Kojin Jigyo – Negócio Individual no Japão

, ,
Post by //

Você sabia que no Japão você pode montar seu próprio negócio individual parecido com MEI do Brasil (Micro Empreendedor Individual)? Criar uma empresa individual no Japão é chamado de Kojin Jigyo (個人 事業) que significa literalmente (事業) projeto, empreendimento, negócio, indústria (個人) individual.

Assim como o MEI, o kojin jigyo não exige capital inicial, não possui cursos e impostos caros e nem burocracias. Profissionais que ganham muito dinheiro trabalhando como autônomo necessita ter esse registro. Não é necessário ter um ponto comercial e você pode ter seu pequeno negócio mesmo estando em outro emprego (olhar contrato).

Fotógrafos, designers, cabeleireiros, professores particulares, contadores, consultores e freelancers estrangeiros e japoneses costumam fazer uso do kojin jigyo. Antes de iniciar uma grande empresa, o negócio individual é a porta de entrada que oferece muitos benefícios para estrangeiros, descendentes e japoneses.

Kojin Jigyo - Negócio Individual no Japão

Benefícios e Requisitos do Kojin Jigyo

Ter um Negócio Individual no Japão possibilita alguns requisitos como:

  • Pode usar um nome comercial;
  • Você não vai gastar com contador (gastos ultrapassam 200.000 por ano);
  • Empréstimo Bancário com apenas 2% de juro ao ano;
  • Credibilidade profissional (para fechar grandes contratos);
  • Descontos nos impostos se ficar em dias com sua declaração;
  • Suporte e informações sobre empresas individuais;
  • Apesar de ser um negócio individual, você pode contratar empregados;

Kojin Jigyo - Negócio Individual no Japão

Alguns requisitos e informações que você precisa saber sobre montar sua microempresa no Japão:

  • Você precisa de algum visto de longa permanência ou que permita atividades remuneradas;
  • Alguns usam o Kojin Jigyo para obter o visto, isso é possivel quando se tem contratos ou parcerias com outras empresas;
  • Você precisa de uma autorização especifica em certos tipos de negócios;

Abrindo um Negócio Individual no Japão

Para se declarar como um kojin jigyo basta preencher um formulário e enviá-lo ao escritório fiscal mais próximo. Você deve escolher o formulário correto de sua província e seguir ao endereço indicado ou telefonar para tirar suas ultimas duvidas.  Lembrando que todo procedimento é feito em japonês.

Uma vez feito isso, apenas certifique-se de manter todos os seus pagamentos registrados, na folha azul (detalhada) ou branca. Declarar anualmente o imposto de renda como de costume. Felizmente uma das vantagens é que você pode subtrair os gastos com a empresa para pagar menos impostos como é no MEI.

Kojin Jigyo - Negócio Individual no Japão

Se você trabalha como fotografo, não vai precisar pagar imposto da câmera cara e outros equipamentos que comprar. Se você usa um computador ou até celular para trabalhar, compre para o trabalho e usufrua para diversão. Até mesmo alimentação e transporte pode ser incluídos nos gastos da sua empresa individual.

É claro que nem tudo são flores, recomendamos você ver todos os detalhes e não preencher nenhuma papelada sem estar ciente de se tornar um Kojin Jigyo. Infelizmente alguns acabam declarando falência por não saber administrar bem sua empresa individual, não queremos que isso aconteça com você!

Kojin Jigyo - Negócio Individual no Japão

Montar seu próprio negócio pode ser uma grande oportunidade de sair das fábricas e manter seu visto para morar no Japão. Você ainda pode manter seu emprego e criar seu negócio, mas lembre-se de conversar com patrão, imigração, prefeitura e todos os órgãos responsáveis para tirar suas duvidas.

Espero que tenha gostado do artigo! Compartilhe com aquele amigo que deseja mudar sua vida! Recomendamos ler também:

[Total: 2 Nota: 2]
Por Favor! Compartilhe Nosso artigo:


Comentários do site