Princesa japonesa Mako abandona trono para se casar com plebeu

Aprenda Japonês com Animes, clique para saber mais!

Anúncio

Quem olha pensa até que e história de filme, mas não é ! A princesa japonesa Mako de Akishino (眞子)vai se casar em breve com um plebeu e vai deixar de lado a fortuna da realeza e abrir mão de seu título nobre.

A princesa Mako tem 30 anos de idade e é filha mais velha do princípe Fumihito a da princesa Kiko. Ela também carrega nas costas o peso de ser sobrinha do imperador Naruhito e neta mais velha do imperador Akihito e da imperatriz Michiko.

Além da princesa japonesa Mako, outros herdeiros são seus irmãos mais novos a princesa Kako, com 27 anos e Hisahito de Akishino, de 16 anos.

Anúncio
Princesa japonesa mako abandona trono para se casar com plebeu - princesa mako 3

Mas o que exatamente a princesa japonesa perde ao se casar com alguém não pertencente a realeza? Como a princesa e o plebeu conheceram? E será que a a família imperial japonesa está em extinção? Vamos conferir tudo isso nesse artigo.

Vida da princesa japonesa

A princesa Mako como toda pessoa da realeza teve uma ótima educação, fala inglês e alemão, estudou na escola Gakushuin que é uma instituição educacional destinada a pessoas de títulos nobres. Ela também cursou algumas universidades e em sua última conheceu o atual noivo.

Mako estudou na Universidade de Dublin no ano de 2010 situada na Irlanda, em 2012 fez a Universidade na Escócia de Edinburgo. E de 2014 a 2015 foi para a Inglaterra estudar na Universidade de Leicester onde cursou Artes e estagiou no museu de Coventry.

Princesa japonesa mako abandona trono para se casar com plebeu - princesa japonesa

Ao que tudo indica Mako gostava de passar despercebida, levar uma vida normal sem a responsabilidade de representar a família real em eventos oficiais.

Anúncio

Segundo informações de um Jornal Nacional de Portugal o objetivo da princesa japonesa Mako ao cursar Universidade na Inglaterra era a libertinagem que ela poderia ter, lá ela não era tratada como nobre e muitos nem a reconheciam. A princesa até mesmo morava em residência universitária.

Mesmo sendo a filha mais velha e com o título de princesa, Mako de Akishino não está na linha de sucessão do trono por ser mulher, essa responsabilidade é destinada apenas a homens então próximo da linhagem a ocupar o trono e o seu irmão caçula.

Princesa japonesa mako abandona trono para se casar com plebeu - princesa mako em evento
Mako durante uma visita oficial ao Butão

Por ser princesa japonesa ela deve cumprir alguns protocolos relacionados à sua posição. Ela geralmente a família imperial em eventos, principalmente os voltados para a cultura e educação em vários países.

Anúncio

No ano de 2018 a princesa Mako esteve no Brasil para o evento em comemoração aos 120 anos da imigração japonesa, ela foi recebida pelo ex presidente Michel Temer.

A princesa japonesa e o plebeu

A princesa Mako e o noivo, Kei Komuro se conheceram durante a sua faculdade de artes, eles estudavam na mesma instituição mas ele fazia direito. Hoje em dia ele já é advogado. Em maio de 2017 eles anunciaram oficialmente o noivado e marcaram a data para novembro de 2018, mas meses depois foi anunciado o adiamento do casamento.

A Casa imperial se pronunciou dizendo que Mako adiou o casamento para pensar melhor a respeito de sua decisão. Mas após a imprensa investigar o real motivo descobriu que na verdade eles haviam adiado o casamento por causa de problemas financeiros envolvendo a mãe do noivo.

Anúncio

A mãe de Komuro devia para seu ex marido o equivalente a 185 mil ienes para financiar os estudos do filho. O pai afirma que foi emprestimo e mãe que foi um presente.Três anos mais tarde, em 2020 a princesa Mako afirmou que o casamento ainda estava de pé. A celebração foi remarcada para o final de 2021.

Princesa japonesa mako abandona trono para se casar com plebeu - princesa e seu noivo

Ao realizar o casamento Mako de Akishino perde o título de princesa, não vai mais poder participar dos eventos reais e ainda decidiu não receber o dote avaliado em mais de 152,5 milhões de ienes (7,2 milhões de reais) que são entregues as mulheres da realeza que se casam com plebeus.

Após o casamento, o casal deve morar em Nova York onde Kei Komuro quer exercer a advocacia. Ele se formou no inicio de 2021 e fez o exame para exercer advocacia, o resultado sai em dezembro. O casamento não deve seguir nenhum ritual tradicional, apenas será realizado no Japão em seguida fazer a renuncia e se mudar para a cidade americana.

A família real japonesa está ameaça de extinção?

Como já foi falado apenas membros do sexo masculino podem ocupar o trono e se um homem se casar com uma plebeia ele não perder seu título e nem sua posição.

Isso ainda gera muita discussão esses dias ainda mais com o casamento da princesa japonesa Mako às portas. Essas leis estão diminuindo as opções que a família imperial tem com relação aos próximos herdeiros.

Princesa japonesa mako abandona trono para se casar com plebeu - princesa mako 1

Na linha de sucessão atualmente existe apenas três homens. Dos 18 membros da família real 13 são mulheres. A dinastia Yamato é a casa real mais antiga do planeta.

O questionamento das possíveis mudanças na realeza divide opiniões. Uns acham que considerarem ter mulheres no comando fere a tradição, já outros que essa seria a melhor forma de salvar a existência da família.

A proposta estava estava de pé até o nascimento do irmão caçula da princesa japonesa em 2006, depois disso a preocupação diminuiu. No passado os homens que estavam à frente da realeza que não conseguiram filhos homens recorriam até a fazer filhos fora do casamento.

Anúncio

Será que o casamento entre a princesa japonesa e o plebeu vai interferir tanto assim na família real japonesa?