Tem como trabalhar no Japão sem ser em fábricas?

, ,
Post by //



[Total: 0 Nota: 0]

Muitos acreditam que para morar no Japão se resume em trabalhar nas fábricas e fazer horas extras. Infelizmente essa é a realidade da maioria dos brasileiros, que já se acostumaram com a rotina e vivem nessa zona de conforto. Eu e muitas outras pessoas não desejam morar no Japão para trabalhar em fábricas, será que isso é possível? Neste artigo vamos falar um pouco sobre a possibilidade de trabalhar ou morar no Japão sem ser em fábricas.

Para alguns, o Japão é à terra das oportunidades. Não existe nenhum problema em trabalhar em fábricas, porque o salário é justo e às vezes o trabalho chega ser mais leve do que quando morava no Brasil. De fato, alguns tinha uma realidade diferente e viviam na mordomia no Brasil, mas vale lembrar que grande parte da população brasileira se mata de trabalhar e recebe um salário injusto. É por isso que você não deve reclamar da sua condição no Japão, já que quando você mudou do Brasil para o Japão, provavelmente tem que começar de baixo. Vale lembrar também que não existe uma desigualdade salarial entre pessoas que trabalham em fábrica ou não, o único ponto negativo é ter que usar força física.

Para ter uma vida bem sucedida no Brasil, você provavelmente teve que estudar, fazer faculdade e se especializar em alguma área. Além disso, você deve ser comunicativo, esforçado e inteligente a ponto de conseguir um emprego, fazer um concurso ou criar seu próprio negocio. No Japão não é diferente! Para ser bem-sucedido lá, você deve aprender o japonês, ter alguma formação e ser inteligente. Lembre-se que você está concorrendo contra outros japoneses e estrangeiros do mundo inteiro que se esforçam para entrar no mercado japonês. Além disso, você precisa enfrentar as barreiras culturais e aceitar os costumes e estilos de vida do país.

Tem como trabalhar no Japão sem ser em fábricas?


Oportunidades de trabalho no Japão sem ser fábricas

Se você souber falar japonês em um nível empresarial, você aumenta drasticamente suas chances de conseguir um emprego em escritórios e empresas. Se você tiver uma graduação suas chances dobram! Saber inglês ajuda mais ainda, já que japoneses não costumam ter um bom sotaque no idioma.

Quem diz que brasileiros passam a vida inteira em fábricas é mentira! Muitas pessoas e até jovens sem formação conseguem trabalhar em lojas de conveniências, restaurantes, mercados e outros comércios. É muito comum encontrar estrangeiros de todos os tipos trabalhando em restaurantes e outros negócios individuais ou de franquias. O Japão é um país que recebe milhões de turistas todos os anos, estrangeiros são muito necessários nessa área!

A grande realidade é que os sites e locais de busca de empregos estão lotados de vagas para estrangeiros que são fluentes em japonês e são formados. São diversas áreas e oportunidades, basta você se esforçar e mostrar para empresa o porque elas devem contratar você! Tem estrangeiros que trabalham até mesmo ensinando snowboard.

Tem como trabalhar no Japão sem ser em fábricas?

Outra maneira de trabalhar no Japão sem ser em fábricas é montando seu próprio negocio. Atualmente milhares de brasileiros vivem no Japão com seu próprio negocio, alguns são youtubers, sites, outros possuem restaurantes ou vendem algum tipo de produto e tem aqueles que fazem serviços ou montaram sua própria empresa no Japão. Aqueles que vivem no Brasil com seu próprio negocio podem optar em trazer sua empresa para o Japão e assim conseguir o visto para permanecer aqui. O melhor de trabalhar por conta própria é fazer seu próprio horário e ter tempo de curti tudo que o Japão oferece.

Outras áreas populares que contratam estrangeiros são:

Engenharia;
Trabalho de escritório;
Tecnologia da Informação;
Bancos de Investimento;
Professores de idiomas;
Vendas;
Recrutadores;
Atores;
Modelos;
Engenheiros de software;

Tem como trabalhar no Japão sem ser em fábricas?


Dificuldades de trabalhar no Japão sem ser em fábricas

Muitos acreditam que é impossível para estrangeiros trabalharem fora de fábricas devido à experiência de brasileiros que moram no Japão e trabalham em fábricas. Sempre surgem rumores ou generalizações de que isso é impossível ou difícil. Infelizmente as pessoas costumam sair desanimando os outros que querem correr atrás de seus objetivos. Eles esquecem que as realidades, circunstancias e experiências de cada pessoa são diferentes.

Outros afirmam que existem discriminações contra estrangeiros. Isso realmente existe em qualquer país, porém, as pessoas exageram bastante quando falam sobre isso. Alguns dizem que apenas descendentes conseguem empregos diferentes no Japão. Eu pessoalmente penso o contrário, às vezes vejo que descendentes são mais descriminados que outros estrangeiros. Possivelmente porque os japoneses acreditam que os descendentes têm a obrigação de falar japonês e seguir sua cultura. Já quando os estrangeiros fazem isso, eles se sentem felizes. Japoneses puxam saco de estrangeiros, principalmente americanos e europeus.

Infelizmente a maioria dessas pessoas que trabalham em fábricas não se dedicam em aprender o japonês e não possuem formação em nenhuma área. Não estou dizendo que se você não fez faculdade é um fracassado, eu não fiz faculdade e nem pretendo! É inegável a forte influência que isso tem ao procurar empregos no Japão. Mesmo eu sem nenhuma formação, não paro de correr atrás de meus objetivos de um dia levar a empresa do Suki Desu ao Japão e ter a possibilidade de morar lá. Caso isso não seja possível, posso viver aonde eu quiser e viajar ao Japão sempre que eu quiser porque eu me esforcei para isso!

Tem como trabalhar no Japão sem ser em fábricas?


Não desista! Você consegue!

O principal erro é ficar ouvindo o que as pessoas falam! Se eu tivesse dado ouvido as reclamações de que é difícil ganhar dinheiro trabalhando na internet ou até mesmo que era impossível para pessoas pobres como eu conhecer o Japão, eu não teria conseguido realizar esses 2 sonhos. O que mais tem são pessoas dizendo que você não consegue, possivelmente porque ela não conseguiu e desistiu! Não faça o mesmo! Não desista! Pare de ouvir pensamentos negativos!

Se você está decidido a encontrar empregos fora das fabricas, recomendamos ler os outros artigos complementares abaixo. Não se esqueça de compartilhar com os amigos, para que eles também possam não desistir!

Por Favor! Compartilhe Nosso artigo:

10 comentários sobre “Tem como trabalhar no Japão sem ser em fábricas?

  1. Sou formado em engenharia de produção será que tenho chances ?,
    meu inglês é básico e japonês também.

    • Só correndo atrás pra saber… rsrsrs

  2. Eu gostaria muito de ir trabalhar no Japão, porém não sou descendente e só tenho ensino médio e um curso técnico em Radiologia. Gostaria de ir trabalhar em algum shopping, lanchonete, mercado e etc….
    Não sei se dão visto de trabalho para essa área 🙁

    • Nesse caso pra conseguir o visto é complicado…

  3. Vim para o japao para virar monge budista. Nao que no brasil nao consiga, mas tive essa oportunidade de virar monge e estagiar no japao. O templo é a melhor escola que existe. Mas existem varias linhagens do budismo, nao pensem que sao todos iguais.

  4. fala de como fazer ou abrir uma loja no japao quero fazer uma empresa um dia mas no brasil e suicidio da empresa aqui e emposto e dificil para vender ate picole,mas no paraguay ,japao eu nao sei deve ser mais facil abrir uma loja faz um poste sobre isso por favor ainda sou jovem e ja quero entender mais ,de investimentos basicos ja entendo mas de resto nao ,.bons postes heim continue assim vai se longe

  5. Olá, você sabe por onde se consegue emprego de TI?

    • Não, mas nos artigos que citei no final sobre como encontrar emprego tem uns sites legais pra você procurar.

  6. O negócio é trabalhar de host nos kurabus para entreter as ricas senhoras…salário de milhões por mes.

Comentários do site