Conheça o Kakute: O anel com veneno usados pelos ninjas

Aprenda Japonês com Animes, clique para saber mais!

Anúncio

O Kakute é, sem dúvidas, uma das armas ninjas mais diferentes de todos os tempos. Inclusive, muitas pessoas são simplesmente apaixonadas pela cultura japonesa, o que não é para menos, já que o Japão é um dos países de cultura mais forte e rica do mundo.

Dentre os personagens de sua história que mais chamam a atenção estão os ninjas. Eles também eram conhecidos como shinobi, um termo japonês que pode ser traduzido como “ladrão”.

Ou seja, eram cidadãos japoneses preparados desde criança para serem guerreiros espiões. Também eram mestres em camuflagem, artes marciais e sabotagem. Viviam em vilas nas montanhas, onde treinavam incansavelmente.

Anúncio

Essas pessoas eram contratadas por donos de grandes propriedades para espionar, entretanto, caso fosse necessário, poderiam eliminar os inimigos.

Na época em que existiram, haviam muitas guerras internas no Japão, que entraram em declínio entre os séculos 17 e 19, quando os ninjas desapareceram.

Entretanto, até hoje esses guerreiros atraem a atenção das pessoas que gostam da cultura japonesa, principalmente no que diz respeito às armas que utilizavam.

Pensando nisso, neste artigo, vamos falar um pouco sobre o kakute. Mostraremos a sua utilidade e de que forma ele era usado pelos ninjas nas batalhas. Você também vai conhecer suas características e os seus tipos.

Anúncio
Provérbios japoneses – lista de frases ninja – kotowaza
Provérbios Japoneses – Lista de frases Ninja – Kotowaza

O que era o kakute?

O Japão é um país curioso por natureza, pois tem uma das culturas mais interessantes e bonitas do mundo. Inclusive, é importante reforçar que uma das histórias que mais chamam atenção é a dos ninjas.

Ademais, esses guerreiros, além de famosos, utilizavam armas peculiares que despertavam o interesse de todos. Uma delas é conhecida como kakute, que apesar de parecer inofensiva, traz muitas desvantagens para o oponente.

Na época dos ninjas, apesar de os japoneses não contarem com tecnologias de ponta, como no caso de dutos de ventilação, esse povo sempre foi muito inteligente, sendo que incluíam sua sabedoria nas armas que usavam.

Anúncio

Assim como samurais, os ninjas tinham uma série de armas que iam além de espadas, pois a verdade é que eles andavam com um grande arsenal.

Pois bem, esse anel possui espinhos em um de seus lados, estes que eram usados do lado de dentro das mãos de seus portadores. Então, com essas garras escondidas, os guerreiros eram capazes de surpreender o oponente e enfraquecê-lo.

Ademais, o kakute costumava ser usado no dedo médio, e outro anel era colocado no polegar. O objetivo era ter controle total do adversário, cravando os dentes do anel em pontos que causavam mais dor.

Anúncio

Por ser uma arma de efeito surpresa, o oponente perdia totalmente sua concentração, tornando a batalha mais fácil para quem detinha o anel. Com isso, o guerreiro portador podia aplicar livremente outros golpes e técnicas, visto que seu adversário estava desconcentrado.

O kakute podia ser mergulhado em veneno para aumentar ainda mais a sua eficácia. Os ninjas ainda podiam utilizá-lo para escalar paredes, já que os ganchos do anel furavam até mesmo as construções, dando impulso para a escalada.

Tendo em vista a capacidade dos japoneses desde os tempos mais antigos, não é de se admirar que eles sejam capazes de inovar em tudo, como no caso de uma estação redutora de pressão.

Agora que você já sabe o que é o kakute, no próximo tópico, vamos mostrar um pouco mais sobre suas características. Continue a leitura.

Ninja – mitos sobre os shinobi do japão feudal

Quais eram as características do kakute?

Normalmente, o anel era feito de ferro e possuía de uma a três pontas. Então, quanto mais eficácia um Ninja queria ter, mais anéis ele usava. Era possível usar os anéis nos dedos médio ou indicador, e mais um no polegar. Geralmente, eles eram preferidos pelas mulheres ninjas, conhecidas como kunoichi.

Isso acontecia porque eram elas que costumavam usar anéis nessa época do Japão, portanto se estivessem usando esse adorno, dificilmente o oponente saberia se tratar de um kakute.

Como falamos, o artefato era utilizado com a ponta virada para dentro da palma da mão. Para que o anel se tornasse ainda mais mortal, essas pontas podiam conter veneno, que potencializava ataques.

É importante lembrar que se hoje nós podemos contar com recursos, como instalação de alarme, naquela época, os donos de propriedades não tinham outras formas de se proteger, a não ser contar com a ajuda de guerreiros.

Anúncio

Essas pessoas eram treinadas em escolas ninjas e elas incentivavam o uso do anel com uma arma. Dentre as principais escolas que usavam estavam:

  • Seigo Ryum;
  • Nanban Ippon Ryu;
  • Saihoin;
  • Entre outras.

Inclusive, muitas delas ensinavam a capturar guerreiros usando apenas o anel. Imagine a sensação dos oponentes ao sentir uma picada que, apesar de causar pouca dor, era extremamente mortal.

Pois é, isso se dava por conta do veneno nas pontas do kakute. Assim sendo, era uma ação aparentemente inocente, mas que ajudava a derrotar muitos inimigos.

Sem falar que a morte dos adversários era tão silenciosa e breve que não era ouvida ou percebida pelos outros que estavam por perto. O anel provocava uma morte silenciosa, como se a vítima estivesse em um local com barreira acústica.

Agora que você já sabe quais eram as principais características do kakute, no próximo tópico vamos mostrar os tipos mais conhecidos dessa arma. Continue a leitura para saber mais.

Anúncio
Ninja – mitos sobre os shinobi do japão feudal

Conheça os principais tipos do kakute

O kakute também era conhecido como dedo chifrudo, porque consistia em um anel pequeno que envolvia o dedo e possuía pontas soldadas. Pois bem, o fato é que esse anel podia causar ferimentos profundos e muito perigosos em algumas regiões do corpo, como pulsos e pescoço.

Inclusive, se você procurar mais informações a respeito, descobrirá que esta arma também ficou conhecida como “mão escondida”.

Ademais, a população japonesa que utilizava essa arma não era civilizada com a população atual, que utiliza cancela manual e outros recursos contemporâneos.

Mesmo assim, eram pessoas que possuíam uma habilidade admirável, tendo em vista que uma mesma arma, constituída apenas de um anel com pontas, possuía vários tipos diferentes, dentre eles o Senriki – anel dentado.

Também havia outro Senninriki, um anel que possuía 2 dentes, e o Temanriki, um anel que poderia ser usado por pessoas que tinham as mãos maiores. Entretanto, aqueles que tinham dedos mais finos, tinham mais dificuldades para utilizar a arma.

Anúncio

Mas depois do Temanriki, mais pessoas puderam usar a arma durante as batalhas japonesas para proteção de territórios. Agora que você já conhece tudo sobre esse anel, no próximo tópico vamos contar brevemente a história dos ninjas. 

Viagem ao passado – edo wonderland

Qual é a origem dos ninjas?

É difícil determinar a origem desses guerreiros. Enquanto podemos conhecer amplamente a história de outras pessoas, como o criador do dissipador de calor, no que diz respeito aos ninjas, o que se sabe é que surgiram por volta do século 14.

Também se sabe que os antecedentes dos ninjas podem ter surgido ainda antes do século 14. Essa incerteza se dá pelo fato de que existem poucos registros que detalham as atividades desses povos.

De qualquer forma, a natureza misteriosa desses guerreiros ainda é muito cultuada na imaginação popular do Japão. Mas não é apenas o país de origem dos ninjas que tem essa curiosidade.

Ao redor do mundo muitos outros povos se interessam pela história dessas pessoas. Isso acabou levando a criação de lendas e mitos sobre os ninjas. Um exemplo disso são as lendas que dizem que eles tinham o poder da invisibilidade, de andar sobre a água e de controlar os elementos naturais.

Anúncio

Hoje em dia, como se sabe, os japoneses estão mais preocupados em desenvolver tecnologias para as mais diversas finalidades, como na criação de sensor indutivo.

Mas apesar de toda essa evolução, a cultura Ninja ainda prevalece no imaginário popular dos japoneses.

Quanto à realidade desses guerreiros, algumas de suas técnicas foram ensinadas aos espiões em um centro de treinamento secreto do Japão, durante a Segunda Guerra Mundial.

Ou seja, mesmo que o Japão tenha a incrível capacidade de inovar em sua tecnologia, muitas coisas que foram criadas em um passado longínquo ainda continuam sendo consideradas.

Conclusão

Os japoneses são um povo inteligente e evoluído, capaz de inovar em muitos aspectos, até mesmo na hora de fabricar uma válvula de pressão.

Além disso, o Japão é um país com uma cultura que desperta curiosidade das pessoas em muitos de seus aspectos. Os ninjas são, sem dúvidas, personagens que dominam o imaginário popular em muitas partes do planeta.

Uma das razões para isso são as armas usadas por ninjas e samurais em outros séculos. Neste artigo, você conheceu um pouco mais sobre o Kakute e o potencial dessa arma mortal criada pelos japoneses há muitos séculos.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.