Guia de Estilos do Japão – Visual Kei, DEcora, Harajuku…

, ESCRITO POR

Inscreva-se para baixar nossos livros e receber contéudo exclusivo

[ATENÇÃO] Curso Online Gratuito de Japonês! Clique e Faça sua Inscrição!

Compartilhe com seus Amigos!

Ao longo dos anos o Japão se destaca com seu estilo de moda alternativa bastante difundido em regiões como Harajuku. A principal delas se chama Visual Kei, que gerou um monte de alternativas. Neste Guia vamos falar sobre todos os estilos de moda japonesa.

Muitos dos estilos explicados neste artigo trata-se de subcultura, são muitos estilos terminados com ideograma [系] que significa literalmente algo como linhagem, grupo e sistema que geralmente corresponde a determinado período de estilo e moda.

Sumário do Artigo
- Harajuku 
- Lolita 
- Visual Kei
- Decora 
- Gyaru 
- Fairy Kei
- Cult Party Kei
- Seifuku Kei
- Dolly Kei
- Mori Girl
- Otome Kei
- Shironuri Fashion

Harajuku – O Bairro das Modas e Estilos do Japão

Harajuku (原宿) é um grande centro urbano onde você irá encontrar lojas com as mais atuais tendências de moda, maid cafés, e o mais legal e estranho fato é o de você encontrar pessoas vestidas de cosplay, lolita, decora, otakus e muito mais.

Harajuku é um sub-bairro de Shibuya, e um dos centros mais diversificados de Tokyo, lá você pode estar a caráter ou como uma pessoa comum, lá é o lugar onde você irá se sentir livre para ser você mesmo.

Esta área é conhecida como ponto de encontro de adolescentes, e é a localização da loja de departamentos Laforet, que trabalha com a maioria das marcas famosas de moda jovem. Harajuku é famosa pela inúmera quantidade de lojas de moda de todos os tipos, principalmente moda urbana.

Harajuku é palco do surgimento de várias modas Japonesas, como o Visual Kei, que foi um dos grandes influenciadores para o crescimento do centro urbano. Já escrevemos um artigo falando sobre este bairro, você pode ler clicando aqui.

Moda e Estilo Lolita

Um dos mais populares e destacados é a moda Lolita, mas não vamos aborda-la muito neste artigo porque já temos um artigo gigante falando tudo sobre Lolita e termos derivados. Caso queira ler, acesse: Você sabe o que significa Lolita, Loli e Lolicon?

Lolita é um termo que define um estilo/moda japonesa, onde se costuma usar roupas de bonecas, inspiradas na cultura Kawaii. Essas roupas às vezes envolve nostalgia de outros tempos e períodos históricos (vitoriano ou rococó) ou simplesmente da própria infância.

Existem diversos tipos de estilos e sub-estilos de loli, dentre esses estilos temos: Sweet Lolita, Classical Lolita, Country Lolita, Hime Lolita, Shiro Lolita, Casual Lolita, Gothic Lolita, Kuro Lolita, Guro Lolita, Punk Lolita, Deco Lolita, Ero Lolita, Sailor LOlita e Qi Lolita.

Estilos Japoneses - Harajuku - Lolita - Visual Kei- Decora - Gyaru - Fairy Kei- Cult Party Kei- Seifuku Kei- Dolly Kei- Mori Girl- Otome Kei- Shironuri Fashion

Visual Kei – História e Curiosidades

Visual Kei ou Visual Rock é um movimento musical e visual que mistura vários estilos de rock com características Punk/Gótico híbrido que se popularizou no Japão em diversos grupos de J-Pop e J-Rock.

Esse estilo foi influenciado pelas bandas J-Rock como Devil Kitty e Mar Luna. Além do Rock, Metal e Punk as músicas do Visual Kei misturam instrumentos de música clássica como violinos, pianos e órgãos.

Em japonês bizuaaru kei [ビジュアル系] leva o ideograma [系] que significa estilo, sistema, grupo e linhagem, comumente usado como sufixo para referir-se a grupos e estilos de moda japonesa que circulam Tokyo.

Ou seja, é um movimento entre músicos japoneses que envolve trajes elaborados, cabelos coloridos, maquiagens marcantes, penteados incomuns, performances extravagantes e uma estética meio andrógina.

História do visual kei

O movimento visual kei surgiu nos meados da década de 60/70, mas teve seu auge com o surgimento de algumas bandas como Buck-Tick, Kamaitachi e Color na década de 80 e se estende hoje em dia no meio musical japonês.

Foi necessário dedicação e tempo para conquistar o público japonês, já que eles são bastante reservados em alguns aspectos, mas este objetivo foi alcançado e até hoje visual kei faz parte da cultura oriental.

Bandas famosas como MALICE MIZER, Moi dix Mois, Luna Sea e Versailles foram influenciadas pelo movimento Visual Kei. Até mesmo cantores Solos aderem ao estilo com cortes de cabelos e roupas chamativas.

Estilos Japoneses - Harajuku - Lolita - Visual Kei- Decora - Gyaru - Fairy Kei- Cult Party Kei- Seifuku Kei- Dolly Kei- Mori Girl- Otome Kei- Shironuri Fashion

O Visual Kei pode ser considerado uma cópia do estilo gótico/punk que existe no ocidente, mas com o tempo o estilo tomou forma e características diferentes, tornando-o algo único e modesto, não se baseando apenas no preto.

Visual Kei pode ser considerado uma moda, mas o termo é mais adequado ao estilo e as músicas em questão, que estão ligadas aos gêneros rock, punk, gótico, metal e heavy metal.

Visual kei no Ocidente

O visual kei e o J-pop são principalmente ouvidos por não asiáticos no ocidente, tendo maior popularidade entre 1990 e 2000, e que hoje em dia alcança inúmeros fãs, sendo divulgado pelos fãs na internet e em alguns casos, através de trilhas sonoras de animes.

O sucesso foi tremendo que algumas produtoras começaram a investir em shows e agências, tornando o estilo popular e atrativo a ponto de ser confundido como apenas J-Pop.

Estilos Japoneses - Harajuku - Lolita - Visual Kei- Decora - Gyaru - Fairy Kei- Cult Party Kei- Seifuku Kei- Dolly Kei- Mori Girl- Otome Kei- Shironuri Fashion

Visual Kei no Brasil

No Brasil, existem vários fãs de visual kei que, além do visual rock, se interessam também por outras formas de rock japonês. Em 2006, o evento J’s Fest II (Japan Song Fest II) atraiu 1.500 visitantes ao Circo Voador, no Rio de Janeiro, que prestigiaram, entre outras atrações, bandas nacionais inspiradas por artistas do visual kei e do j-rock. Diversos eventos de natureza semelhante ocorrem em diversas regiões do país frequentemente.

O visual kei ou o J-Pop se faz presente na vida de otakus, amantes da cultura japonesa ou apreciadores do estilo, não que isso seja uma regra ou um fato.

Moda Decora – Conhecendo o Estilo

O visual decora pode ser caracterizado pelo uso de peças e bolsas estampadas, presilhas no cabelo, pedrinhas na maquiagem, brinquedos pendurados no pescoço, incontáveis colares, pulseiras e muitas meias coloridas, sendo usadas ao mesmo tempo, dando total liberdade de escolhas e variedades para quem irá usar.

Onde surgiu moda Decora

A palavra Decora vem de “Decoration”, já que é esse o conceito do estilo, junto de muita autenticidade, criatividade e motivação. Também é conhecido como estilo FRUiTS, graças a revista de mesmo nome onde são publicadas muitas fotos dessas pessoas, que são únicas e que circulam por Harajuku.

É incerto o local de onde surgiu o estilo, mas eu (o autor), acredito que seja em Harajuku, por volta do ano 1990 e 1995, por ser um grande centro urbano e conhecido por conter diversas tribos.

Subdivisões do estilo decora

Child decora: são as que usam vestimentas, acessórios, entre outros, de animes e cultura otaku, deixando uma marca mais infantil.

Pink decora: Assim como o nome sugere, o que predomina é o rosa, podendo haver variações no tom de rosa e podendo ser aceitos o vermelho e o branco na vestimenta.

Colorful decora: Não existe restrições de cor nesta categoria, tendo cabelos coloridos e roupas extravagantes, o que importa é que não exite restrição.

Dark decora: O preto é a cor principal, tendo variações com o branco, podendo ser caracterizado como um estilo punk da moda decora.

Lolita decora ou Lolicora: é uma mistura de lolita com decora. As lolitas já são de natureza cheia de adereços assim como as decoras. Já as lolicoras são o triplo disso tudo.

Estilos Japoneses - Harajuku - Lolita - Visual Kei- Decora - Gyaru - Fairy Kei- Cult Party Kei- Seifuku Kei- Dolly Kei- Mori Girl- Otome Kei- Shironuri Fashion

Algumas características da Decora

  • Os adeptos a moda costumam andar em grupos de 2 à 3 pessoas, e normalmente combinando acessórios.
  • Também existem garotos adeptos.
  • As meninas possuem entre 13 e 17 anos.
  • O visual é feito para chamar atenção, algo que os próprios adeptos da moda desejam.
  • Algumas chegam a usar 3 meias ao mesmo tempo, todas coloridas e decoradas.
  • O aspecto Kawaii e infantil.
  • Os acessórios costumam ser de personagens de animes, tornando o estilo mais fofo.
  • A cor que prevalece é o rosa, nem sempre.
  • O estilo decora não segue nenhum padrão, então quanto mais abusar no visual melhor.
  • Pouca maquiagem.

Como decora é aceita na sociedade?

A moda Decora é bastante popular no Japão, mais precisamente nas ruas de Harajuku e locais de entretenimento otaku, normalmente tendo seu público alvo totalmente feminino, com exceções.

O Japão é um país bastante diversificado e liberal, então a Decora é só mais um estilo entre muitos outros, em Harajuku você irá encontrar pessoas nos estilos cosplay, Lolita, entre muitos outros, então não há porque ter preconceito por lá, claro que pode haver em grupos separados, mas fora isso, não há problemas.

A única coisa que não pode ser feita é a de usar este estilo para ir fazer compras, entrevistas de emprego, entre outros, o Japão é um país bem reservado quando se trata do dia-a-dia comum, então o que prevalece é o bom senso.

Gyaru – Estilo Independente

Gyaru [ギャル] é um estilo de moda japonês que se originou da marca de calças jeans chamada “Gurls“. Essa palavra teve origem do inglês “girl” e da gíria “gals” usada para se referir a garotas bonitas.

As garotas do estilo Gyaru, costumam misturar cores, estampas, brilhos e todo tipo de moda trazendo um estilo próprio e bem ousado para o padrão oriental. Elas costumam fazer bronzeamento artificial, muda totalmente o cabelo, e usa milhares de acessórios exóticos. 

Gyaru também costuma ter um cabelo muito branqueado ou tingido em tons de marrom escuro para loiro e unhas decoradas. A maquiagem consiste de delineador escuro e cílios postiços usados ​​com objetivo de fazer os olhos parecerem maiores.

As peças de roupas das gals diferem dependendo de qual estilo gyaru a garota escolhe. Elas enrolavam as saias para ficarem mais curtas, possuem suas próprias gírias e frequentavam locais específicos. Também fazem poses com as línguas ao tirarem fotos. 

Estilos Japoneses - Harajuku - Lolita - Visual Kei- Decora - Gyaru - Fairy Kei- Cult Party Kei- Seifuku Kei- Dolly Kei- Mori Girl- Otome Kei- Shironuri Fashion

Fairy Kei

O Fairy Kei é um estilo que irá satisfazer qualquer pessoa que ama coisas fofas, principalmente para aqueles que dizem, “Aaaaawn, que Kawaii…”, já que a moda é composta principalmente por coisas fofas, como cores tom de Pastel, rosa fluorescente, bolinhas “polka dots” e muita nostalgia, o Fairy Kei é um estilo inspirado nas gracinhas pop dos anos 80!

O site Style Arena diz que o inicio da moda se deu por volta de 2007, quando Sebastian Masudea fundador da loja “6% DOKI DOKI” decidiu e começou a produzir coleções baseadas em expressões como: “Sensational and lovely”, “not only cute but also happy” e“feeling of unreality”, Sensacional e amável, não só fofinho, mas alegre também, sentindo a não-realidade.

Outras lojas começaram a investir na moda, formando assim o Fairy Kei. Não se sabe ao certo a origem do nome, mas é explicito que o nome se deve pelo fato das roupas serem delicadas e lúcidas, afinal, Estilo Fada é um nome que se faz jus a moda.

Cult Party Kei

Algo que acontece frequentemente na moda japonesa, é de o nome da moda ter sido inspirado a partir de uma marca, como a moda Dolly Kei, por exemplo. Claro que com o tempo, a moda irá criar sua própria estética, tendo assim o seu reconhecimento.

No caso da Cult Party Kei, até mesmo o nome foi retirada da loja Virgin Mary, que antes se chamava Cult Party. O conceito e foco da marca é “Eternal Girl that creates the world”, “A eterna garota que cria seu mundo”.

O Cult Party Kei é um pouco mais recente do que outras modas, como Mori Girl e Dolly Kei, sendo às vezes confundido com estes estilos, mas uma das principais diferenças é que o Cult Party é mais voltado á cultura Pop, enquanto as outras são mais voltadas ao vintage.

As roupas costumam ter um aspecto mais leve e sintéticos, tendo um jeitinho meio brechó, sendo que a maioria das lojas que representa a moda possuem este formato.

Customizações nas peças para torná-las originais e únicas também são sempre bem-vindas. A mistura de acessórios Lolita, Fairy Kei, juntamente com acessórios pop variados enriquecem o estilo.

Estilos Japoneses - Harajuku - Lolita - Visual Kei- Decora - Gyaru - Fairy Kei- Cult Party Kei- Seifuku Kei- Dolly Kei- Mori Girl- Otome Kei- Shironuri Fashion

Seifuku Kei

O estilo da moda é justamente o foco nos uniformes escolares Japoneses, para nós brasileiros pode parecer bastante incomum esta admiração por uniformes escolares, isto porque não temos este costume por aqui.

O mais curioso é saber como que esta moda caiu no gosto de estudantes.

O uniforme das escolas japonesas é um dos símbolos do país e que é reconhecido em qualquer lugar do mundo. Porém, nem sempre é de gosto dos estudantes, para nós não é difícil entender o porquê, por isso muitos ficam com aquela vontade de dar um upgrade no próprio uniforme, ou sentem vontade de ter um bem mais bonito.

Além disso, com o tempo, algumas escolas estão tirando o conceito de que uniformes são de uso obrigatório, sendo assim, a moda tem uma influência daqueles que não precisam usá-lo, mas que querem experimentar e usar. Também vem daqueles ex-alunos que sentem saudades da época escolar.

Estilos Japoneses - Harajuku - Lolita - Visual Kei- Decora - Gyaru - Fairy Kei- Cult Party Kei- Seifuku Kei- Dolly Kei- Mori Girl- Otome Kei- Shironuri Fashion

Dolly Kei

O Dolly Kei surgiu em meados do ano de 2010. Assim como o estilo Lolita, o Dolly Kei possui uma pitada de modas brechós, tendo um pouco de foco em vintage e filmes de fantasia. Uma das lojas referência para a moda é a loja Grimoire, que foi criada por Naoaki Tobe e Hitomi Nomura.

Assim como em desenhos, referências são necessárias. As principais referências da moda é em filmes e livros, como Alice no País das Maravilhas, Harry Potter e Narnia. O foco também se faz em roupas típicas folk, cigana, com bastante bordados, peles, materiais pesados como couro e camurça. O importante é trazer uma típica lembrança de uma época mais medieval e rústica europeu.

E claro, a cultura japonesa consegue dar um toque único e atrativo para o estilo, mantendo certa harmônia. Diferente de algumas modas, o Dolly Kei traz certa lembrança à cultura Europeia Oriental. O Dolly Kei é um estilo que brinca com as diversas camadas e texturas disponíveis.

Guia de Estilos do Japão - Visual Kei, DEcora, Harajuku… - moda harajuku 1

Mori Girl

O estilo Mori Girl é recente, a moda foi feita para aqueles que pensavam como a criadora do Mori Girl, Choco. Choco espalhou seu pensamento através de uma comunidade que ela criou no Mixi (equivalente ao nosso Orkut, mas japonês). O pensamento de Choco era o de “uma garota saída da floresta”.

A moda traz um desejo por roupas confortáveis, que demonstrem romantismo e um estilo campestre. Talvez, para fugir um pouco da realidade da cidade grande.

Esta moda também é para aqueles que tem um estilo de vida mais solitário, que gostam de ler livros e que gostam de tomarem café e chá com bastante tranquilidade.

A moda fez a cabeça de muitas outras garotas, se espalhando pelas ruas de Tokyo. Como muitas outras modas, o Mori Girl não ficou para trás e teve sua popularidade ao nível de ter revistas próprias, marcas de roupas e eventos.

Com influências de algumas outras modas, o estilo Mori traz vestidos florais soltos. Outros acessórios, como camadas de casacos, coletes, cachecóis, chapéus de tricô e/ou pelúcia, meias e sapatos variados. As cores normalmente, são usadas em combinação com a natureza, para manter o foco mais atrativo. Os tecidos são melhores se forem feitos a mão, com texturas leves e delicadas.

Apesar de ter a palavra “Garota” no nome, garotos também se interessam pela moda. Como sempre, se ajeitando dentro do estilo, usando calças no estilo saruel, coletes, casacos, cachecóis, chapéus feitos a mão e dread nos cabelos. Lembre-se que não é necessário ser tão rígido na moda.

Em uma comunidade de Mori Girls, uma garota disse “Não é preciso ter tanto medo de errar”. Isto porque é uma moda natural, onde a natureza faz parte, sendo que o mais ideal é ter um estilo que não fuja ao extremo dos padrões.

Estilos Japoneses - Harajuku - Lolita - Visual Kei- Decora - Gyaru - Fairy Kei- Cult Party Kei- Seifuku Kei- Dolly Kei- Mori Girl- Otome Kei- Shironuri Fashion

Otome Kei

Otome Kei é um estilo mais casual e reservado, que faz alusão a vestidos dos anos 60. Otome Kei é um estilo casual extremamente feminino e delicado. Atualmente possuindo algumas marcas, como MILK, Axes Femme e Temple Cute.

A moda, no quesito de estilo, se assemelha a cultura kawaii japonesa, sendo parecida com o estilo Lolita, mas não confundam as duas, sendo que a otome kei possui cores alegres e coloridas, assim como o sub-gênero Sweet Lolita.

O formato não tem que ser necessariamente acentuado. Também tendo alguns vestidos que ficam por debaixo do busto, sendo os acessórios discretos, que combinem com a roupa que esteja usando. O cabelo também é essencial, assim como boinas, chapéus, tiaras, fitas… Lembre-se de manter a harmonia.

Alguns confundem a moda Otome Kei com o sub-estilo Casual Lolita, pois os dois possuem um visual semelhante em primeira vista. Otome Kei, portanto, é um estilo muito mais informal do que o Casual Lolita, apesar de bem coordenado.

A Casual Lolita é de fato mais formal, pois, exige peças feitas para a moda Lolita, de diversas combinações ou de formas mais exclusivas e únicas.

Estilos Japoneses - Harajuku - Lolita - Visual Kei- Decora - Gyaru - Fairy Kei- Cult Party Kei- Seifuku Kei- Dolly Kei- Mori Girl- Otome Kei- Shironuri Fashion

Metamorfose Alternativa – Shironuri Fashion

Trata-se de uma subcultura estética. Surgiu nas ruas de Harajuku, em 2012 se popularizou ganhando novas adeptas. Uma escultura viva, como uma tela em branco, as expressões faciais são ocultas completamente, podendo “redesenhá-las”.

Shironuri [白塗り] é um estilo Japonês de make-up style, com origens tradicionais nas maquiagens das artistas Maiko e Geisha e do teatro Kabuki. O próprio termo significa literalmente “Pintado de Branco”.

Sua principal característica são os cílios super longos, e o uso de Circle Lens que complementam a indumentária. Alguns cristais podem ser encontrados na altura das maçãs do rosto, bem sutil.

Desde a Era Meiji (1868-1912) as artes Japonesas têm sido influenciadas pelas Belas Artes oriundas do ocidente. Atualmente com a globalização e novas tecnologias, as artes nipônicas iniciaram uma nova transformação: Eles pegaram toda sua bagagem cultural e se reinventaram, se moldando pelas influências estrangeiras.

Estilos Japoneses - Harajuku - Lolita - Visual Kei- Decora - Gyaru - Fairy Kei- Cult Party Kei- Seifuku Kei- Dolly Kei- Mori Girl- Otome Kei- Shironuri Fashion

Suas influências de moda são: Vintage Fashion, Kawaii, Gothic, Horror, Nature, Anime, Decora, Masquerade, Rave Culture, Cyber e muitas outras fontes.

O estilo Shironuri tornou-se bastante democrático, não existe uma regra (exceto os rostos pintados de branco e suavemente adornados) e está sendo constantemente reinventado, a pintura remete à contextos artísticos diferentes: Você é o criador de sua arte.

O preto é a cor mais clássica nos cabelos das Shironuri, e é o tom natural da maioria da população japonesa, entretanto, tons coloridos e chamativos dando um alto contraste são bastante comuns. Normalmente usam perucas muito cheias, sendo lisas ou crespas. Normalmente são longas.

Minori

Compartilhe com seus Amigos!

1 comentário em “Guia de Estilos do Japão – Visual Kei, DEcora, Harajuku…”

Comentários do site