Cultura pop japonesa e sua popularização mundial

Aprenda Japonês com Animes, clique para saber mais!

Anúncio

O que você pensa quando ouve falar de cultura pop? Cultura popular é uma expressão que caracteriza um conjunto de elementos culturais específicos da sociedade de uma nação ou região. Estas podem estar relacionadas a dança, músicas, filmes, festividade, comida e entre outros.

E essas expressões culturais ultrapassam a fronteira do país podendo ser conhecidas mundialmente graças à mídia que é capaz de nos dar informações de qualquer lugar do mundo.

Esse texto vai mostrar mais sobre como surgiu a cultura pop no Japão e como ela acabou se tornando tão popular. 

Anúncio
Bunkasai – festivais culturais escolares do japão

Os primeiros passos da cultura pop japonesa

Depois que foi restabelecida a paz da Segunda Guerra Mundia,l o Japão bem como sua cultura passaram a ser encarados de maneira diferente.

Antes o Japão estava mais associado com samurais, katanas, quimonos, bonsais, cerejeira e essas característicasdeixou de ser as únicas ligações com o Japão. 

Durante a reconstrução do Japão pós guerra começaram a surgir e popularizar entre eles mesmos as histórias em quadrinhos que são mundialmente conhecidos como mangás. 

Nesses mangás os destaques eram as características físicas de personagem como olhos grandes e cabelos espetados. A história também tinha uma pegada mais caraterística diferente de quadrinhos de heróis norte-americanos.

Anúncio

Filmes e desenhos surgiram também a partir de mangás que mostraram mais da cultura desse povo.

Casamento no japão – gastos e procedimentos

Mas eles começaram a ganhar o seu espaço por causa da TV na segunda metade do século vinte, pois até então isso era algo vivenciado apenas entre os próprios japoneses. 

A exportação de produções japonesas para serem transmitidas pela televisão tiveram início a partir da década de sessenta. Mas o interessante que isso não aconteceu com o objetivo de se popularizar ou fazer sucesso, muito pelo contrário tinham muitos japoneses que não apoiavam esse tipo de entretenimento.

Anúncio

Com a chegada dessas produções outras nacionalidades associaram as características físicas dos personagens dos quadrinhos aos japoneses embora não se pareça com as pessoas na vida real, mas era possível identificar que aquela produção foi feita por eles. 

Os mangás começaram a crescer mesmo na década de setenta com a sociedade nipônica e ganharam espaço na Alemanha, Itália, Espanha e EUA.

Na década de noventa com a internet se tornando mais acessível junto com a televisão foram o ponta pé inicial para o nascimento da comunidade Otaku.

Anúncio

Então começou a ser comum outras nações terem hábitos antes comuns para japoneses como comer comida japonesa, usar hashis, ver palavras escritas em japonês em placas e estampas dentre outras formas de manifestações culturais.

Tokyo – curiosidades e guia completo

O poder da cultura pop japonesa

Nos últimos vinte anos o crescimento do interesse pela cultura japonesa cresceu significativamente. Antes assuntos como esse era tratado apenas pela comunidade acadêmica para estudo, mas acabou se tornando um fenômeno pop. 

A cultura pop nipônica tem influência na moda, estética, músicas, filmes, quadrinhos e vários outros. Quem nunca quis usar aqueles uniformes colegiais ou armaduras de heróis? Ou então ter aquele cabelo colorido descolado?

Antes a cultura pop era algo mais americanizado, os japoneses deixaram de ser consumidores para exportadores da cultura pop. 

Pessoas no mundo todo passaram a querer ter um pouco da cultura japonesa consigo e consequentemente começaram a adquirir mangás, animes, games, filmes, doramas e tantas outras animações japonesas.

Era possível até encontrar roupas para tentar ficar parecidos com os personagens.

Guia dos viciados em anime – o que significa otaku?

A importância dos fãs mundiais

Como já mencionado esse sucesso todo não foi nada intencional, foi surpresa até para os próprios japoneses verem seus produtos e criações saindo para vários lugares. E tem muito fã que faz questão de consumir os máximos com relação ao Japão.

Mas hoje a situação está mais favorável para isso. Hoje temos toda a tecnologia a nossa disposição sem a preocupação de ter que ir para o Japão para conhecera cultura de lá. Se bem que uma viagem ao Japão seria mais legal que ver pela tela hein!!

Anúncio

Os EUA e a Europa lideraram o interesse por essas criações japonesas então graças a essas fortes influências podíamos ver na tv aberta animes clássicos como Cavaleiros do Zodíaco, Dragon Ball, Inuyacha e outros. Lembra de ver algum desses na sua infância?

E tudo isso já era possível na década de noventa! E de 2010 pra cá que melhorou ainda mais. Vários mangás oficiais vinham para Brasil também e vários canais de tv aberta tinham horários dedicados para passar só animes.

Viva ao mercado televisivo!! Sem ele esse processo de conhecer a cultura japonesa não estaria disponível para todas as pessoas que se interessasse. 

Existem bandas japonesas com shows em vários países e todo esse processo foi gradativo mais determinante para ter pessoas que consumissem esse mercado fora do Japão.

Itasha – o carro dos otakus com decoração de animes

Cultura pop hoje

Se na década de setenta a cultura pop japonesa começou a engatinhar hoje em dia ela está maior do que possamos imaginar.

Anúncio

Com as facilidades que temos atualmente podemos mergulhar ainda mais nessa cultura para conhecer melhor cada aspecto que ela tem.

Atualmente podemos pedir produtos japoneses de qualquer lugar apenas usando o celular. E pra quem não é muito fã de pedir coisas pela internet existem também lojas físicas de produtos japoneses.

Se você quiser falar o idioma deles é possível fazer cursos on-line para aprender e também presencial.

Ao assinar plataformas de streaming dificilmente você não vai encontrar algum dorama, anime ou documentário sobre o Japão. 

Em pelo menos dez países os animes são muito populares. E por mais incrível que pareça o Japão não está entre os que possuem maior audiência desse conteúdo.

Anúncio

Você pode comer comida japonesa indo ao shopping de onde você estiver e pagar o preço que for mais acessível para você.  Só aqui no Brasil a média de restaurantes japoneses já ultrapassa os mil e quinhentos. 

Existem até criadores de conteúdo apenas sobre o Japão como o próprio Suki Desu, canais do YouTube e os tradicionais livros.

E é claro os bons e clássicos mangás que tem as versões físicas e eletrônicas que é possível pedir pela internet também.

O que mais te chama a atenção da cultura pop japonesa?