Outros

O custo de vida no Japão é caro? Devo reclamar e comparar?

moeda
Compartilhe nas redes sociais:


As pessoas têm uma mania terrível de fazer comparações e criticar o custo de vida no Japão. Costumam falar dos impostos, alto preço dos produtos naturais, e diversos outros gastos que só existe no Japão. Neste artigo vou tentar raciocinar porque você não deve ficar reclamando e fazendo comparações da economia do Japão ou qualquer outro país.

Custo de vida no Japão vs Brasil

Produtos Naturais

Um dos principais motivos de comparações de preços entre o Brasil e o Japão são as frutas, verduras e produtos naturais. Realmente uma fruta que no Brasil custaria R$ 1 no Japão custa R$ 10 ou mais. Quando um brasileiro acaba vendo isso, fica imaginando que no Japão não se come frutas e verduras, e que o custo de vida é um absurdo. As pessoas esquecem que a moeda do Japão é o IENE e não o REAL. O salário mínimo japonês varia de 4.000 a 10.000 Reais. Então me diz o que é melhor? Comprar frutas caras com R$ 7.000 ou frutas baratas com R$ 800?

Leia também:
Viagem ao Japão 2016 – O que eu comi?
Conhecendo o Iene – A moeda do Japão

Ainda assim pessoas levantam uma questão: Mesmo com o salário alto, existe vários impostos e dividas a serem pagas todo mês, sobrando pouco dinheiro.

Impostos e Gastos Mensais

Suponhamos que um brasileiro no Brasil ganha 1.500 Reais todo mês, ele paga R$ 1000 de aluguel, impostos, contas, despesas de automóvel e outros. Sobra apenas R$ 500 para o coitado fazer as compras. Seria bom se todos tivessem essa sorte, mas muitos moram de aluguel e ganham um salário de R$ 800.



Agora suponhamos que um japonês ganham um total de 300.000 Ienes mensais. Seus gastos de aluguel, impostos, locomoção, contas e outros, fazem com que sobra apenas 100.000 Ienes (09/15 = R$ 3,500) ainda sobrou uma boa quantia. Isso foi apenas pra deixar claro que no Brasil também existe gastos e impostos, então não tem porque reclamar.

Claro que isso não muda o fato de que as frutas são mais caras, e que ele vai usar uma pequena % do salário comprando elas. Mas ainda sim as pessoas não deixam de consumir frutas, ao contrario, a culinária japonesa é rica em produtos naturais, verduras e frutas. Basta esquecer da moeda real e viver com iene. Basicamente todo obento, doce, produto que você comprar, vai ter algum tipo de fruta ou verdura.

Uma coisa compensa outra

Já que vocês gostam de comparar, vamos comparar! O salário do Japão é alto assim como o preço de alguns produtos, mas os produtos industrializados e eletrônicos costumam ser o mesmo preço ou mais barato que no Brasil. Agora o salário brasileiro? Tem coisas bem baratas, mas os produtos industrializados, eletrônicos e importados são caros demais para o salário ganho.

Para ilustrar: Um brasileiro com seu salário mínimo ao pagar as despesas e encher sua casa de verduras, frutas e carnes, sobra um total de R$ 100 livres para gastar com o que quiser. Aaah, eu estou precisando de um sofá novo, um computador novo, um celular, jogos para meu console, eu quero viajar a outro país! No Brasil pessoas passam anos juntando dinheiro para comprar um móvel novo, ou fica a vida inteiro pagando prestações de um carro.

Claro que isso também acontece no Japão e em qualquer lugar do mundo. Mas o dinheiro no Brasil não rende! A não ser que você seja rico. Por mais que as frutas e verduras tem um preço bastante elevado, você consegue se alimentar todos os dias, e ainda comer frutas gastando muito pouco. Já no Brasil se você quiser comprar um Ipad, ou viajar a outro país tem que vender um rim, ou trabalhar o ano inteiro e juntar suas economias. No Japão todo mês com bastante esforço e sacrifícios você consegue juntar um dinheiro e comprar um Ipad.

O Ponto é que não existe um lugar mais caro e outro mais barato, cada um tem seu estilo. Se muitos brasileiros vão para o Japão trabalhar com objetivo de juntar dinheiro, é que eles sabem que lá o dinheiro pode render. Outros escolhem viver lá pela segurança. Porque além de ser difícil juntar dinheiro no Brasil para comprar as coisas, você pode ser roubado facilmente.

Claro que existe pessoas com apartamentos minúsculos no Japão, ou pessoas que vivem no limite do salário. Mas isso não é nada diferente do Brasil, e das milhares de pessoas que vivem em condições precárias em nosso país. Basta olhar a nossa volta e comparar as condições do Brasil e do Japão.

Acha mesmo que o custo de vida no Japão é alto para os japoneses? Deixo claro que não existe um lugar melhor que o outro, faça apenas a sua adaptação e pare de fazer comparações e ficar reclamando das coisas. Reclamar não vai dar em nada, principalmente porque o mundo está ficando cada vez pior não importa aonde.



Recomendamos também: 

Compartilhe nas redes sociais:

20 Comentários

  1. Hum! E quanto em média custa aluguel, transporte, alimentação? O menor salário q vc tem conhecimento da pra a pessoa se manter de boa? E a questão do sistema de saúde? Todos os países tem imposto, mas no japão são realmente gastos na infraestrutura do país q resulta em uma qualidade de vida, educação e segurança pra toda população. E tb estão preparados pra qualquer desastre natural. Aqui a gente paga impostos absurdos e não temos retorno, o governo não tem preparo nem pra chuvas, temos q pagar o dobro, até o triplo pra ter segurança, educação, saúde e qualidade de vida. Então acho q deve valer a pena morar no japão pra quem se adapta a cultura, aos costumes e hábitos alimentares japoneses! Eu tenho vontade de morar um tempo lá! Quem sabe faço um mestrado por lá!!

    Resposta
    • Salário mínimo 5000 reais ( um dos mais baixos pra quem trabalha 8 horas por dia). Aluguel +- 1000, gastos com comida depende de vc, eu gastei cerca de 100 reais por dia bebendo nas maquinas toda hora, indo em restaurantes top e comprando besteiras, mas com 50 reais da pra sobreviver. Saúde é paga, transporte dentro da cidade é barato, caro mesmo só trem bala. Tem muitas outras coisas, sei que lá o poder de consumo e o preço das coisas eu achei bem mais barato que no Brasil, até mesmo o alimento.

  2. Parabéns pelo texto.
    Brasileiro é um povo que tem uma das características reclamar de tudo e não fazer nada. Um carro popular no Brasil custa 3 vezes um carro muito melhor no Japão…

    Resposta
  3. Que hoax de título. Não falou quanto ganha um assalariado baixo ou estrangeiro e qual o VALOR DO CUSTO DE VIDA.

    Resposta
  4. tem muitos empregos que pagam mas de 1,000 iene por hora trabalhado, da entorno de 6,000.00 Reais.

    Resposta
    • 1000 yen cerca de 30.00 reais

    • x 8 horas x 23 dias = valor que ele disse…

    • Uma amiga da minha tia ganhava 1200 numa fábrica, ela fazia 2h extras trabalhava 11h diárias no começo. (aqui no Brasil ela trabalhava 8 + 5 de ida e volta lá ela morava do lado da fábrica) Aos sábados ela trabalhava 6h. Dava pouco mais de 8mil reais por mês. Aqui no BR ela dedicava 13h diárias ao trabalho e ganhava 900 reias. Foi pra lá dedicando cerca de 12h ganhava quase 300mil Yenes, pouco mais de 8mil reais, depois de conseguir estabilidade e o marido dela também conseguir estabilidade numa empresa de entregas ela começou a trabalhar num mercado por menos tempo.

  5. sou português, de Portugal, e este artigo concluiu a minha decisão em ir viver para o Japão, muito interessante e muito obrigado!

    Resposta
  6. Salario minimo de 7 a 10 mil reais?
    Me fala onde pq em 16 anos de Japao nao achei este salario ai sem ter que trabalhar 15 hrs dia e olha que falo, escrevo e leio!
    Bom revisar suas informacoes brother!!!!

    Resposta
    • ele não falou nas horas de trabalho 😉

    • Eu me refiro ao trabalho e salario dos japoneses… mas me equivoquei um pouco, esqueci que muitos trabalham por salarios de 150.000 ienes ou menos. Meu calculo foi baseado em 200 a 300mil

    • se trabalhar 8h por dia, mulher, 900yen hora, daria 150,000 por mes e homem 1200y por hora daria 211,000 em media, mas disso ai pode tirar uns 35% de imposto +-, sendo que uns 23% vai vir descontado em folha referente ao shakai hoken(plano de saude e previdencia) e shotokuzei(imposto renda) mas precisa reservar uns 10% para o imposto municipal e estadual quando vier. Na pratica mulher pode ganhar 97.000 e homem 137,000 sem contar imposto de veiculo e de consumo.

    • O Shakai Hoken é muito útil, e pelo que pareceu para mim não é burocratizado se você realmente precisa. Ouvi a história de um maluco que machucou a perna no emprego depois de 2 dias ele já tinha mostrado os exames médicos e estava garantido receber pelo tempo que precisaria ficar inválido.

      Aqui uma vez deu o que fazer pro meu primo conseguir receber pelo tempo de invalidez quando quebrou o braço no emprego, ele precisaria ficar 82 dias de repouso praticamente 3 meses, somente conseguiu garantir o último mês recebendo o seguro por invalidez. Ou seja perdeu 2 meses por burocracia, a família dele até passou dificuldades na época.

    • vc esta certinho kelvin, o cara trabalha ganhando 800 ienes a hora e nao faz hora e nunca ira ganhar isso, a pessoa trabalhando numa fabrica com 1.250 ienes a hora, fazendo todo dia hora extra tira brincando isso !!!

    • * kevin…Trabalho na murata na provincia de fukui ken e tiro uns 10 mil todo mês, bruto !!

    • 15h por dia? A amiga da minha tia trabalhava 11h por dia numa fábrica e tirava 280mil yenes por mês. Se tu quer serviço sem estudo que não precisa ralar não tira mais de 140-160mil Yenes por mês mesmo.

  7. Brasileiro nem moral tem, para falar do custo de vida de outros países. O país tem uma das cargas tributarias mais altas, produtos caros e de baixa qualidade, pouco retorno para os contribuintes.

    Resposta
  8. Brasileiro reclama demais, é a mania de querer tudo de graça até em país alheio…
    Aqui no Brasil algumas frutas, verduras e legumes são baratas, outras são bem caras. Fora que aqui ainda compramos produto de baixíssima qualidade por preço alto. Paguei R$ 8,00 no quilo da ameixa e elas estavam secas por dentro e com gosto de velha, não deu pra aproveitar nenhuma. Produtos naturais de boa qualidade é o olho da cara e comprar é até um luxo Hoje nem banana tá barato no Brasil. Eletro e eletrônicos então, nem se fala.

    Resposta
  9. Opa, sem contar que o imposto que você paga lá é realmente usado para o contribuinte, ou seja, eu pago imposto, mas vejo os benefícios, diferente daqui…

    Resposta

Deixe uma resposta para Salomao Kawakami Cancelar resposta