Cultura / Explorando Locais / Japão

Como são os hospitais no Japão?

hospitais no Japão
Compartilhe nas redes sociais:

Neste artigo vamos falar brevemente sobre os hospitais no Japão. Diferente do Brasil, os hospitais públicos do Japão não são gratuitos, e são mais difíceis de se encontrar do que clinicas e hospitais particulares. Mesmo que o sistema de saúde do Japão não seja gratuito,  ele leva grande vantagem por ser eficiente e rápido.

Na realidade o sistema de saúde do Japão é muito caro, mas as prefeituras oferecem um seguro de saúde (pago) que se chama kokumin kenkou hoken (国民健康保険), este seguro cobre ate 70% das despesas de qualquer tratamento medico e de qualquer valor e você ainda tem a vantagem de ser reembolsado de despesas elevadas de um hospital. Além disso, caso você fique impossibilitado de trabalhar, você recebe um valor equivalente a 60% do salário (shakai hoken).

Um outro pequeno problema que acontece no sistema de saúde do Japão são os erros médicos. Para tentar sanar a situação, estuda-se até uma maneira de alterar o sistema de formação de médicos no Japão, principalmente a ausência de aulas práticas nos cursos. Caso esteja realizando uma consulta e não gostou do diagnóstico do medico, você pode procurar a opinião de outros médicos.

É altamente recomendável, andar sempre com sua carteirinha, dinheiro sobrando e o telefone de um interprete caso precise. Alguns hospitais exigem reservas, outros fazem uma reserva na hora que chegar no local.

Os hospitais no Japão

Os hospitais do Japão costumam ter as melhores instalações e equipamento, e você é rapidamente bem atendido, até mesmo hospitais grandes e cheios você tem a opção de reservar seu horário que é pontual. Alguns oferecem lojas, bancas de revistas, kobini, maquinas de vendas, correios e muitas outras utilidades. Um Hospital do Japão é como um Shopping avançado. O vídeo abaixo vai dar uma visão de como é um hospital publico do Japão.



Compartilhe nas redes sociais:
  • エンリケマリシアノダシルヴァ

    Muito bom como sempre ^^

  • kevin

    ありがとう

  • エンリケマリシアノダシルヴァ

    どういたしまして、あなたのしごとはとてもいいなしごとです。ほんとうにありがとう。すみません、私はまだかんじつかわないの。そしてこのメッセージにはたくさんエラーがあります。

  • kevin

    大丈夫(だいじょうぶ)わかたよ!あなたの日本語がいいんだよ。
    本当にありがとうございます。

  • ” as prefeituras oferecem um seguro de saúde que se chama kokumin kenkou hoken (国民健康保険)” Quem não conhece até vai acreditar que seja algo oferecido gratuitamente, sqñ; É um “convênio saúde” caro e cobre parcialmente 70% de despesas médicas, e sobre “caso você fique impossibilitado de trabalhar, você recebe um valor equivalente a 60% do salário.”, desculpe, mas nunca soube disso e nem conheço alguém que ja o tenha recebido….Que eu saiba este recurso de seguro é p/ quem paga o Shakai Hokken e não Kokumin Kenkõ Hoken….Posso estar desinformada, mas por experiência própria lhe digo, pois, meu pai ficou 3 meses impossibilitado de trabalhar e não recebeu um tostão de ninguém….As coisas não são tão mil maravilhas como tentam mostrar sobre o sistema por aqui!

  • Kiminha

    Quem tem shakai hoken, recebe 60% do dia de salário à partir do quarto dia de impossibilidade de trabalhar. O bom é que quem tem kokumin ou shakai recebe uma ajuda no parto de 420 mil yen pq pre natal e parto não é coberto nem pelo kokumin e nem pelo shakai.

  • Kaneki. GoD.

    fiquei com uma pulga atrás da orelha, alguém poderia me ajudar ???
    Vi que quando uma pessoa está impossibilitada de trabalhar recebe até 60% de seu salário, porém, quem paga esses 60%? a prefeitura? a empresa ao qual trabalha? algum órgão público ? por quê, se o hospital lá é pago, onde entra as leis trabalhistas nesse meio ? por favor esclareçam minhas dúvidas se possível. Abraços!!!

  • Kaneki. GoD.

    matéria muito boa, obrigado, desculpa pela pergunta é que quanto mais eu souber e entender melhor 🙂

  • kevin

    É como a previdência do Brasil… Acho que quem paga é o governo.

  • Kaneki. GoD.

    Entendi. valeu kra 🙂