Tudo sobre Morte de Shinzo Abe Ex-Primeiro-ministro do Japão

O ex-primeiro-ministro japonês Shinzo Abe morreu aos 67 anos após um tiroteio na cidade japonesa de Nara na sexta-feira, 8 de julho de 2022. Neste artigo vamos analisar com detalhe o caso.

Shinzo Abe foi baleado duas vezes durante um discurso na manhã de sexta-feira em Nara. O atirador Tetsuya Yamagami de 41 anos foi preso usando uma arma artesanal.

O Corpo de Bombeiros do Japão confirmou que Abe tinha um ferimento de bala no lado direito do pescoço e sangramento subcutâneo no lado esquerdo do peito.

Segundo as forças de emergência, o ex-governante estava em paragem cardiorrespiratória quando foi transportado para o hospital.

Como se trata de uma notícia recente, qualquer atualização será feita dentro deste artigo. Não gostamos de criar múltiplas notícias cheias de repetição e ladainha como fazem os canais de mídia.

Quem foi Shinzo Abe?

Shinzo Abe foi primeiro-ministro do Japão em 2006 durante um ano e novamente de 2012 a 2020. Em 28 de agosto de 2020, Abe anunciou sua renúncia como primeiro-ministro, citando um ressurgimento de sua colite ulcerosa.

Shinzou Abe [安倍 晋三] nasceu em Tokyo no dia 21 de setembro de 1954 e serviu quatro mandatos como primeiro-ministro do país. Era um político conservador, populista e nacionalista da Nippon Kaigi.

As políticas de abe eram chamadas “abenomikusu”, ele apostou no livre mercado, flexibilização quantitativa, estímulo de produção e equilíbrio fiscal, também foi responsável por um ajuste estrutural enquanto expandia o bem-estar social japonês.

Nas últimas décadas o Japão conseguiu diminuir o alto número de suicídio pela metade. A carga de horário dos japoneses também diminuiu bastante comparado as últimas décadas, ficando até mesmo menor que a do Brasil. As políticas de Shinzo Abe podem ter colaborado com esses resultados.

Política do japão – como funciona o governo?

Sobre o Suspeito Tetsuya Yamagami

Tetsuya Yamagami era um ex-membro da Força de Autodefesa Marítima do Japão, o equivalente japonês da marinha. Segundo fontes do Ministério da Defesa japonês, ele trabalhou no ramo naval das Forças de Auto-defesa por três anos, até 2005.

A arma do crime é uma arma caseira, já que o país tem leis rigorosas com relação a armas de fogo, onde mortes com armas de fogo são casos raros.

Tudo sobre morte de shinzo abe ex-primeiro-ministro do japão - tetsuya

O que o mundo falou sobre a Morte de Shinzo Abe?

O ex-primeiro-ministro australiano Kevin Rudd classificou o ato de um “ataque aos defensores da democracia”.

O embaixador dos EUA no Japão, Rahm Emanuel, disse que Abe foi um “excelente líder do Japão e um aliado inabalável dos EUA”, acrescentando que os EUA estavam “rezando” por seu bem-estar.

Presidente brasileiro afirmou ter recebido a notícia do assassinato do ex-primeiro-ministro japonês “com extrema indignação e pesar”. Bolsonaro declarou luto de três dias pela morte de Shinzo Abe.

Arma de Fogo no Japão

Armas de Fogo são raras no Japão, o número de mortes por não costumam ultrapassar nem mesmo 10 pessoas.

No Brasil mortes por armas de fogo quase ultrapassa os 50.000 por ano, nos Estados Unidos o número fica na faixa de 30.000.

A maioria dos japoneses nunca viu uma arma na vida, nem mesmo todos os policiais podem possuir uma arma.

Compartilhe Este Artigo: