Ferramentas para os Otakus criarem seu próprio mangá

, , ESCRITO POR

Você é um Otaku? Caso você seja um fã ardoroso de histórias em quadrinhos como Vagabond, Evangelion, Akira e Alita Battle Angel, então a resposta é sim. Otakus são aquelas pessoas fãs de mangás, as histórias em quadrinhos produzidas no oriente.

O termo otaku vem do japonês e designa pessoas de ambos os sexos, de qualquer idade, que demonstram um vasto conhecimento a respeito de personagens e narrativas de mangás. Em outras palavras, os Otakus são os Geeks da terra do sol nascente.

Assim como os Geeks no ocidente, os Otakus, por apreciarem tanto essas histórias de fantasia e ficção científica, podem se interessar pela arte de desenhar e assim criarem as suas próprias histórias.

Ferramentas para os Otakus criarem seu próprio mangá

Hoje em dia, graças à internet, quem quer um espaço para divulgar e publicar os seus próprios mangás e desenhos, pode criar um blog, ainda mais que as plataformas, como o WordPress, são intuitivas e repletas de recursos.

E para conferir o seu projeto uma cara bem profissional, vale a pena investir também em um nome de domínio e em uma boa hospedagem de site.

A produção de mangás

Mangás, as histórias em quadrinhos japonesas, possuem algumas distinções em relação ao material produzido no ocidente. O primeiro detalhe que salta aos olhos são os traços das fisionomias dos personagens.

Um típico personagem de um mangá possui um rosto triangular, nariz pequeno e olhos grandes. Aliás, os olhos esbugalhados não estão lá por acaso. É por meio do olhar dos personagens que o artista confere expressividade que eles apresentam no momento.

Ferramentas para os Otakus criarem seu próprio mangá

O público brasileiro passou a olhar com carinho para os mangás já na década de 80 graças aos tokusatsus, que eram aquelas séries em live action protagonizadas por heróis como o Jaspion e toda aquela turma que embarcou aqui via a extinta emissora Manchete.

Já nos anos 90, com a popularização de obras como Akira, Ghost in the Shell e Os Cavaleiros do Zodíaco, os mangás ganharam mais espaço entre os leitores brasileiros.

Naquelas alturas esses heróis nipônicos bateram de frente com os “todos poderosos” personagens da Marvel e DC. Não tardou muito para que o fascínio por mangás produzisse otakus brasileiros.


Elementos e ferramentas para a produção de mangás



Quando uma determinada manifestação artística cai no gosto popular é normal que surjam artistas interessados em produzir suas obras.

Ferramentas para os Otakus criarem seu próprio mangá

Os ingredientes para produzir bons mangás consistem em um pouco de talento e quantidades elevadas de dedicação e estudo. É preciso praticar constantemente e pesquisar técnicas de desenho. A internet, por exemplo, é um território farto de dicas sobre o assunto.

E já que falamos em tecnologias que auxiliam na disseminação dessa arte, os aspirantes a artistas podem encontrar também algumas ferramentas que permitem a criação e a diagramação de mangás. Vamos ver quais são?

Medibang Paint

Ele é um aplicativo gratuito e compatível tanto para desktops quanto para dispositivos móveis. O Medibang Paint é intuitivo traz vários recursos que irão auxiliar o artista na criação dos seus próprios mangás.

Alguns desses recursos são pincéis coloridos, fontes diferenciadas e fundos prontos para facilitar a concepção dos cenários.

Uma das vantagens desse software é possibilitar o controle de página, bem como a possibilidade de trabalhar em camadas.

Jump Paint



Está aí um aplicativo que os Otakus vão amar. Ele também é gratuito, intuitivo e ainda é compatível para desktop, smartphones e tablets.

Por ser intuitivo, ele é recomendado para otakus ainda iniciantes na arte do desenho, mas também possui recursos avançados que podem ser o sonho até mesmo para artistas mais experientes.

Ferramentas para os Otakus criarem seu próprio mangá

Entre alguns benefícios oferecidos pelo Jump Paint vale destacar as quantidades de camadas e vários tons de cor. Ele está disponível em vários idiomas, incluindo o japonês e o português.

Outra vantagem do Jump Paint é que ele traz também tutoriais. Dessa maneira, o usuário pode praticar a criação de esboços, finalização de desenhos e técnicas para colorir.

MangaName

“Name” é um termo em japonês que se refere aos esboços dos mangás. Sendo assim, o MangaName é um aplicativo destinado para a concepção de esboços.

Entre os recursos que esse aplicativo apresenta, o usuário vai encontrar vários tipos de canetas e borrachas. Ele é intuitivo e ótimo para a prática de desenhos.

Ferramentas para os Otakus criarem seu próprio mangá

Ao utilizar essa ferramenta, o mangaká – artista que produz mangá – tem possibilidade de gerenciar o número de páginas, definir a posição dos personagens e estipular vários ângulos dos quadros.

Conclusão



Não é de hoje que os mangás fazem sucesso em todo o mundo, se tornando obras que inspiram várias outras mídias. Repare na quantidade de filmes, games e desenhos animados que são adaptações de mangás.

Tanto fascínio por esse formato é óbvio que iria gerar uma legião de fãs e artistas que estão ávidos para mostrarem as suas obras.

Portanto, diante da evolução dos softwares digitais, os otakus possuem ferramentas para criarem e divulgarem os seus próprios mangás.

Compartilhe Nosso artigo:

Comentários do site