube? – Sim, recentemente eu tenho assistido esse canal sobre GUNDAM・ガンダム que a SUNRISE lançou. Eu posso passar o dia todo assistindo GUNDAM. É possível ver várias caixas e bonecos GUNDAM no apartamento.

– O que você vai fazer no resto da noite? – Eu vou montar um boneco GUNDAM até a hora de ir me deitar, tem vários bonecos que eu ainda não montei, hoje vou montar esse aqui – modelo: MS-06R-2 JOHNNY RIDDEN’S ZAKUII.

Então, parece que o Masa vai ficar algumas horas montando o boneco GUNDAM, ele deve ir até umas meia-noite, é isso, esse foi um dia na vida de um programador japonês.

Compartilhe com seus Amigos!

2 comentários em “Um dia na Vida de um Programador de Jogos Japonês”

  1. interessante a rotina de trabalho de Masa, mas se alimentando tão mal e fazendo horas extras tem que ter um caro plano de saúde

    Responder
    • Pode até ser, hein, Marcelo, mas acredito que não seja o caso por isso – as horas extras – já ser normal lá… Sobre a alimentação seria interessante dar uma olhada nos vídeos do canal ‘what I’ve learned’ procure sobre os vídeos em o criador fala exatamente sobre a dieta e alimentação dos japoneses….

Comentários do site