fbpx

Dogeza – Pedindo Perdão da maneira Japonesa

, , ESCRITO POR

Você conhece a maneira tradicional e formal que os japoneses usam para pedir desculpas e perdão? Nesse artigo vamos falar da forma mais educada, humilde e formal de se desculpar em japonês, chamada de dogeza.

Dogeza [土下座] é um elemento da etiqueta tradicional japonesa que envolve ajoelhar-se diretamente no chão e se curvar para prostrar-se enquanto toca a cabeça no chão. A palavra significa literalmente sentar-se no chão.

O dogeza é usado para mostrar deferência a uma pessoa de status superior, como um pedido de desculpas profundo ou para expressar o desejo de favor da referida pessoa.

Dogeza - Pedindo Perdão da maneira Japonesa - dogeza 1 1

Quando os japoneses usam o Dogeza?

Na consciência social japonesa, o ato de sentar no chão e prostrar-se é uma deferência incomum usada apenas quando alguém se desvia bastante do comportamento diário. Normalmente se pede perdão apenas curvando-se.

O dogeza é usado em casos extremos, quando por exemplo, um político comete algum roubo e pede desculpas em público. É um arco completo, um curvar-se total tão tradicional que poucos usam hoje em dia.

Digamos, uma pessoa cometeu um crime e deseja buscar perdão. Realizar uma dogeza não significa simplesmente pedir perdão, é uma maneira de implorar por isso, se rebaixar, mostrar-se envergonhado totalmente. 

Dogeza - Pedindo Perdão da maneira Japonesa - dogeza 2

A história do Dogeza

Um dos primeiros registros de dogeza pode ser encontrado num famoso antigo registro chinês de encontro com os japoneses chamado de gishiwajinden [魏志倭人伝] acreditando-se ser um antigo costume japonês.

Foi mencionado que os plebeus do antigo Yamataikoku, ao encontrar nobres ao longo da estrada, caíam prostrados no local, batendo palmas como em oração. O haniwa do período Kofun também pode ser visto se prostrando em dogeza.

No início do período moderno, popularmente como a procissão do daimyō, acredita-se que era obrigatório para os plebeus presentes realizarem dogeza, mas isso está incorreto. Era normal que pessoas comuns realizassem dogeza nos tempos modernos ao serem entrevistadas por superiores.

Mesmo agora, como um método de autoproteção e pedido de desculpas em que os danos à imagem são negligenciados, sua idéia de sentir vergonha permanece firmemente enraizada.

Compartilhe Nosso artigo:

Comentários do site