Dicas / Outros

Erros que muitos cometem ao tentar uma vida no Japão

escravizados
Compartilhe nas redes sociais:


A ideia de largar tudo e tentar uma vida nova no Japão passa pela mente de muitos brasileiros, principalmente decendentes. Mas antes de fazer isso as pessoas precisam analisar com calma esse grande passo que vai mudar sua vida. Pergunte-se: Será que vou trabalhar demais? Será que vou conseguir dinheiro suficiente? Será que vou conseguir me acostumar com a cultura? Neste artigo vamos examinar alguns erros que as pessoas cometem ao tentar a vida no Japão.

Achar que a vida no Japão vai ser linda e maravilhosa

Morar no Japão é bom e tem suas vantagens. Mas as pessoas esquecem que todos os países possuem seus problemas e defeitos. Alguns são melhores, outros são piores. Algumas pessoas passam por problemas outras não.

Não ache que ao chegar lá tudo vai ser perfeito! Nossa mente tem mania de criar ilusões e desejos, achar que a grama do vizinho é sempre mais verde. O que devemos fazer é analisar se vamos estar preparados para suportar os problemas de levar uma vida no exterior como:

  • Ficar longe da família;
  • Trabalhar pesado e repetitivo;
  • Cultura diferente;
  • Suportar pressões sociais e preconceito;
  • A barreira de aprender um novo idioma;

Erros que muitos cometem ao tentar uma vida no Japão

Claro que apesar dos problemas, devemos pensar em quais os benefícios de morar no Japão, como: Segurança, honestidade, hospitalidade, poder de consumo e outros. Eu pessoalmente só pela segurança e cultura sou capaz de enfrentar todos os problemas, e você?

Achar que vai ficar rico no Japão e voltar pro Brasil

Muitos vão pro Japão com a ideia de ficar rico, juntar dinheiro e voltar pro Brasil. Antigamente isso era possível, mas atualmente não é tão fácil. Isso porque tanto o custo de vida no Japão como no Brasil estão mais caros que antigamente, mesmo que o salário japonês ultrapasse os 5.000 reais, esse dinheiro vai ser totalmente gasto em sua vida no Japão.

A pessoa deve mudar para o Japão pensando em ter uma vida boa lá! Só que infelizmente a maioria vai com intenções de ganhar dinheiro, acabam trabalhando demais, não aproveitando ou se divertindo e depois começa a reclamar e culpar o Japão. Não tente trabalhar demais ou economizar feito um maluco, também não gaste toda sua renda com coisas fúteis que te atrapalham a ter uma vida social.

Erros que muitos cometem ao tentar uma vida no Japão

Não sair da zona de conforto

Muitos levam a mesma rotina, tornando-se cada vez mais infelizes. A pessoa deve sempre procurar caminhos diferentes, fazer coisas diferentes, procurar fontes de rendas diferentes. Alguns querem simplesmente chegar no Japão, trabalhar, dormir e gastar. Essas pessoas acabam não aprendendo o idioma, não procuram alternativas de trabalho, fontes de renda extra e acabam na mesma rotina de sempre.

Pense como sua vida poderia ser melhor se você tenta-se coisas diferentes e que você goste! Muitos brasileiros tentaram seus próprios negócios no Japão e tiveram sucesso, porque correram atrás e saíram da zona de conforto. Você não deve depender 100% de outros, de empreiteira ou de empregos! Você deve estar preparado pra qualquer situação. A falta de preparo pode acabar fazendo você sair da zona de conforto a força.

Erros que muitos cometem ao tentar uma vida no Japão

Não controlar o medo das coisas

Muitos antes de mudar para o Japão já ficam com medos na cabeça. Porém esses medos estão apenas na cabeça, alguns costumam a ficar com medo de coisas como: trabalhar 12 horas por dia, sofrer preconceito em fabricas ou escolas, ter medo de se locomover, passar fome, se comunicar e assim por diante.

A pessoa precisa entender que medo é algo normal e que acaba nos protegendo. Eu mesmo tenho medo de muitas coisas, mas nem por isso deixo de faze-las. O medo acaba deixando a gente mais alerta e ajuda na hora de tomar decisões. O medo está ligado com pensamentos negativos, e ter esses tipos de pensamento podem trazer infelicidade e transformar a gente em pessoas que reclamam de tudo.

Já escrevemos um artigo falando sobre pensamentos e atitudes que podem dificultar nossa vida no Japão, recomendamos ler esse artigo clicando aqui.



Compartilhe nas redes sociais: