O papel do anime na educação

O anime é frequentemente usado como uma janela para a cultura e a história japonesa. Um filme dirigido por Hayao Miyazaki retrata um mundo de fantasia ambientado em um balneário japonês e apresenta criaturas místicas do folclore japonês. Spirited Away, centrado em torno de uma personagem feminina forte, mostra a conexão do anime com a cultura e a história japonesas.

Anime é uma enciclopédia cultural

Anime é uma forma de arte japonesa baseada em histórias em quadrinhos e filmes. Os mestres japoneses criam imagens semelhantes a desenhos animados há séculos, e seus equivalentes modernos incluem anime. O gênero anime tem apelo internacional, principalmente graças à série de televisão Pokemon e ao filme Spirited Away, que ganhou o Oscar de melhor longa-metragem de animação. No entanto, ainda existem algumas diferenças entre as versões japonesa e ocidental do anime.

Além de sua popularidade entre os jovens japoneses, o anime pode ser usado como uma ferramenta de sala de aula. Os professores podem usar cenas de diálogo para ensinar o idioma aos alunos. Além de ser mais divertido, o anime ajuda os alunos a aprender conversas da vida real, já que os dubladores usam a pronúncia japonesa padrão. Em qualquer caso, se você sentir pressão de tempo, você sempre pode pedir ajuda para escrever um ensaio e os autores profissionais concluirão todas as suas tarefas da faculdade e permitirão que você economize tempo. Além disso, os alunos podem imitar os personagens e usar a pronúncia dos personagens para aprender japonês da vida real. E se os alunos levam a sério o aprendizado de japonês, o anime é uma ótima ferramenta de aprendizado.

A palavra “anime” é uma palavra japonesa que significa “imagens animadas”, e é usada para descrever qualquer forma de animação produzida no Japão. O anime é geralmente associado a trabalhos produzidos com técnicas de animação, mas se expandiu para abranger outros trabalhos com temas, estilos visuais e elementos de enredo semelhantes. No entanto, há um debate sobre quais obras se qualificam como “anime” e quais não. Em geral, no entanto, o anime é um meio divertido que conecta o mundo real a um mundo de fantasia.

Os 10 filmes japoneses com maior bilheteria

Isso ajuda os alunos a aprender sobre a cultura japonesa

Estudos de anime na WSU podem ser uma ótima maneira de os alunos aprenderem sobre a cultura e a história japonesas. Os alunos podem assistir a séries de anime e entender a cultura japonesa através de imagens visuais. O anime também pode ser usado como uma ferramenta de ensino e pode ajudar os alunos a desenvolver suas habilidades linguísticas. As histórias são muitas vezes complexas, e os personagens têm personalidades distintas e relacionamentos humanizados. Por serem animados, os alunos podem facilmente inferir o significado de palavras e frases.

Muitas séries de anime acontecem nos tempos modernos. Isso permite que os alunos vejam como pessoas diferentes no Japão celebram certos feriados. Os alunos podem aprender sobre o Natal japonês, o Ano Novo Japonês e os personagens de teatro kabuki. Os alunos também podem ver como a cultura mudou ao longo dos anos. Alguns programas de anime mostram uma celebração dos festivais. Embora os eventos sejam baseados no presente, eles mostram eventos históricos que ocorreram no Japão anos atrás.

Os programas de anime podem fornecer aos alunos informações valiosas sobre a cultura e a história japonesas. Os programas de anime podem apresentar aos alunos situações comuns da vida e à linguagem de uma maneira divertida e divertida. Eles também podem ensinar os alunos sobre uma variedade de condições de saúde mental, como a narcolepsia. O anime é uma maneira ideal de deixar os alunos animados para aprender sobre a cultura e o idioma japoneses. Então, se você está na escola ou apenas procurando entretenimento, o anime pode ser uma ótima maneira de fazer com que os alunos se interessem pela cultura e idioma japoneses.

Os personagens do anime também são ótimos para ensinar os alunos sobre questões sociais na sociedade japonesa. Em Evangelion, por exemplo, um personagem é um cidadão que expressa problemas sociais como membro da sociedade. O personagem do anime é muitas vezes socialmente isolado após uma série de pequenos inconvenientes. É importante destacar isso aos alunos à medida que aprendem sobre a cultura japonesa. E lembre-se de que o anime não precisa ser todo positivo. Pode ser uma força positiva no processo educacional, desde que os alunos entendam como observá-lo com a atitude apropriada.

Desmembrando músicas – zankoku na tenshi no teeze

Isso ajuda os alunos a entender o valor dos relacionamentos

Um equívoco comum é que o anime é apenas para crianças. Mas se você pensar sobre isso, o anime é usado na educação para ensinar uma ampla variedade de assuntos, incluindo história, artes da linguagem, sustentabilidade e artes visuais. Muitas das melhores séries de anime são para adultos! Eles também são adequados para salas de aula de todas as idades, desde o jardim de infância até o ensino médio. No entanto, se você está procurando ensinar seus alunos sobre o valor dos relacionamentos, há algumas coisas que você precisa saber sobre anime e mangá.

As crianças estão curiosas sobre tudo e aprendem em um ritmo muito mais rápido do que os adultos. Mas nem todas as crianças são naturalmente curiosas e têm o mesmo estilo de aprendizagem, então você precisa encontrar uma maneira de envolver até mesmo a criança mais distante na aprendizagem de um novo assunto. O anime pode ajudar até mesmo o blockhead mais solitário a entender lições de vida importantes.

O uso de anime na educação tem muitos benefícios. O anime tem uma ampla gama de lições, incluindo evitar o bullying, ser gentil com os outros e melhorar as habilidades sociais dos alunos. Também tem um impacto educacional em alunos mais introvertidos. Ao usar o anime na educação, os alunos aprenderão a valorizar os relacionamentos e a importância dos relacionamentos. Você não vai acreditar no quanto pode conseguir usando anime na educação.

Os melhores animes para assistir na netflix

Pode ser usado como uma ferramenta de ensino

O anime há muito fascina o público como uma forma de explorar a cultura japonesa. Nos filmes de Hayao Miyazaki, os espectadores experimentam um mundo fantástico em uma casa de banhos tradicional japonesa. Personagens de anime são extraídos do folclore japonês, incluindo animais místicos. Essas histórias geralmente giram em torno de uma forte protagonista feminina, destacando a conexão japonesa com as artes. O anime também tem sido usado para ensinar sobre eventos do mundo real, incluindo a Guerra do Pacífico e o bombardeio do Japão durante a Segunda Guerra Mundial.

Muitos animes usam legendas ou são traduzidos por profissionais. Muitos ocidentais aprenderam a linguagem assistindo animes e animações ocidentais, como Rick e Morty. Até mesmo crianças idiotas podem aprender sobre história e cultura através do anime. E se eles amam luas de marinheiro, eles podem ter que assistir a mais animes para aprender o idioma. Um estudante que aprende japonês assistindo anime pode se surpreender com o quanto aprende.

Conclusão

Outra maneira de usar o anime é ensinar os alunos sobre as condições da vida real. Muitas séries de anime podem ajudar os alunos a aprender lições importantes sobre respeitar seus pais e não intimidá-los. Eles também podem ensiná-los sobre condições de saúde mental, como TEPT e narcolepsia. Um estudante que assiste anime pode até ser mais influenciado pelos personagens da história para aprender sobre essas condições. É uma situação ganha-ganha para todos.

Compartilhe Este Artigo: