Crisântemo – O simbolo do Trono Japonês

, , ESCRITO POR

Crisântemos são plantas nativas da Ásia e do nordeste da Europa. A maioria das espécies é originária do leste da Ásia e o centro da diversidade está na China. Inúmeras variedades e cultivares hortícolas existem.

Falando nisso, esta é uma planta/flor, muito bem vista no Japão. Ela é muito utilizada para fazer bonsai, entre outros usos. Conforme explicarmos melhor, você vai entender o quanto ela é valorizada no país.

Bem, não podemos dizer muita coisa sobre o quanto, mas podemos dizer que ela é valorizada. Por exemplo, esta flor é usada para denominar a posição do imperador japonês e do trono. Para quem não sabe, esta posição é chamada “Trono do Crisântemo”. Então é isso, vamos aprender um pouco sobre isso.

Sumário do Artigo
- Como é um crisântemo?
- História do Crisântemo
- Significado cultural e simbolismo do Crisântemo
- Um evento de Crisântemo
- O que acha do Crisântemo?

Como é um crisântemo?

Os crisântemos, também conhecidos como “mães”, são uma das mais belas variedades de plantas perenes que começam a florescer no início do outono. Isso também é conhecido como flor favorita para o mês de novembro.

Crisântemo - O simbolo do Trono Japonês

A descrição pode ser um pouco complicada, mas vamos deixar algumas imagens. Os táxons do crisântemo selvagem são plantas herbáceas perenes ou sub-arbustos. Eles organizaram alternadamente folhas divididas em folhetos com bordas dentadas ou ocasionalmente lisas.

A inflorescência composta é uma matriz de várias cabeças de flores, ou às vezes uma cabeça solitária. A cabeça tem uma base coberta por camadas de filários. A linha simples de floretes de raios é branca, amarela ou vermelha.

História do Crisântemo



Os crisântemos foram cultivados pela primeira vez na China lá no século 15 aC. Sendo cultivado como uma erva de flor. Mais de 500 cultivares foram registrados até 1630. A planta é conhecida como um dos quatro cavalheiros da arte chinesa e do leste asiático. A planta é particularmente significativa durante o Double Ninth Festival.

Crisântemo - O simbolo do Trono Japonês

O cultivo do crisântemo começou no Japão durante os períodos Nara e Heian. Só para informar, esse período compreende do início do século VIII ao final do século XII. A planta acabou ganhando mais popularidade no período Edo.

Logo, muitas outras formas, cores e variedades de flores foram criadas. O modo como as flores foram cultivadas e modeladas também se desenvolveram e a cultura do crisântemo floresceu. Um ponto que afirma isso é o fato de que o Selo Imperial do Japão é um crisântemo.

Significado cultural e simbolismo do Crisântemo

O Japão é um dos lugares onde o Crisântemo é muito influente e valorizado. Outro lugar onde isso acontece muito é na china, mas vamos discutir apenas o primeiro. No Japão, como já foi dito, o crisântemo é um símbolo do imperador e da família imperial.

Em particular, uma “crista crisântemo”, ou seja, o design de flor de crisântemo, indica uma conexão para o Imperador. Existem mais de 150 padrões deste design. A seguir vamos citar vário outros usos ​​e referências ao crisântemo Imperial.

Crisântemo - O simbolo do Trono Japonês

O Selo Imperial do Japão, o qual é usado por membros da família imperial japonesa. Em 1869, um desenho de 16 pétalas de duas camadas foi designado como o símbolo do imperador. Príncipes usam um padrão simples de camada única.

Um certo número de santuários anteriormente dotados pelo estado, adotaram uma crista de crisântemo. Como a figura mais importante podemos citar o Santuário Yasukuni de Tóquio.

O Trono do Crisântemo é o nome dado à posição do imperador japonês e do trono.

A Ordem Suprema do Crisântemo é uma homenagem japonesa concedida pelo imperador a conselho do governo japonês.

Crisântemo - O simbolo do Trono Japonês

No Japão imperial, exigia-se que as armas pequenas fossem carimbadas com o crisântemo imperial. Afinal, elas eram consideradas como propriedade pessoal do imperador.

Um evento de Crisântemo



Uma série de festivais e shows acontecem em todo o Japão no outono quando as flores florescem. Dia do Crisântemo é um dos cinco antigos festivais sagrados. É comemorado no 9º dia do 9º mês. Foi iniciado em 910, quando a corte imperial realizou seu primeiro show de crisântemos.

E como não poderia faltar, vamos falar sobre um bom programa feito para crisântemos. E é claro, este é um programa realizado no Japão. O Concurso de Crisântemos do Castelo de Nagoya.

Este é um concurso que começou após o final da Guerra do Pacífico. O evento no castelo tornou-se uma tradição para a cidade. Com três categorias, é um dos maiores eventos do gênero na região tanto por escala quanto por conteúdo.

Crisântemo - O simbolo do Trono Japonês

A primeira categoria é a exposição de flores cultivadas. A segunda categoria é para flores de bonsai. As quais são combinadas com pedaços mortos de madeira para dar a ilusão de árvores em miniatura. A terceira categoria é a criação de paisagens em miniatura.

Vale a pena conferir para não perder a oportunidade. Exposição de flores e plantas sempre costumam ser coloridas e interessantes.

O que acha do crisântemo?

Com certeza são flores muito bem vistas no país. Diga aí nos comentários se você gosta dessas plantas. Se tiver alguma pergunta, sugestão ou algo do gênero, basta deixar aí nos comentários.

Além disso, compartilhe e curta a pagina do site nas redes sociais, isso ajuda bastante na divulgação. No mais, obrigado por ler este artigo até aqui, até o próximo. E não esqueça de não dar uma opinião ruim sobre Crisântemo no Japão.

Compartilhe Nosso artigo:

Comentários do site