Sumô – Origem, historia e curiosidades

,
Post by //



[Total: 1 Nota: 2]

Com certeza você já viu em alguma mídia, essa arte marcial antiga, praticada por poucos. O sumo é um esporte originário do Japão, sendo o único país que o pratica e apoia profissionalmente. Tanto é a importância, que nas principais disputas, o prêmio é entregue pelo primeiro- ministro japonês.

Algumas regras e rituais são estabelecidos, mas, basicamente o esporte é bem simples. Consiste em um lutador tentar forçar o outro para fora do ringue ou faze-lo tocar no ringue com qualquer parte do corpo. Inicialmente era um esporte apreciado por pessoas poderosas e ricas, mas acabou se popularizando entre todas as classes sociais.



Origem e historia do Sumô

Artes marciais similares são relatadas e realizadas em muitas partes do mundo há muito tempo. No Japão, o esporte já era mencionado nos livros de historias japonesas, escritos no século 8. Relata-se que na hora de plantar arroz, o sumô estava presente. Eram realizadas sessões de sumo como forma de reza, por uma boa colheita. Em outros períodos o sumo se tornou um evento da corte imperial.

Mas muito do que vemos hoje no sumo se deve ao xintoísmo. O sumo era muito realizado em rituais e festivais, com o objetivo de entreter os deuses. Certa lenda diz que , essas lutas eram originalmente praticadas pelos próprios deuses. No século 17, foi adotado os intensos rituais de purificação que vemos até hoje.

Rituais como, tomar água sagrada e jogar sal no ringue antes da luta. Também nota-se que o arbitro se veste como um sacerdote xintoísta, e referencias a santuários. Ao entrarem no ringue os lutadores batem os pés para espantar os demônios e batem palmas para convocar os deuses. Até mesmo a areia que cobre o dohyo simboliza a pureza no xintoísmo. Os que assistem a essas lutas não deixam seus lugares até que todo ritual seja realizado.



Algumas curiosidades sobre o sumô

Nunca deixando de lado as tradições, o sumô hoje não passa somente de algo religioso. Há anualmente seis grandes torneios, chamados hon-basho. Para alcançar tais torneios, os lutadores chamados de rikishi, passam por rigorosos treinamentos. Eles passam por uma dieta reforçada de 16 mil calorias diárias (o que uma pessoa normal come em uma semana).

Regras desde ter uma boa alimentação, exercícios diários até mesmo o corte de cabelo e as roupas que usam em publico. A associação proibiu os lutadores de dirigir seus próprios carros, por causa de alguns incidentes. O “fio dental” que eles usam nas lutas se chama mawashi, e a cor desse representa a região de origem do lutador.

A 6 divisões básicas no sumo que ditam o poder e a hierarquia do lutador. Sendo a maior divisão a Makuuchi e a mais baixa a Jonokuchi. Para que o lutador suba seu ranking basta ele vencer a maioria dos seus ataques nos torneios principais. As lutas são realizadas em um único round e  geralmente duram poucos segundos.

Outro fato interessante é que não existe separação por peso no sumô. Podendo assim um lutador enfrentar outro com o dobro do seu peso. Não há uma boa audiência com as transmissões na tv, pois, por tradição, é transmitido entre as 16:00 as 18:00 . É nesse horário que a maioria das pessoas está voltando para casa ou esta no trabalho. 

São muitas as curiosidade e maior ainda é a tradição do esporte no Japão. Mas hoje são poucos os jovens que querem dedicar ao estilo de vida de sumô. Esportes como futebol e o beisebol são bem mais populares. Outros culpam as baixas do esporte até mesmo por causa da tendência dos videogames.  Mesmo assim o sumô continua vivo não só como parte da tradição e religião do Japão, mas também como um esporte e um modo de vida.

É obvio que o Sumô está muito além do abordado no artigo. Por isso você pode esperar ler mais informações sobre ele em nosso site ou nos livros recomendados abaixo:

Por Favor! Compartilhe Nosso artigo:



Comentários do site