Ougi, sensu e Uchiwa – Os Leques Japoneses

,
Post by //

É fato que o Japão é um país cheio de história, inovações científicas e tecnológicas, culinária única e paisagens diversas. Algo que também chama muito a atenção nesse país são os muitos símbolos e ícones culturais que surgem com o tempo. Esses símbolos representam o Japão de diversas formas no mundo todo. É um desses símbolos marcantes são os leques japoneses. Esses leques são muito utilizados na cultura e na sociedade japonesa.

Além de proporcionar uma brisa fresca em tempos quentes, esses também são associados a danças tradicionais e aspectos culturais do Japão. São um dos produtos mais vendidos e levados como lembranças pois são bonitos, funcionais e práticos.Vamos ver agora algumas informações tanto sobre o simbolismo, a história, significado e alguns fatos interessantes sobre os leques japoneses.

Ougi, sensu e Uchiwa - Os Leques Japoneses

Um pouco de historia e curiosidades do fuan

Os leques dobráveis foram inventados no Japão entre os séculos 6 e 9. Mas, as primeiras referências literárias do leque tanto do Japão quanto na China datam do século 5. Até mesmo um dicionário escrito por volta do ano 935 lista dois tipos de leques, o Uchiwa e o Ougi.

Os leques só ganharam popularidade e comércio no Japão a partir do século 12. Esses eram usados para propósitos cerimoniais e permaneceu até o século 19 como um item da corte japonesa. No começo somente o imperador tinha permissão de usar o leque chamado Hiogi. Embora, com passar do tempo, foi permitido o uso para todos os níveis sociais.

Com o tempo foram surgindo diversas variações desse item. O leque chamado Gunsen era usado por Generais, Samurais e oficiais da corte como meio de sinalização durante as batalhas. Havia Também os usados em peças teatrais e espetáculos de dança chamado Chukei ou Noh.

Ougi, sensu e Uchiwa - Os Leques Japoneses

A fama dos leques no Japão continuava, mas foi no período Edo (1690-1868) que ocorreu a popularização e mudanças mais significativas. Aumentou em muito a produção artesanal, comparado aos períodos anteriores. O uso e a comercialização dos leques no Japão superaram os da China pois esses acabaram se tornando um símbolo da vida japonesa.

As principais variações dos leques japoneses

Esses leque são feitos tradicionalmente de tiras de madeira e papel washi ou seda. Os feitos em seda são considerados mais valiosos e especiais. As hastes de madeira simbolizavam os Raios do Sol iluminando, que sustenta a vida, representada pelos desenhos. Como dito há muitas variações desse mesmo item. Mas os principais estilos são os já citados, os Uchiwa e os Ougi.

Os Ougi (扇) são feitos com madeira e seda e esses são considerados o símbolo de um alto status social. Outro nome alternativo é o sensu (扇子) que é praticamente a mesma coisa só que menor. A maioria desses leques tem padrões e imagens bonitas. O desenho mais popular talvez seja as flores de cerejeira. A principal vantagem desse tipo de leque é o seu fácil transporte e manuseio.

Ougi, sensu e Uchiwa - Os Leques Japoneses

Por ser dobrável, ele consome um pequeno espaço dentro de bolsas. Portanto pode ser usado em qualquer lugar durante um passeio ou uma viagem. Esses podem ser de diversos tamanhos. Mas, geralmente os com cerca de 20 cm são destinados a mulheres e os de 23 cm ou mais são destinados a homens.

Os Uchiwa (団扇), diferente do estilo Ougi, não são dobráveis. Por isso não são tão comuns, pois, não são práticos nem portáteis. São geralmente feitos com peças estreitas de bambu, revestidos de papel ou seda, cobrindo toda a parte da madeira. Esses são mais usados por lojas, empresas, entre outros, como meio de publicidade, durante principalmente a estação do verão.

Então, geralmente são distribuídos de forma gratuita em campanhas publicitárias ou em eventos variados. Os Uchiwas são os mais associados aos costumes, cultura e história do Japão. Sua aparência é similar a uma raquete de tênis.

Ougi, sensu e Uchiwa - Os Leques Japoneses

Simbolismo associados aos leques japoneses

Há muitos simbolismos em cima dos leques no Japão. Ele por si só já são símbolo de prosperidade e ao abrir pode ser associado a ampliação da riqueza. Como as hastes de madeira saem de um único lugar para várias direções, pode ser considerada como os vários caminhos que enfrentamos pela vida. Geralmente os leques padrões tem o número ímpar de imagens impressas neles. Isto é considerado como um símbolo de felicidade e prosperidade.

As cores também Podem trazer alguns significados. Os vermelhos e brancos são considerados de sorte e os dourados atraem riquezas. Leques que são dados como presente representam o desejo de uma vida longa e sortuda para a pessoa. Os desenhos também trazem muito significados. Por exemplo, casais de pássaros são símbolo de um casal amoroso. Flores de ameixa representam um novo começo e as de cerejeira representam o amor pelo país. As de cerejeira também podem representar riqueza e boa sorte. Um cavalo representa misericórdia a carpa representa sorte e vida longa e o leão simboliza força.

Então, o significado varia muito, desde a cor ao desenho representado nele. Os leques japoneses são uma boa opção de compra como lembrança ou para uso próprio. Você pode encontrá-los facilmente em diversas lojas, tanto no Japão como em outras partes do mundo.

[Total: 1 Nota: 3]
Por Favor! Compartilhe Nosso artigo:


2 comentários sobre “Ougi, sensu e Uchiwa – Os Leques Japoneses

  1. TODOS OS ASSUNTOS SOBRE O JAPÃO NESTE SITE SÃO MUITO INTERESSANTE. EU TENHO MUITA SAUDADE DO JAPÃO. A MELHOR COISA QUE ME ACONTECEU FOI PODER MORAR NO JAPÃO POR 5 ANOS. NO JAPÃO NÃO SE FAZ NADA PRA TOMAR O DINHEIRO DO POVO MUITO DIFERENTE DO BRASIL. O QUE ME IMPRESSIONOU MUITO NO PÃO FOI O RESPEITO HUMANO. SAUDADE! SAUDADE!
    OBRIGADO PELOS ASSUNTOS ABORDADOS NESTE SITE. OSVALDO.

Comentários do site