Fullmetal Alchemist – Informações, Manga e curiosidades

ESCRITO POR

Fullmetal Alchemist é, sem dúvidas, uma das mais populares séries de anime Shounen. Com números comparáveis a Naruto, Dragon Ball, One Piece e Bleach.

A história mescla ciência, misticismo, ficção e relacionamentos baseado no amor e amizade. Uma lição de companheirismo e afeto. Mostra, também, do que nós somos capazes para ajudar o próximo – ainda mais se for de sangue!

FULLMETAL ALCHEMIST – O INÍCIO

A aclamada obra foi escrita e ilustrada por Hiromu Arakawa – sendo uma das poucas mulheres dos anos 90 a conquistar espaço no mundo dos mangakás (quadrinhistas japoneses).

Com sua primeira aparição no Japão na revista Shonen Gangan – uma revista mensal que publica diversos capítulos de mangá, sendo Fullmetal Alchemist o seu mais famoso – em 12 de julho de 2001, a história envolvente de Edward Elric tomou o coração dos fãs.

Comparado às outras séries do mesmo gênero, Fullmetal Alchemist manteve-se nas bancas durante nove anos, sendo encerrada em 11 de setembro de 2010. A serie de 108 capítulos foi distribuída ao longo de 27 volumes.

Fullmetal Alchemist - Informações, Manga e curiosidades - fullmetal alchemist 1


FULLMETAL ALCHEMIST – O ANIME

Os animes mais tradicionais recebem mais de cem episódios incessantemente e fazendo muito sucesso. Tendo até diversas histórias – como é o caso de Dragon Ball – e muitos arcos.

No entanto, a maior parte do sucesso da série de Arakawa foi devido ao mangá. O anime teve duas versões com diferença de cinco anos de publicação entre elas. A primeira saga foi lançada em 4 de outubro de 2003, sendo finalizada um ano depois, 2 de outubro de 2004.

Essa primeira versão foi intitulada como apenas Fullmetal Alchemist, enquanto que a versão de 5 de abril de 2009 recebeu o nome de Fullmetal Alchemist: Brotherhood, seguindo em direção o manga. Sendo finalizada, também, um ano depois, em 4 de julho de 2010.

A primeira teve apenas 51 episódios, enquanto que Brotherhood alcançou 64 episódios. As duas contam histórias parecidas, porém com estilos diferente. A de 2003 teve fortes toques de drama, já a série de 2009 trouxe ao público uma versão mais bem-humorada e descontraída.

Uma das aberturas da segunda versão do Anime:

FULLMETAL ALCHEMIST – BRASIL, JOGOS, LIVE ACTION

No Brasil a saga em quadrinhos foi proclamada pela JBC – editora nipo-brasileira. O anime foi exibido pelo canal de tv por assinatura Animax. Foi também para a tv aberta, onde os jovens assistiram pelo canal RedeTV!.

Apesar do anime não ter tantos episódios quanto os outros, uma mídia que rendeu muitos frutos para a autora foram os jogos. Ao todo, foram treze, isso mesmo, jogos para as plataformas Game Boy Advanced (GBA), Playstation 2 e Playstation Portátil (PSP), Nintendo DS (NDS) e Nintendo Wii.

Assim como Bleach e Death Note, Fullmetal Alchemist ganhou uma adaptação em live-action baseado no mangá. Estreou em 2017 nos cinemas do Japão e atualmente está disponível no imenso catálogo da Netflix.

Fullmetal Alchemist - Informações, Manga e curiosidades - ed al 2

Além desse filme, teve também outros dois na versão animada. O primeiro em 8 de setembro de 2006 com o subtítulo de Conqueror of Shamballa. Em 24 de abril de 2012 teve The Sacred Stars of Milos. Ambos com, aproximadamente, uma hora e meia de duração. Apesar das histórias não fazerem parte do anime e mangá, são um bom complemento para toda a riqueza que Arakawa construiu.

Outro fato marcante para o faturamento da saga foram as seis light novels – romances ilustrados baseado no estilo anime/mangá – escritas por Makoto Inoue. Apesar de não ter participado do roteiro, Arakawa ilustrou cada uma delas.



FULLMETAL ALCHEMIST – O ENREDO

O principal artifício para ganhar o coração dos leitores e espectadores é a magia envolvida nas histórias, cuja matéria principal de criatividade é cercada pela alquimia.

A alquimia é a precursora da química. Na antiguidade, esta ciência moderna fora substituída por práticas que envolviam rituais e procedimentos que, segundo os seus estudiosos, trariam muitos frutos proveitosos para a humanidade.

Foi, obviamente, uma tentativa fracassada dos “cientistas” em acreditar que essa ciência poderia render o que eles estavam prometendo. Um dos pontos interessantes era que os alquimistas acreditavam ser possível transformar as coisas em ouro. Pouco tempo depois – cerca de 300 anos depois –, descobriu-se que os prótons são incapazes de se mover do núcleo do átomo.

Fullmetal Alchemist - Informações, Manga e curiosidades - imagem pesada 3

Logo, não era possível esfregar uma pele de rato morto em outro material para transferir as partículas protônicas até obter o número de prótons do ouro. Essa era uma das promessas da alquimia.

Porém, a mais famosa – que também já foi tema de filme do famoso bruxinho Harry Potter – é a pedra filosofal. Este artigo místico possuía a capacidade de curar todas as doenças, inclusive a mais perversa delas: a morte.

Por vezes tratada como um substância – apesar do nome pedra atrelado a ela –, aquele que ingerisse seu conteúdo se tornaria curado de todos os males e podendo receber a vida eterna.

Manga de Fullmetal Alchemist

Caso queira comprar alguns volumes do manga você pode acessar abaixo:



FULLMETAL ALCHEMIST – O PLOT

O universo de Fullmetal Alchemist conta a história de dois irmãos, Edward e Alphonse Elric que recebem uma penalidade ao tentar trazer sua mãe de volta a vida.

Este mundo é uma mistura da época da revolução industrial europeia com uma sociedade em que a alquimia é realmente uma ciência – até podendo ser considera uma arte.

A tentativa frustrada de trazer a mãe de volta a vida proporcionou danos aos irmãos. A ideia de Edward em utilizar um ritual de alquimia extremamente avançada, fez com que seu irmão perdesse todo o corpo e ele a perna esquerda.

Para salvar Alphonse, o Edward teve de sacrificar seu braço direito para unir a alma do irmão a uma armadura de aço. O sentimento de arrependimento, aliado com a saudade da mãe, faz com que os dois partam em busca da única joia da alquimia capaz de reparar todo esse dano: a pedra filosofal.

Contudo, não havia nenhum vestígio e sequer boatos de que algum alquimista conseguira tal artefato. A única saída que Edward encontrou foi de se juntar aos Estado Militar de Amestris. Com isso, ele conseguira os materiais necessários para seu estudo aprofundado das artes alquimistas.

Essa passagem da trama é seguida da célebre frase de Edward: “Eu sei que foi uma decisão idiota, mas continuarei deitado nessa cama de espinhos até atingir meu objetivo.” O seu objetivo era trazer o irmão de volta em carne e osso.

A genialidade de Edward fez com que ele se tornasse o alquimista mais jovem a se tornar militar. Porém, o único motivo que o fez se juntar aos federais foi a possibilidade de ter, em mãos, os materiais necessários para seu estudo.

O trabalho de um militar no país de Amestris consistia em eliminar algumas raças pertences ao universo de Fullmetal Alchemist. Logo, Edward, ao fazer seu serviço, conquista aliados, mas também muitos inimigos.

A maioria das raças presentes na série são humanos que utilizaram a alquimia para se mutar. As principais são: seres humanos, homúnculos, quimeras.

Um dos grandes inimigos que Edward faz – não intencionalmente – são os Ishbalianos, outra raça presente na série. Este povo teve uma grande parte de sua espécie dizimada pelos militares de Amestris. Scar é um dos poucos sobreviventes da raça Ishbaliana busca – claramente – a vigança de seu povo.

Fullmetal Alchemist - Informações, Manga e curiosidades - fullmetal alchemist 20

Os homúnculos são uma raça poderosa devido que contém em sua genética pedaços da pedra filosofal – como ? Só assistindo a série para saber. Tempos depois eles se revelam ser os principais vilões.

A primeira parte da saga faz com que os leitores e espectadores fiquem aficionados pela busca dos irmãos Elric em encontrar a pedra filosofal. Porém, ao longo do desenvolvimento, é revelado que os homúnculos controlam o Estado Militar de Amestris.

“Pai” é o nome do vilão desse arco final da trama. Seu objetivo é transformar todas as nações do universo. E só havia duas pessoas capazes de impedí-lo, Edward e Alphonse.

CURIOSIDADES SOBRE A SÉRIE

– Tendo uma influência de revolução industrial e períodos de guerra que realmente aconteceram – como, por exemplo, a Segunda Guerra Mundial –, um dos vilões presente em um dos arcos da trama é Adolf Hitler.

– Apesar da diferença de cinco anos entre as séries animadas. O único anime que seguiu fielmente o mangá foi a saga Brotherhood. A primeira versão de 2003 só seguiu a história escrita até o volume 25.

– Toda essa criatividade teve início após Arakawa ter lido sobre a pedra filosofal. Esse foi o ponto de partida para ela começar a pesquisar mais sobre a “ciência” da alquimia.

– Após ter entendido como era esse universo fantasioso. A autora decidiu dar um toque de guerra e mundo moderno às suas histórias. Sendo que a Segunda Guerra Mundial foi a maior influência dela. Leu diversos livros e assistiu muitos documentários sobre os períodos de guerra e pós-guerra.

 – Um bom exemplo de influência de guerra, também, na trama foi durante um dos arcos mais famosos da saga: a Guerra de Ishval. Arakawa escreveu essa parte da narrativa baseado nos relatos de diversos soldados pós-guerra.

– Assim como J. K. Rowling teve de abreviar seu nome para evitar ser reconhecida, diretamente, como mulher. Arakawa teve que mudar a escrita de seu nome. Hiromi Arakawa é seu verdadeiro nome, enquanto que o nome Hiromu – na língua japonesa – é um derivativo masculino.

Compartilhe Nosso artigo:

Comentários do site