O Japão é realmente Tecnológico e Futurista?

, , , ESCRITO POR

Quando se fala do Japão as pessoas imaginam um lugar evoluído, tecnológico e futurista cheio de robôs e tecnologias. Será que o Japão é realmente assim? Neste artigo vamos ver que o Japão não é evoluído como as pessoas pensam.

O Japão faz absolutamente tudo para simplificar a vida das pessoas através de Lojas de Conveniência, escadas rolantes e elevadores em lugares públicos e outros lugares como estações de trens, além de diversos outros serviços de qualidade única.

Ainda assim o Japão não é como as pessoas pensam, você não encontra tecnologia em todos os lugares e as coisas não acontecem sempre de maneira produtiva e futurista. Na realidade o Japão ainda é muito antiquado.

O Japão é realmente Tecnológico e Futurista?

Japoneses não sabem usar computadores. A energia ainda está em postes ao invés de no subterrâneo. Os escritórios são ultrapassados, com aparelhos de fax e enormes estantes cheias de pastas de documentos. Sentiu o gostinho do que vamos ver neste artigo?

O Japão tem muita tecnologia

A tecnologia do Japão impressiona todos os estrangeiros com seus robôs, vasos sanitários cheia de botões, maquinas automáticas em toda parte e os trens que ligam todo o país.

O Japão também produz muita tecnologia. Cerca de 75% dos discos rígidos são fabricados no Japão, a participação do Japão em componentes eletrónicos é de 80%, mais da metade dos componentes da Apple são japoneses.

O Japão é realmente Tecnológico e Futurista?

Apesar do Japão ser um dos maiores fabricantes e inventores de tecnologia do mundo, o Japão está estagnado desde a década de 1990 por causa da bolha econômica e está perdendo em diversas áreas que envolve tecnologia.

O Japão ainda é mestre em criar invenções inúteis por causa do seu forte capitalismo.



O Japão nÃo USA SUA tecnologia

No Japão muitos ainda não usam smartphones mas flip-phones, aqueles telefones de abrir e fechar, e não são apenas idosos mas até alguns jovens usam esse tipo de celular. As vezes alguns ainda aderem a ideia de não ter nenhum celular.

Apesar do Japão ter NFC, Cartões de Crédito e outras formas de pagamento digital, grande parte das lojas só aceitam dinheiro e os japoneses não têm tanto o costume de usar cartão. Mesmo o Japão sendo um país seguro, é irritante carregar uma carteira cheia de moedas, mas os japoneses preferem isso.

O Japão é realmente Tecnológico e Futurista?
Telefones do Japão

O Japão ainda utiliza muitas coisas que o Brasil não utiliza mais como CDs, Blu-rays, aparelhos de fax e aquecedores de querosene nada práticos. Não é fácil comprar tudo online, pagar contas online é mais complicado ainda, muitas vezes você precisa ir numa loja de conveniência.

Os bancos também são super atrasados e não oferecem todas as facilidades por aplicativos como temos no Brasil. Alguns bancos só permitem sacar dinheiro em seus caixas e não em ATMs encontradas em lojas como Seven Eleven.

Os japoneses preferem fazer as coisas da forma antiga

Nem todos os japoneses costumam ter e-mails. Se você pedir um e-mail ele vai acabar passando o que a operadora de célular cria para enviar SMS. Se você navegar em sites japoneses vai ver um monte de layouts e designs parecendo blogs de 2006.

O Japão é realmente Tecnológico e Futurista?

Na realidade a maioria dos japoneses não costumam usar computadores, eles fazem tudo pelo celular. Mesmo assim as coisas não são tão práticas nos locais de trabalho, onde o papel ainda é a principal forma de armazenar dados.

Nem mesmo certificados ou resultados de provas, vestibular ou JLPT podem ser emitidos na internet, celular ou correios. O pior é que alguns ainda foram obrigados a usar FAX para receber certos documentos de órgãos grandes do Japão.

Se você precisar pegar de alguma coisa, prepare-se para assinar mais formulários e formulários mesmo eles tendo toda sua informação num computador. Bancos, escritórios, escolas, órgãos do governo… Não importa aonde você vá, o Japão prefere ter tudo no papel.

O Japão é realmente Tecnológico e Futurista?

Se brincar, você ainda encontra pessoas com Windows 98 instalado em seus computadores, sem falar que o XP ainda é muito comum. Se tratando de software as coisas são péssimas. Mesmo que no Japão exista toda tecnologia atual, os japoneses não parecem se importar.



Por que o Japão têm tantas invenções mas não é totalmente evoluído?

Isso acontece principalmente porque mais de um quarto da população japonesa é idosa e tradicionalista. Mesmo o Japão sendo um dos países que mais inventam tecnologia, sua população não está totalmente preparada para fazer pleno uso da maioria delas.

Engenharia de construção japonesa, tecnologia de transporte, logística e a engenharia das cidades são excelentes, mas se tratando do resto, na maioria das vezes a tecnologia só é feita para parecer bonita e vender. Se não vende não tem mais.

O Japão é realmente Tecnológico e Futurista?

Os japoneses criam novas tecnologias e as implementam na sociedade, mas apenas nas áreas que são importantes para os japoneses. Infelizmente cada cultura é diferente, pode perceber que os japoneses preferem os jogos coloridos e simples da Nintendo que os jogos realistas da Sony.

Sendo assim eu chego a conclusão de que essas coisas mencionadas no artigo são dessa forma porque os japoneses querem ou ainda não se popularizou ou viralizou da forma que obrigue todos a usarem. A tecnologia evolui sim no Japão, mas os japoneses não são obrigados a evoluir com ela.

O que você acha sobre a tecnologia no Japão? Você sabia que o Japão não era tão avançado assim? Acha que a tecnologia do Japão foi superestimada? Se gostou do artigo compartilhe e deixe seus comentários.

Compartilhe Nosso artigo:

2 comentários em “O Japão é realmente Tecnológico e Futurista?”

  1. Atrasado é pouco. Além de serem uma população ignorante. Sem dinamismo e sem praticidade. Tanta tecnologia e ao mesmo tempo muito atrasado. Facil perceber andando nas ruas, o comportamento de cada um deles. Um pais que mesmo com toda a tecnolgia ainda deixa muito a desejar.

    • Correção: Existem japoneses ignorantes, taxar uma população inteira de ignorante torna a pessoa que falou um ignorante. Apesar de ter muitas coisas atrasadas por causa da população idosa, pra mim o Japão é muito mais pratico que o resto do mundo em 80% dos casos.

Comentários do site