Dicas / Jogos / My Blog / Outros

Review do Nintendo Switch – O que eu achei do console?

Review do Nintendo Switch – O que eu achei do console?
Compartilhe nas redes sociais:

Oi aqui é o Kevin Henrique do Suki Desu e finalmente eu tive a oportunidade de colocar as mãos no Nintendo Switch que comprei pela internet. Neste artigo eu vou fazer uma análise e review detalhada do console e dizer o que eu achei dele. Pra quem não sabe o Nintendo Switch é um console híbrido onde é possível jogar aonde quiser lançado em março de 2017.

Esse console criou uma grande divisão, ou você ama ou odeia, alguns acham que a ideia de portátil e de híbrido não é uma boa devido a seu hardware fraco em comparação com console de mesa que são 10 vezes maiores. Na minha opinião é uma idiotice comparar algo portátil e minúsculo com um console de mesa, pra mim a ideia da Nintendo em juntar 2 em 1 é a mais inteligente do que lançar um console de mesa parecido com que todos já possuem.

Primeiras impressões do Nintendo Switch

Apesar de ver diversas fotos, vídeos, reviews e unboxing, eu ainda não esperava que o switch fosse tão pequeno. Até mesmo a caixa eu achei minúscula, tanto ele como a dock cabe dentro de qualquer mochila, facilitando carregar para os lugares. Apesar de seu tamanho pequeno eu não achei os joy-cons (controles) desconfortáveis, mesmo que sejam pequenos eu não vi nenhum problema em jogar com eles em nenhuma das formas possíveis.

Eu confesso que estava com medo de comprar devido a reclamações de perda de conectividade com o joy-con esquerdo, felizmente o meu funcionou perfeitamente a mais de 10 metros de distancia. Eu também estava meio incomodado com a qualidade do material e a fabricação do console, mas analisando de perto eu pude ver o quão bom é a estrutura e montagem do Nintendo Switch, todas as peças são trocáveis, as partes encaixáveis são facilmente desparafusadas e de metais.

Nintendo Switch



Com respeito ao sistema operacional, tudo está como deveria, rápido, pratico e limpo. O número atual de jogos deixa a desejar, eu comprei o console pensando nos exclusivos da Nintendo e em alguns jogos Party, queria muito um Golf no estilo do WII só que bem mais completo, alguns outros jogos multiplayer divertidos estão vindo para o console e isso me deixa bem feliz.

Alguns criticam o tamanho do switch, dizendo que ele é grande demais para ser um portátil. Já eu antes de comprar estava preocupado com a tela pequena de 6º polegadas me desagradar já que estou acostumado a usar um Ipad de 9º polegadas, porém foi totalmente confortável e achei o tamanho aceitável pra um portátil.

Nintendo Switch

Sobre o desempenho e jogos no Switch

O medo e reclamação de muitas pessoas é com respeito ao número de jogos e o apoio das empresas terceiras. Muitos acreditam que o Switch não vai ter capacidade de receber os futuros jogos multiplataformas que estão sendo desenvolvido. Minha opinião nunca vai mudar, se a empresa quer portar o jogo nem que seja em 720p ela é capaz, o hardware possui 70% da força de um Xbox One, isso é mais que necessário pra rodar qualquer jogo com pequenas modificações.

Agora a proposta do Switch é diferente, ela não veio focada em criar jogos foto realistas. O switch pode sim receber qualquer jogo se a desenvolvedora quiser, mas o publico do Nintendo switch costuma estar interessado em 2 coisas a portabilidade e diversão. O switch possibilita diversas maneiras e experiências de jogar tanto sozinho como multiplayer local e online, sua proposta é tirar lucro de uma área não explorada pelas outras empresas.

O Nintendo switch foi feito para pessoas que procuram portabilidade, multiplayer divertido, exclusivos da nintendo, jogos Indies, RPGs japoneses, e diversos exclusivos de terceiros que se encaixam perfeitamente na proposta do console. Se o Switch seguir o caminho do 3DS ele vai ser o console com mais opções de jogos existente no mercado, recebendo milhares de exclusivos no estilo que o 3DS tinha, e mais belos, além de versões de jogos multiplataforma AAA de empresas que apoiam o console.

Nintendo Switch

O switch tem o mesmo potencial do WII, mas precisa ser mais explorado. Tanto publico casual, como mobile, PC gamer ou de outros console vão escolher ter o switch como segundo console por sua portabilidade. Entusiastas de jogos Indie iram preferir comprar a versão do switch por causa de sua portabilidade, é muito mais satisfatório jogar um jogo 16bits ou com gráficos simples num portátil.

Eu recomendo o Nintendo Switch? Pra quem?

Infelizmente o Nintendo switch não é tão acessível para pessoas que moram no Brasil, além do console custar mais que a concorrência devido a seu lançamento, os jogos são caros e as promoções são escassa em comparação com as promoções semanais das concorrentes, acredito que pela biblioteca pequena. A não ser que você seja um grande fan da Nintendo ou um cara rico ou é morto de ansiedade como eu, não vale pegar o Nintendo Switch neste momento.

O switch é um ótimo investimento e vale sim os 300$, sua proposta é única e ele cumpre o que promete. Agora cabe ver daqui pra frente se ele será capaz de cumprir suas necessidades. Ele é uma opção perfeita pra segundo console, portátil ou até para primeiro console pra quem valoriza as franquias da Nintendo, jogos de movimento ou multiplayer local.

O Nintendo Switch é sim um console que mostrou seu potencial em tentar ser algo que as outras deixaram de lado, ele ressuscitou a morte dos portáteis que estavam perdendo para os tablets e celulares, ressuscitou os controles de movimentos que a as concorrentes abandonaram, ressuscitou os jogos de multiplayer local que estavam escassos e trouxe inovações na maneira de jogar e com seu HD humble. Infelizmente esse console não agrada aqueles que esperam gráficos foto realistas em 1080p 60fps, mas não deixa de proporcionar diversão tanto na TV como na tela portátil com ótimos gráficos e desempenho. Se o console atende suas necessidades, pode investir sem medo!

Compartilhe nas redes sociais:
  • Maikson Mendes

    Desde que comprei o Switch meu PS4 anda encostado e pra mim isso é o que vale, a diversão que o videogame proporciona e quantas vezes eu vou querer ligá-lo, não me importo muito com specs e resolução, se no final do dia, eu vou acabar chegando do trabalho e ligar meu switch.

  • Rodrigo Coelho Costa Junior

    no final isso é o que importa