Otaku

Experiências após assistir mais de 100 animes

Experiências após assistir mais de 100 animes
Compartilhe nas redes sociais:


Após os 100 animes assistidos você percebe algumas mudanças no seu modo de pensar e agir, algumas dessas experiências são boas, outras não.

Sou uma pessoa muito preguiçosa para ficar organizando meu MAL, por isso não sei quantos já assisti. Mas chuto que seja algo em torno de 300 à 500. Comparado a mim tem pessoas com mais de 1000 animes em seu currículo, penso que estou destinado a isso.

Nem tudo é notável, mas dando uma olhada na opinião de outras pessoas você percebe coisas sobre si mesmo. Claro, sobre seus novos gostos também, gostos nem sempre refinados, talvez você me entenda.

Nem todos sofrem alterações com 100 animes, pode ser com menos ou com mais. No meu caso foi por volta dos 50 á 70, mas sem uma visão muito crítica.

A lista foi baseada em mim mesmo e também vou dar créditos ao site OtakuBFX que serviu de inspiração para ideia deste artigo. Então caso você não concorde poderá comentar, sem ofensas, por favor.

Enfim… Já está ficando chato essa enrolação, então vamos para a lista?



Sanidade, quê isso?

Caros amigos, isso é algo que em algum momento acontece a todos nós, querendo ou não. Caso seja o seu caso, dê um tempo, tenha um limite nessa sua vida.

Quando se entra neste maravilhoso mundo dos animes, o mais comum é você começar a fazer maratonas de forma frenética, sem pausas, nem nada. Horas e horas assistindo animes, repleto de magia e fantasia que em algum momento ataca o seu cérebro. Alguns tentam conjurar portais, outros tentam usar um encantamento, alguns um simples KAMEHAMEHA, outros mais harcore simplesmente tentam usar o Gess ou o Sharigan que está oculto dentro de si.

Como dito, alguns se passam por Chuunibyou’s. Mas outros, e os mais comuns, como eu, simplesmente caem em profundas crises. De fato são crises… Como querer se isolar, chorar por nada e em alguns casos, ter uma Waifu/husbando como único amigo e amor.

Legenda, pra quê?

No início, sem saber nada de Japonês você se sente perdido neste mundo, mas ai você tem um encontro com as legendas. Mas após um tempo você não se sente mais preso a ela, mas ela continua ali por você.

É algo natural, após assistir muitos animes você percebe que tem falas nos animes que você não necessita ler para saber o que está acontecendo. Em alguns casos você consegue saber a próxima fala pela expressão dos personagens ou por conhecer o personagem ao ponto de prever suas falas, mesmo sem ter assistido à aquele episódio.

Mas claro, não abandona a legenda até… Sem falar naqueles que querem começar a ler Light Novels e Mangas em japonês depois de um tempo…

Maior interesse pelo Japão

E é assim que o Japão se torna um país maravilhoso para muita gente.

Quando criança sempre me passavam a ideia errada sobre o Japão, como que eles só comem sushi ou que todos são a cópia um do outro. Mas ao começar a assistir animes e receber grandes influências Japonesas eu via que era tudo diferente. Por querer ter maior conhecimento e por querer aprender a falar Japonês que eu vim parar no Suki Desu que hoje me abre muitas portas diferentes.

Então procure conhecer, procure aprender. Aprender a língua Japonesa não é impossível, então ao menos tente, não desista. Se seus sonhos são outros, persista. Um dos valores que os animes nos passam é justamente esse, o de persistir em seus sonhos.

E você? Se você tem medo de entrar nesse mundo, não se preocupe. É um país feito para pessoas como eu e você, não pelo fato de assistirmos animes, mas por nos sentirmos bem estando íntegros nesse país único.

Clichês auto-identificados 

Nosso cérebro se torna uma máquina em identificar os infelizes clichês.

É difícil criar algo totalmente novo, mas não é impossível criar algo inovador. Como em “Re:Zero”, após o tremendo sucesso da animação, muitos autores começaram a escrever com temas parecidos, e esses autores em algum momento irão cair no fracasso de se tornarem clichês.

Clichê é algo terrível, por esse motivo muitos animes são dropados. Mas tem uns que você amará, como fanservice, e outros odiará, como histórias parecidas.

Filler’s se tornam pesadelos

Os fãs de Naruto me entendem.

Filler são episódios que não fazem parte da história oficial ou da ordem cronológica, divergindo com um anime canônico. E é lamentável que a indústria Japonesa ainda invista neles, tem casos que fillers são necessários para preencher a história, mas são exceções.

Com o tempo é possível identificar um filler só de se assistir por um breve momento. São poucos os que gostam de fillers. Em um anime, de preferência que não tenha.

Senso crítico e refinação de gostos

Qualquer ser humano ganha habilidades e conhecimento em coisas que ele tenha grande influência e contato. No caso, temos um senso crítico aumentado e nossos gostos se moldam.

Assisto animes á 2 anos, não sou um expert, mas sei avaliar um anime que vejo e também sei padronizar meus gostos. Essas características que ganhamos são únicas e divinas em alguns casos.

Caso você seja bom nisso, invista criando seu próprio site ou escrevendo para algum, como o Suki Desu, seu talento será apreciado e você poderá desenvolver diversas coisas, como linguagens e poderá conhecer muitas coisas novas.

Gostos estranhos

A cultura Japonesa possui muitos gostos peculiares, isso ninguém pode negar. E assistindo animes é possível adquirir alguns desses gostos.

Esse assunto é um pouco difícil de se comentar para todos, mas é o ganho de novas descobertas. Algumas proibidas para menores e outras somente práticas estranhas à olhos estrangeiros.

Waifu/Husbando

Waifu ou husbando é quase que sua esposa dos animes <2D>, em níveis mais hardcore, sendo mais usado por weeaboo’s.

É natural que você tenha uma, seja pelo gosto popular ou seja pela seu próprio gosto. Aquela personagem amorzinho é impossível não amar. Seja aquela vocaloid, Hatsune ou outras, ou seja aquela vampira sedenta por sangue.

O amor por elas é implacável, incontestável e platônico. Você pode ler um pouco mais da minha opinião pessoal aqui.

Após assistir mais de 100 animes você irá perceber seu amor por estas personagens tão maravilhosas, Kawaii Desu?

Excitação por animação 10/10

Imagina aquela animação foda a cada episódio. Sem ser fanboy, mas imagine “Fate” e chegue a uma conclusão…

Quero dizer… Não uma conclusão, mas á um consenso entre suas emoções. É uma sensação única, onde sua pupila dilata e você fica eufórico após tamanha beleza.

Impossível não se sentir bem por estar vivo por ver algo grandioso, bem trabalhado e sem limitações de verbas.

Se tornar um perito 

Após tempos assistindo animes você não vai querer ficar sem saber de nada, dessa maneira você irá querer saber mais sobre gêneros, termos e se afundar cada vez neste mundo. Isso é algo que só alguns fazem, mas caso você faça, parabéns!

Você se tornará um perito e ainda terá o respeito de seus outros amigos ‘Otakus’. Quando eles quiserem sugestões irão procurar por você, e você será aquele que recomendará e que dirá os prós e contra daquele anime. Quantos mais animes, tempo e pesquisas você fizer melhor você será nesse mundo.

Cansar de animes, mas voltar consequentemente

Chega um tempo que você sente vontade de desistir dessa vida. Alguns motivos são plausíveis, como as críticas recebidas, famílias ou outros.

Você desiste, mas em seguida percebe que sua vida não faz mais sentido sem esse mundo maravilhoso. Alguns chegam a entrar em depressão ou se tornarem isolados após começar com os animes, isso é ruim, mas depois você começa a ter outra ideia de sua vida antes dos animes, e percebe que era uma bosta, pelo menos para mim.

Se você conseguir sair de vez, saiba que sentirá falta em algum momento.

Inspirações e essências adquiridas

Todo anime, personagem e autor têm uma lição a passar. A essência de alguns momentos começam a fazer parte de si, e você irá pegar isso para você. Com novas lições e novas perspectivas, fantasiosas ou não, é isso que é.

Também é notável que muitos começam a se inspirar em seus personagens preferidos ou a usar as mesmas estratégias que ele, amorosas ou na guerra. Isso é algo que eu gosto muito, ter inspirações. E com o tempo você pega a sua.

Novos sonhos

Você começa a amar o Japão, com isso surge novas metas e sonhos, ao menos para mim.

Surge a vontade de morar ou fazer turismo no Japão, de conhecer o povo Japonês e ter contato com eles, aprender a falar Japonês, adquirir mais e mais conhecimentos de animes e desse mundo Otaku.

Não importa qual seja o seu sonho, você irá persistir, se não, de nada terá servido horas e horas de animes de superação. Esse é um tema que vai muito dos seus sonhos, então interprete e reflita da forma que quiser!

Ultrapassando barreiras… 1000 animes?

Organizar todos esses animes é o maior desafio, por isso use o “MAL” sempre que puder!

Como as Kitsune, aos 900 você será um grande Sábio, como elas, aos 1000 você será um ser Divino (Ideia de Chuunibyou). Mas com isso, se considere um verdadeiro amante, fã e sábio dos animes.

Com isso você terá todas as Experiências citadas nesse post e muitas outras que só você poderá e outras pessoas que tiveram o mesmo feito poderão compartilhar e dizer como e o que é.

Não estrague sua vida, tenha limites! Comente suas experiências e quantidades de animes já vista, não que a quantidade mude algo para quem realmente é fã, haha!

Compartilhe nas redes sociais:

7 Comentários

  1. Acho que já assistir uns 60 animes.. Mas tipo, tem algumas pessoas que consideram dragon ball z , GT e super, três animes diferentes, eu assitir os três ( acompanho o super) e na minha lista eu coloco os três como se fossem um. Só dragon ball….Não consigo parar de ver animes..

  2. Não sei o que escrever, mas ja passei dos 300(acho), mas penso que anime é parecido uma droga ( mesmo não fazendo mal a saúde), mas prefiro está nos animes do que na maconha ( sem preconceito quem prática os dois). E provável que NUNCA vou me livrar desse vício, e estou muito feliz por isso. Com certeza muito drasticamente meu jeito ninja, mas fico nessa dúvida e quando termina de assistir todos os animes, o que será de mim, preciso de mulher também. Kkk, mentira só me vejo gostando da Riin :3

  3. “Mas tem uns que você amará, como fanservice […]” ( ͡° ͜ʖ ͡°)

    • Alguns, por assim dizer, se tornam peritos na arte da safadeza com esses fanservice bobos, não me pergunte o porque […] ( ͡° ͜ʖ ͡°)

  4. Eu entrei para o mundo otaku em 2013, alguns meses depois de ser

    espulso injustamente da escola.

    Os Animes me salvaram do tedio.

    Eu nem ligo mais se o o anime está legendado ou não.

    Eu nunca dropei nenhum anime.

    Pois pra mim um fã de verdade deve assisti o anime até o final

    Eu não critico a qualidade da animação.

    Eu não critico estudio que fez o anime.

    Eu assisto Animes de qualquer genero.

    Eu não me importo com a história.

    Eu não leio muitos mangás.

    Eu não leio muitas light novels

    Eu não não me importo com o numero de episódios.

    Eu não posto o comentário (Cade o episódio) no super animes. (Mas eu

    visito o site com frequente.

    Eu nunca digo que um anime é ruim ou que é lixo.

    Pois sempre haverá alguém que vai gosta de determinado anime.

    Eu ja assisti mais de 165 animes.

    Minha internet é muito lenta então baixar os episódios demora.

    Se contar os ovas, tokuaatsu dorama e filmes que já assisti, eu já vou

    ter assistido mais de 400.

    Eu não apago os episódio do pc depois de assistir.

    Eu não uso o My Anime List para lista os animes que já assisti.

    Eu uso o My Anime List para ver o nome das eberturas e

    encerramentos.

    Eu criei uma documento em texto para anotar todos os animes que eu

    assisto.

    Eu gosto de baixar todas as musicas do anime.

    Eu só baixo musica cantada (Com voz).

    Eu não baixo trilha que não seja cantada.

    O anime que me trouxe para o mundo otaku foi Death Note, eu assisti

    dublado em 2013 e legendado em 2014.

    O primeiro anime que assisti em japonês foi Bleach.

    Graças ao anime Bleach eu me interessei em aprender japonês.

    Eu atualmente só assisto anime em japonês.

    Eu tenho mais de 4000 músicas em japonês.

    Eu quero a prender japonês e criar uma Fansub.

    Adorei o artigo.

    Parabéns Leonardo de Paula.

  5. Identifico-me com a quase todos os pontos.

    Já assisti em torno de 250 animes, e já possuo uma lista dos próximos 300. Vai demorar uns anos ainda pra chegar nos 1k.

    • Contanto que você não drope muitos animes chegará mais rápido aos 1000, mas assista coisas que você goste de preferência, hehe!
      Obrigado por comentar ^^

Comentários do site