Japão: O império da indústria automotiva

Aprenda Japonês com Animes, clique para saber mais!

Anúncio

Se você tem um carro ele tem grandes chances de ser marca japonesa. O Japão é um do maior produtor de automóveis do mundo. Suas marcas são as mais respeitadas e valorizadas em todo lugar. 

Embora vários países já tenham suas marcas nacionais a preferência acaba sendo pelas marcas japonesas. A história da indústria automotiva no Japão é antiga e fez por merecer o posto que tem hoje. 

Vejamos como teve início a indústria automotiva no Japão e como ela está na atualidade apesar dos enormes problemas financeiros enfrentados pelo mundo devido à pandemia. 

Anúncio

Linha do tempo dos automóveis no Japão

A indústria automotiva no Japão está entre as três maiores do mundo desde o ano de 1960. Mas ela teve início no ano de 1904.

1904 – Torao Yamaha produziu o primeiro ônibus produzido nacionalmente, o motor funcionava a vapor. 

1907 – Komanosuke Uchiyama produziu o Takuri, o primeiro carro inteiramente japonês com motor a gasolina.

1910 – A Kunisue construiu seu primeiro carro e no ano seguinte fabricou o modelo Tokyo em cooperação com a Tokyo Motor.

Anúncio

1911 – Kwaishinsha foi fundada e mais tarde começou a fabricar um carro chamado DAT.

1917 – O Mitsubishi Modelo A de 1917 foi baseado no projeto do A3-3 da Fiat . Este modelo era considerado o primeiro carro produzido em massa no Japão, com 22 unidades produzidas.

1920 –  Jitsuyo Jidosha Seizo, fundada por William R. Gorham, começou a construir o modelo Gorham e mais tarde o Lila.

Anúncio

1925 – A Ford do Japão foi fundada e uma fábrica foi montada em Yokohama.

Japão: o império da indústria automotiva

1926 – Jitsuyo Jidosha Seizo se fundiu com a Kwaishinsha para formar a DAT Automobile Manufacturing, que hoje se tornou a Nissan.

1927 – A General Motors estabeleceu suas operações em Osaka. A Chrysler foi ao Japão e também montou a Kyoritsu Motors.

Anúncio

De 1924 a 1927 a Hakuyosha construiu o modelo Otomo.

Década de 30 – os carros da Nissan eram baseados nos projetos do Austin 7 e Graham-Paige, enquanto o modelo Toyota AA era baseado no Chrysler Airflow. A Ohta Jidosha construiu carros baseados em modelos da Ford, enquanto a Chiyoda construiu um carro parecido com um Pontiac 1935 e a Sumida construiu um carro semelhante ao LaSalle.

1936 – A Toyota começou a construir carros. A maioria dos veículos eram caminhões militares.

De 1925 e 1936, as subsidiárias japonesas das três grandes montadoras dos Estados Unidos (General Motors, Ford e Chrysler) produziram um total de 208 967 veículos.

Japão: o império da indústria automotiva
10 Carros japoneses que fizeram sucesso

         Nesse mesmo ano o governo japonês aprovou a Lei da Indústria Manufatureira de Automóveis, que pretendia promover a indústria automotiva nacional e reduzir a competição estrangeira.

1939 – Fabricantes estrangeiras foram forçadas a sair do Japão.

           A produção de veículos passou a focar na produção de caminhões no final da década de 1930 devido à Segunda Guerra Sino-Japonesa.

1958 – Se inicia um novo momento da indústria no Japão. O primeiro modelo a ser lançado foi o Subaru 360. Outros modelos importantes foram o Suzuki Fronte, Mitsubishi Minica, Mazda Carol e Honda N360.

Anúncio

Década de 60 – Após a Segunda Guerra Mundial a produção automotiva foi limitada, e até 1966 a maior parte da produção consistia de caminhões.

Fabricantes japoneses lançaram uma série de novos kei cars (keijidōsha) modelos de porte mini no mercado interno. Scooters e motocicletas venderam de 1,47 milhões enquanto os kei cars renderam 36 mil.

Fabricantes Japonesas começaram a competir no mercado interno.

1966 – O carro mais vendido de todos os tempos, o Toyota Corolla, é lançado.

Década de 70 – As exportações de carros de passageiros aumentaram consideravelmente em comparação com as décadas anteriores.

Anúncio

Mitsubishi representada pela Dodge e a Honda começando a vender seus veículos nos Estados Unidos.

1975 – As exportações de carros de passageiros subiram de 100 000 em 1965 para 1 827 000.

1980 – As fabricantes japonesas estavam ganhando uma grande fatia nos mercados dos Estados Unidos e do mundo.

No final da década de 80 e início da década de 90, os fabricantes automotores japoneses entraram em uma fase de “hiperdesign” e “hiper-equipamento”; uma corrida levando a produtos menos competitivos, mas produzidos de uma maneira altamente eficiente.

2000 – Japão se torna o maior produtor de carros do mundo.

Anúncio

2008 – A indústria automotiva deu um salto.

2009 – Japão vai para segundo lugar em número de produções ficando atrás da China.

2011 – A produção de carros é afetada por causa do terremoto e tsunami de Tohoku.

As 6 marcas de automóveis mais populares do Japão

Toyota

Uma das maiores marcas do mundo e está entre as mais antigas. A marca tem a Luxus como divisão, que é um segmento voltado para carros de luxo. 

Japão: o império da indústria automotiva

Nissan

É uma marca bem popular e sua sede fica em Yokohama. Sua linha de automóveis de luxo é a “ Infiniti’.

Anúncio

Subaru

Foi uma das primeiras marcas a trazer inovação na indústria automoiva. Sua sede fica em Eisu, Tóquio. 

Mitsubishi

Sua sede é em Minato, Tóquio. Essa marca tem divisões na construçça naval, finanças, eletrônica, petróleo, gás e vários outros.

Honda 

Uma das maiores fabricantes de motocicletas do mundo e também um dos maiores produtores de motores de combustão interna. A marca patrocina a Fórmula 1.

Mazda

Sua sede é em Fuchu, Hiroshima. É uma fabricante de automóveis bem popular. Responsável pelo Japão ser líder mundial no setor. 

Japão: o império da indústria automotiva

Anime de carros: Speed Racer

Speed Racer também conhecido como Mach Go Go Go (マッハ). O anime é de 1960 e procurou retratar tudo o que o Japão já tinha de tecnologia automotiva como coisas que ainda poderiam surgir. 

O anime é sobre corrida de carros. E o protagonista é um jovem de 18 anos que dirige o carro Mach 5, criado pelo seu pai. 

Japão: o império da indústria automotiva

O carro do personagem principal é um sonho de carro no que se trata de tecnologia. É automático e tudos os acessórios é possível ter acesso por apertar o botão. 

Lembra a Berlineta Ferrari Dino e a Ferrari 250 Testa Rossa e o barulho de seu motor remete a semelhanças com o Ferrari V12. O anime tem a versão live action.