Clichês Chineses – Uma copia dos japoneses?

, , ESCRITO POR


Anteriormente escrevemos um artigo sobre clichês japoneses. Dessa vez vamos falar um pouco sobre os clichês chineses e como eles copiam as obras japonesas.

A China é um país famoso por suas novelas que exploram a cultura local e oriental. Às vezes, eles são muito parecidos com os dramas de novelas ocidentais.

Seu formato é, por vezes, denominado dorama – os dramas de origem de japonesa -. Possuem uma influência de novelas misturadas com séries de televisão.

Os dramas chineses possuem diversos locais de produção. Alguns são produzidos em Taiwan, Hong Kong e na China Continental – logo, o estilo, a linguagem e a edição são afetados.

Clichês Chineses - Uma copia dos japoneses?

Existem, também, animes de origem chinesa. Apesar de pouco conhecidos, são – na verdade – uma surpresa para todos os espectadores. Alguns conseguem chegar ao nível de qualidade do anime original japonês. Outros, deixam a desejar.

Há, também, um outro gênero da produção televisiva chinesa: as web novels. Caracterizadas por serem disponibilizadas online, elas não possuem desenho, são inteiramente escritas e muito famosas.

Contudo, em suas histórias é possível ver um padrão de enredo, trazendo um certo desconforto às vezes devido a trivialidade de alguns personagens e elementos cenográficos. Eles estão presentes nas novelas, nas web novels e nos animes chineses.

Os principais clichês chineses

Um dos primeiros clichês que são mais comuns nas web novels é o mestre que possui comportamento extremamente arrogante e pervertido. Este tipo de personagem está presente em quase todas as novelas que retratam tempos antigos da história chinesa.

Em alguns animes esse estereótipo é associado com o sangramento nasal dos personagens. Certas vezes causa até uma agonia no espectador – ou leitor –, porque se sabe da conotação sexual.

Clichês Chineses - Uma copia dos japoneses?

Outro famoso clichê é o protagonista que não demonstra seu real poder, deixando que o inimigo use e abuse de sua boa vontade. Fazendo com que as cenas, ou pequenas narrativas de lutas, sejam muito entediantes e causa desesperanças no leitor.

Alguns animes, não só de origem chinesa, retratam uma superstição de origem asiática no geral. A superstição diz que quando você espirra, é porque alguém está falando de você. Em algumas culturas do ocidente, diz-se que se a orelha estiver quente é porque alguém está falando mal de você!

Em certos momentos das tramas, os protagonistas sempre são salvos por personagens aleatórios. Isso, na verdade, não é um clichê específico das web novels, novelas chinesas e animes chineses, mas sim de todo bom enredo. Contudo, a boa escrita vai-se embora quando o personagem principal sempre sai ileso das situações de risco.

Porque ele deixa de mostrar suas habilidades, deixa de mostrar o lado humano – onde é passível de erros. Logo, o principal se torna apenas uma marionete no meio da história.

Clichês Chineses - Uma copia dos japoneses?

O excesso de descrição em certas passagens das web novels é verdadeiramente massacrante para o leitor. Isso acontece quando alguns autores vão se referenciar à musa, que possui “a pele branca mais macia com tom perolado” que já se viu na face da China.

Um dos casos de clichês relatados pelos espectadores e leitores das obras de origem chinesa é relacionado às lutas. Quando a luta se inicia, não há ninguém ao redor. De repente, um enxame de pessoas desocupadas começa a assistir a briga. De onde elas surgem?

Outra temática comum é que todo anime possui um episódio de praia. Mas essa prática não é comum apenas na China, mas também em todos os outros animes e até em desenhos ocidentais.

Clichês Chineses - Uma copia dos japoneses? - novelschinesas 1

É comum, também, nas cenas de combate o protagonista – ou o inimigo  – anunciar o seu golpe poderoso. Os famosos gritos que parecem alavancar a força do golpe fazem das cenas mais emocionantes – porém, muito comuns e previsíveis para os mais experientes.

Aliado aos golpes gritantes, sempre existe o personagem que come sem parar. Parece que seu estômago é apenas um buraco que leva à outra dimensão.

Agora, falando dos protagonistas em específico, você já deve ter percebido que eles são órfãos – na maioria das vezes –, ou a mãe deles foi-se quando eles eram crianças.

Outra descrição histórica dos personagens é: a mãe está morta e o pai é uma pessoa misteriosa que está em algum canto do mundo, sendo um oponente ao longo da jornada do herói. Ou um aliado poderosíssimo para derrotar o grande inimigo da vez.

Ainda sobre o personagem principal, ele será sairá bem da situação. Ele cairá, vai apanhar muito, mas sempre irá se levantar. Ele também é muito bonito em todas as tramas, enquanto que o vilão é um monstro ou feio de aparência.

Para finalizar, um clichê que engloba apenas as ficções chinesas, o homem bom sempre faz parte do partido comunista.

De fato, é um padrão recorrente na cultura de histórias chinesas, porém isso faz parte de algo maior, é um assunto político. A influência da política comunista chinesa sempre estará presente nas obras literárias. A exaltação ao partido comunista faz parte da própria política: a exaltação da pátria e de seu líder.

Compartilhe Nosso artigo:

Comentários do site