Guia Completo sobre Internet no Japão

ESCRITO POR

Inscreva-se para baixar nossos livros e receber contéudo exclusivo

Neste guia completo vamos falar tudo sobre a internet do Japão, vamos examinar preços, velocidade, etc. Você vai descobrir como contratar internet no Japão, quais serviços de internet existem, e como um turista pode acessar a internet de graça.

Só porque é Japão, não significa que em todo país a internet vai ser 1gbps como alguns imaginam. Muitas pessoas ainda usam ADSL e não a fibra óptica. Ou pior, a maioria usa moldem de serviços de telefone móvel, felizmente o 4G ou até 5G não é ruim.

No Japão a velocidade e preço da internet varia bastante de empresa, localização, região e serviço contratado. As velocidades variam entre 30mb a 1gbps. A internet móvel também costuma alcançar uma velocidade de até 300mbps graças ao 4g.

Como esse artigo é extenso, vamos compartilhar um sumário para ajudar você a navegar e entender os objetivos deste Guia de Internet no Japão:

Serviços de Internet no Japão

A Fibra óptica no Japão possui uma velocidade entre 100mb a 500mb. Existe uma fibra óptica chamada hikari que alcança a velocidade de até 1gbps. Essa velocidade pode aumentar bastante em comparação com a data que escrevi este artigo (2020).

Vale lembrar que a velocidade não importa, é necessário um bom servidor para fazer downloads, e seu ping deve ser baixo para melhor experiencia no carregamento de páginas e jogos.

As empresas mais conhecidas no Japão são:

  1. NTT
  2. ASAHI
  3. Au one net
  4. BIGLOBE
  5. TWICS
  6. Yahoo BB
  7. OCN
  8. So-net
  9. @nifty

Às vezes a empresa que fornece a linha é diferente da empresa que fornece a internet. Os preços são bem acessíveis, e podem variar entre 2.000 ienes a 8.000 ienes (60 – 250 reais). A instalação da internet pode custar um pouco caro.

A maioria dos condomínios, apartamentos e bairros, oferecem serviços especiais de internet, alguns apartamento já oferecem a internet instalada ou até de graça. O preço comum costuma ser 3.000 ienes por 100 megas.

Guia completo sobre internet no japão

Internet móvel no Japão

No Japão, a maioria dos hotéis, aeroportos, estações de trem, shoppings oferecem acesso grátis ao wi-fi. Às vezes, para usar essas opções gratuitas é necessário cadastrar-se, e algumas restringem o acesso a alguns sites. 

É recomendável você usar o aplicativo Japan Connected Free Wi Fi para localizar pontos de acesso gratuito. Existem também serviços de wi-fi pagos que cobrem 95% das grandes cidades do Japão (Wimax).

Os japoneses costumam usar um pequeno moldem que distribui wi-fi à sua área envolvente. A internet móvel no Japão também costuma possuir limites, que podem cortar o acesso ou diminuir a velocidade.

Grandes empresas móveis como Softbank e Docomo tem feito bom uso da tecnologia do Wimax além de oferecer ótimas opções de acesso a rede de dados através do 4G.

Guia completo sobre internet no japão

Como um turista pode conseguir acesso a internet?

Existe um ótimo serviço de chip pre-pago, que você compra para adquirir acesso a internet durante toda sua viagem. Você pode adquirir o cartão em lojas e konbini da Lawson, Yodobashi, Don Quijote, Nojima, Yamada Denki, Joshin, Aeon, Kojima e Sofmap.

Você também pode comprar o cartão online e solicitar que seja entregue nos correios do aeroporto. Algumas empresas fornecem até mesmo aparelhos celulares e planos de internet e telefone dentro do aeroporto.

Esses cartões 4G alcançam uma velocidade de até 250mb e podem ser adquiridos pelo preço de 3.000 ienes com um limite de até 2GB. Caso você ultrapasse este limite, basta fazer uma recarga.

Existe outros planos ilimitados, que reduzem a velocidade se ultrapassar o limite diário. As empresas que fornecem este serviço de internet aos turistas são: IIJmio, B-Mobile, COMST, Datago, eConnect, JPSIM, So-Net e outras.

Internet de Graça no Japão

“Como assim? Internet de graça?” É possível sim ter acesso a internet de graça no Japão sim! Já até mencionamos ele no artigo… Tudo isso graças há um programa nacional criado pelo governo japonês chamado: Japan Connected Free Wifi.

Por meio desse programa, o Japão fez um acordo com marcas de lojas de conveniências, hotéis, restaurantes e outros estabelecimentos para permitir acesso a internet de graça para turistas quando viajarem ao Japão.

Conhecendo o aplicativo e seus pontos positivos

Em primeiro lugar, ele é muito simples de usar. Basicamente é só chegar em um wifi cadastrado no programa do governo e colocar para conectar. E caso você queira saber se a o lugar permite você conectar ou não, é só procurar pelo símbolo que está nessa imagem:

Guia completo sobre internet no japão

O aplicativo unifica o processo de registro de mais de 150.000 pontos turísticos gratuitos por inúmeras empresas e organizações, para que os visitantes possam usá-las sem precisar se registrar para cada serviço individualmente. O registro de alguns dados pessoais é necessário.

Outras formas de conseguir Internet de graça no Japão

Outra maneira de conseguir internet gratuita no Japão é através dos mais de 400.000 hotspots da Softbank espalhados por restaurantes, cafés, estações de trem, hotéis e outros locais do Japão. Para utilizar este serviço você precisa de um Roaming Global, o que não é vantajoso para brasileiros e suas operadoras abusivas.

Existem soluções pagas de redes wi-fi mas não são nenhum pouco vantajosas em comparação com um chip 4g ou um roteador portátil. A melhor opção é usar esse aplicativo do Japan Free Wi-Fi e talvez comprar um chip de turista com uma boa duração para uso de internet.

A Internet Domina o Japão e o Mundo?

Não é de hoje que sabemos que a internet está “dominando” o mundo. Calma, não é nenhuma teoria da conspiração, é apenas a mais pura realidade. Mas vamos explicar melhor do que estamos falando.

Analisando um post de pouco tempo atrás, Os site mais acessados do Japão e Brasil, podemos perceber coisas interessantes. Uma delas é a posição de topo do gigantesco site de buscas da Google.

Neste site podemos ter acesso a informações do mundo todo. Mas, só para deixar claro, não podemos acessar todas as informações do mundo como se acredita. Dá para fazer pesquisas escolares, se entreter, aprender coisas e muito mais.

Já imaginou ter que buscar sites de um por um para fazer uma pesquisa escolar? Muitos iriam preferir abandonar a internet e ir direto para os livros. Isso, pode ser bom à primeira vista, ler sempre vai ser algo bom. O problema é quando faltar a informação daquela localidade.

Outro ponto importante é os rankings de redes sociais e lojas online. Isso pode ser observado como uma dependência de facilidade. As redes sociais nos permitem se comunicar e conhecer pessoas diferentes. E já que somos animais coletivos, isso nos trás uma certa felicidade.

Já as lojas online são a comodidade e facilidade personificadas. Esses sites nos permitem fazer compras de lugares distantes sem sair do lugar. O que resulta em uma ascensão em massa para este tipo de comodidade.

Agora é que vem o choque de realidade. Creio que o mundo entraria em colapso se a internet parasse de funcionar. Vários tipos de comércios dependem direta e indiretamente da internet para funcionarem.

Assim como já citei as lojas onlines, temos também empresas online e pessoas físicas que dependem da internet para sobreviver. Além disso, nós somos todos afetados indiretamente. Teoricamente, as comunicações entre pessoas, cidades e países iriam chegar a níveis ruins e críticos.

O comércio iria ser dificultado. Além disso, empresas iriam falir, nós seriamos forçados a perder comodidades. E para pôr fim a discussão, iriamos perder a nossa maior fonte de informação. Por isso, valorize a internet que você tem! Mesmo não sendo a mais rápida!

Compartilhe com seus Amigos!

Comentários do artigo

  1. Boas dicas. Obrigado por compartilhar. Eu fiquei com uma dúvida sobre 4G: pelo que me consta, os sistemas do JP e BR são incompatíveis, então eu estou assumindo que meu aparelho para o JP não conectará 4G e os cartões seriam inúteis. Alguém já tentou isto? Abs.

    Responder
    • Eu nao disse isso. Disse que velocidade nao é tudo. Nao falei que download tem haver com ping. Mas carregamento das paginas tem tudo haver, o tempo de resposta do servidor, entao nao dianta net de 1gb com ping alto as paginas nao vao carregar de imediato, esperando a resposta do servidor. Ficou mal explicado então adicionei 2 palavras pra ficar mais claro lá… Depois de ler algumas vezes vi como você leu.

  2. Kevin, no Brasil estamos com uma polemica envolvendo limite de dados por pacote de internet, por exemplo, você contrata um plano que lhe dá um acesso de 20mb/s e está limitado a um download de até 150gb/mês (não sei exatamente os limites propostos, mas pelo que ouvi em conversas com amigos, não estou muito longe dos limites). Como é no Japão? Há limites de utilização mensal ou a limitação é apenas na velocidade do plano.
    Obrigado

    Responder
    • 4G Telemóvel costuma ter limites. Agora de fibra ótica a NTT diz que existe um limite diario de 30gb por dia… Não sei o que acontece se quebrar este limite..

Comentários do site