Os 5 Lugares mais perigosos do Japão

, , , ESCRITO POR

O Japão é conhecido por sua estabilidade e segurança. Tokyo, sua capital, foi escolhida no ranking como a cidade mais segura do mundo, de acordo com os critérios do jornal “The Economist“. Mas todo país tem seus lugares perigosos.

Devido a sua geografia, uma ilha vulcânica localizada sobre o Anel de Fogo do Pacífico, área com elevada instabilidade geológica, e também por sua cultura inovadora e tradicional ao mesmo tempo, o Japão tem seus perigos, naturais e produzidos pelos homens também.

Logo, é fácil acharmos alguns lugares perigosos no país. Sendo que alguns deles são muito famosos mundo afora. E é exatamente sobre eles que queremos falar. Para isso fizemos esta lista com alguns lugares perigosos do Japão.

Sumário do Artigo
- Ponto Eshima Ohashi 
- Monte Miyake-Jima
- Tokyo
- Kabukicho
- Aokigahara 
- Outros lugares

Ponte Eshima Ohashi

Começando pela Ponte Eshima Ohashi, uma ponte de 44 metros de altura com um inclinação de 3,5º. Quem olha a ponte fica assustado, e quem dirige por ela mais ainda. Com uma sensação de montanha russa, a inclinação da ponte desafia os motoristas mais experientes.

A altura da ponte é para que navios possam passar por baixo dela. Ohashi [大橋] significa ponte grande, e deve ser evitada por aqueles que tem vertigem. A ponte é tão excêntrica que virou ponto turístico, mas muitos sobem a pé, para apreciar a vista, e também para evitar o risco que é dirigir nesta imensa inclinação.

Os 5 Lugares mais perigosos do Japão - eshima ohashi bridge03 1

A ponte Eshima Ohashi é uma construção humana, um marco da arquitetura. Mas o Japão é famoso por seus perigos naturais. Um deles são os vulcões, o Japão tem muitos, alguns deles ainda em atividade. Sendo que é sobre um desses que iremos falar a seguir.



Monte Miyake-jima

As ilhas de Izu, parte de um parque nacional do país, é um exemplo de um lugar perigoso, que você deve visitar com cautela. Formada por mais de 20 ilhas, este arquipélago abriga o monte Miyake-Jima, um vulcão em atividade, que a qualquer momento pode expelir gases tóxicos.

Em 1953, o monte Miyake-Jima entrou em atividade e matou 31 pessoas que estavam em uma embarcação de pesquisa em sua costa. Os moradores das ilhas próximas tiveram que abandonar suas casas, por conta da atmosfera de gases do vulcão.

Os 5 Lugares mais perigosos do Japão - sakurajima vulcao 2

Nos anos 2000 novamente o vulcão voltou a liberar gases nocivos, forçando os moradores a abandonar suas casas mais uma vez. Em 2005, o governo permitiu que a população voltasse a ilha, desde que cada pessoa carregasse consigo uma máscara de gases, 24 horas por dia.

Muitos turistas são atraídos pela beleza natural das ilhas e também pela curiosidade de chegar próximo ao vulcão, que pode liberar gases a qualquer momento. É um perigo constante.

Tóquio – A cidade mais segura ou mais perigosa?

Apesar da pesquisa do “The Economist” ter escolhido Tóquio como a cidade mais segura, acredite se quiser, ela é também a cidade mais perigosa do mundo. Isso porque uma seguradora suíça avaliou mais de 600 cidades do mundo para analisar quais tinham maior risco de catástrofes naturais, tais como terremotos, furacões, ciclones, ressacas, inundações fluviais e tsunami e Tóquio ficou em primeiro lugar.

Apesar das cidades japonesas serem preparadas para receber estes desastres, apostando na tecnologia para prever e mitigar os riscos e consequências deles, dependendo da magnitude do evento, não é o suficiente para se proteger.

Os 5 Lugares mais perigosos do Japão - tokyo bairro noite 3

O terremoto de 2011 que devastou o nordeste japonês mostra como a resistência e recuperação de eventos muito fortes não é tão eficaz ou rápida. O Japão, pela sua localização, está exposto a esses tipos de evento o tempo todo, sendo a localização de Tóquio uma das mais suscetíveis a ser vítima de uma catástrofe.

Isso sem mencionar que Tokyo recebe uma gigantesca quantidade de estrangeiros do mundo inteiro. Lá você também pode acabar se deparando com japoneses pilantras ou estrangeiros com más intenções.



Kabukicho – Tóquio

Mas Tóquio possui ainda outros perigos, como o perigo inerente às grandes cidades e suas desigualdades: a violência urbana. A região conhecida como Kabukicho é o lugar mais perigoso de Tóquio e também do Japão.

Kabukicho é um distrito da luz vermelha, próximo a maior e mais movimentada estação de metrô japonesa, possui uma vida noturna intensa, com muitos bares, motéis, boates e clubes que realizam serviços de acompanhantes.

Os 5 Lugares mais perigosos do Japão - kabukicho 4

A área, há 100 anos, era uma escola só para meninas, que foi destruída durante a Segunda Guerra. O seu projeto de reestabelecimento nunca saiu do papel, e nas décadas seguintes acabou sendo ocupada pelo entretenimento noturno.

A vida noturna e um pouco à margem da organização japonesa faz com que a região atraia a prática de prostituição, que é proibida no Japão, e membros da yakuza, famosa máfia japonesa, que administra negócios em Kabukicho.

Por isso o local ficou famoso pelos perigos, alguns estabelecimentos aparentemente aplicavam golpes aos clientes, cobrando preços diferentes do informado quando se entra, e até mesmo colocando substâncias nas bebidas, para que a pessoa ficasse bêbada mais rápido, gastando mais dinheiro.

Floresta Aokigahara

Mas não podemos falar em perigos do Japão, sem falar da Floresta Aokigahara, conhecida como a floresta do suicídio.

Localizada próxima do Monte Fuji, este é o lugar mais bizarro e assustador de todo o Japão. A floresta ganhou a fama de que pessoas entram nela para se matarem, já que é uma floresta densa, onde é difícil procurar alguém, levando muito tempo para localizar, muitas vezes sem sucesso.

Os 5 Lugares mais perigosos do Japão - aokigahara floresta japao 5

Sem ter um número oficial de mortes na floresta, especula-se que passe de mil. O número é de fato tão relevante, que as autoridades japonesas colocaram placas com mensagens de incentivo e anti-suícidio pela floresta e ela já foi cenário para vários filmes de terror, entre eles o mais recente, de 2018, chamado Floresta Maldita.

A energia que envolve a floresta é tão grande, que os moradores locais não deixam as crianças chegarem perto dela, até porque, além dos suicidas, muitas pessoas já se perderam pela região, e as lendas e histórias que assustam fazem os regastes ficarem ainda mais penosos e difíceis.

A floresta é um passeio sinistro, que envolve perigo e um clima de terror, que só o Japão pode oferecer, mas para desavisados ou pessoas mais inclinadas a temer eventos espirituais, é melhor evitar.



Lugares perigosos DO JApÃO

Apesar desses lugares perigosos, serem perigosos, ainda conseguem atrair muitos curiosos para os conhecerem. Claro, Tóquio em si não está incluso nisto. Os que eu quero dizer é esses que são conhecidos exclusivamente por sua periculosidade.

Mas enfim, não podemos fazer muita coisa. Pior é aquelas pessoas que praticam esportes radicais mesmo sabendo que a vida está por um fio. Então, visitar lugares perigosos que nem esses na lista, não parece lá grande coisa.

Mas assim mesmo eu não gostaria de gastar meu tempo passeando pela Floresta Aokigahara. E você? Recomendamos ler também nosso outro artigo que fala dos bairros mais perigosos do Japão.

Compartilhe Nosso artigo:

Comentários do site