Curiosidades / Dicas / Explorando Locais / Japão

Dicas e cuidados com a vida noturna no Japão

Dicas e cuidados com a vida noturna no Japão
Compartilhe nas redes sociais:


Já imaginou sua vida noturna no Japão? Muitos turistas imaginam que vão chegar em Tokyo e ir em bairros como Kabukicho e sair pegando as meninas. Já outros querem ir além, e contratar serviços especiais. Se você pretende fazer essas coisas pervertidas, ou simplesmente quer experimentar uma noite nas baladas dos distritos da luz vermelha do Japão, este artigo vai te ajudar a ficar esperto com os problemas que esses bairros podem trazer.

Dependendo de sua intenção durante a noite, esteja com amigos para evitar problemas. Na maioria dos casos não é preciso se preocupar, o Japão é um local seguro, você pode muito bem aproveitar a noite em boates, casas de show, hostess e love hotéis. O grande problema desses bairros noturnos da luz vermelha é que estão cheio de pessoas com segundas intenções tentando arrancar seu dinheiro e até rouba-lo.

Fique esperto com o preço

Esses bairros noturnos costumam variar o preço de acordo com serviço, tamanho do clube e qualidade dos parceiros. Tem bares que chegam a custar até mesmo 7.000 iene sem todas as bebidas inclusas. Aqueles shows especiais costumam ultrapassar facilmente 10.000 ienes. Caso queira realmente um serviço prepare mais de 20.000 ienes.

Pessoas suspeitas costumam abordar turistas na rua oferecendo opções baratas, ao menos eles fazem parecer. Mesmo que você ache barato, tenha cuidado porque eles utilizam estratégias para subir o preço. Eles costumam acrescentar taxas adicionais na conta se avisar antecipadamente aos clientes. Eles podem ter dito que custava 15.000 ienes, mas acaba cobrando 20.000 ienes no final, inventando uma taxa obrigatória para novatos ou desculpas parecidas.



Teve um bar que chegou a cobrar 2.6 milhões de ienes de alguns clientes apesar de ter prometido uma fatura de 4.000 ienes. Neste incidente as vítimas de fraude foram ameaçadas de violência depois de recusarem a pagar. Existem milhares de estratégias nesses bairros criadas para roubar seu dinheiro, fique esperto! E olha que não são apenas japoneses tentando sugar seu dinheiro, mas estrangeiros também. Até mesmo em Akihabara apareceram esses homens sugadores, e em Osaka eu vi muitas jovens a espreita.

Fique esperto com a Vida Noturna

Essas pessoas suspeitas também enganam de outra forma, elas podem apresentar cartazes de jovens bonitas, mas na realidade de leva para uma senhora de meia idade.

As mulheres precisam ter cuidado, até mesmo os homens. Estrangeiros se destacam no Japão, os japoneses podem criar estereótipos, já ouve casos de japoneses arrastarem mulheres para um love hotel, talvez a barreira do idioma tenha colaborado com isso.

hostess

No Japão a lei proíbe a prostituição! Como assim? Você talvez ouviu diversos relatos desses serviços, isso porque toda lei tem brecha. No Japão a garota contratada se torna sua parceira e vocês saem em um encontro. A partir do momento que vocês são um casal, mesmo que temporário, a lei não proíbe mais vocês de terem relações sexuais. Essa industria do entretenimento é esperta não? Talvez esse seja um dos motivos de existirem tantos serviços inocentes onde garotas simplesmente saem em um encontro para conversar e sem relações.

Tenha cuidado também com a Yakuza, eles costumam estar em bairros noturnos como Kabukicho, porque é onde seus negócios são executados. Mas não precisa ter medo da Yakuza, basta ter cuidado para não ser lesado. A Yakuza é uma organização reconhecida oficialmente, ela trabalha em conjunto com a policia para manter a paz nesses bairros. Elas não gostam de pessoas quebrando as regras do local, não seja um baderneiro.

Dicas finais para sua vida noturna

Cuidado para não entrar em locais que são proibidos para estrangeiros. Eles costumam ser sinalizados, porém nem sempre encontramos essa sinalização nesse show de luzes. Alguns locais desses bairros noturnos exigem que você tenha conhecimento em japonês para entrar.

kichijoji

Caso esteja procurando um bom bairro da luz vermelha para vida noturna, os mais famosos são Kabukicho em Tokyo, Nakasu em Fukuoka, Susukino em Sapporo e Tobita Shinchi em Osaka. Não é perigoso, mas fique esperto! Caso queira uma vida noturna básica sem preocupação, existem muitos bairros parecidos, mais baratos e mais seguros espalhados por todo Japão.

E não precisa ficar com medo do bairro por causa desse artigo. Estar em bairros da luz vermelha no Japão é tão seguro quanto andar durante o dia no Brasil. O bairro é lotado de pessoas e turistas. Se você é um turista que deseja apenas caminhar e entrar nos famosos e conhecidos bares, pode ir sem medo. Você já visitou algum bairro da luz vermelha no Japão? Presenciou a vida noturna? Qual a sua experiência? Agradecemos aos comentários e compartilhamentos.



Recomendamos também: 

Compartilhe nas redes sociais:

1 comentário

  1. Bem informativo o artigo, e sempre agrada-me quando vejo a desmetificação da imagem que a Yakuza possui para a maioria dos brasileiros.

    Apenas uma nota: ” Estar em bairros da luz vermelha no Japão é tão seguro quanto andar durante o dia no Brasil.”. Kevin, acredito que no Rio de Janeiro seja mais inseguro em qualquer parte do dia… Abraços

    Resposta

Comentários do site