Idade diferente do mundo? Conheça esse e outros costumes da Coréia do Sul

A Coréia do Sul é um destino turístico que tem atraído cada vez mais pessoas que trabalham com seguro para moto suhai, principalmente por conta de sua cultura e entretenimento que estão aos poucos ganhando destaque internacional. 

O país, que se situa na Ásia, foi durante muito tempo deixado de lado em detrimento de outros países interessantes da região, mas tem feito um excelente trabalho de atração de diversos tipos de público.

Com o fenômeno musical espalhando-se pelo mundo todo, cada vez mais pessoas estão buscando esse tipo de destino, que muitas vezes é bastante diferente dos costumes ocidentais e, apesar de causar uma estranheza inicial, pode ser uma experiência incrível.

A cultura coreana e a do oriente como um todo é, em muitas ocasiões, bem diferente da ocidental, o que gera uma série de situações inusitadas para turistas. É importante saber disso antes de iniciar sua viagem de fériasde um trabalho com controlador de acesso empresas

Outro ponto muito importante para conhecer antes de iniciar sua jornada é conhecer as leis da Coreia do Sul. Isso porque existem algumas peculiaridades para o público ocidental, e o que muitas vezes é considerado normal para você pode ser uma infração lá.

Esse tipo de preocupação é fundamental para criar uma estrutura de segurança e qualidade para sua viagem, aproveitando ao máximo todos os benefícios que o país pode oferecer e criando uma experiência inesquecível.

Esses elementos ajudam qualquer pessoa a entender melhor o local que está indo visitar, e é necessário que você se programe mesmo que esteja indo com um guia turístico ou de excursão, que conte com uma empresa especializada, como um despachante aduaneiro logística

É importante lembrar que, em uma viagem, você é o visitante no país, e cabe a você entender a cultura local e se adaptar para evitar complicações e poder explorar todos os recursos disponíveis, principalmente em um destino onde a cultura não é como a sua.

Para isso, é interessante ter um pouco de conhecimento sobre uma série de detalhes que são completamente fora do que você está acostumado, principalmente se for natural do Brasil, onde a cultura e a sociedade são muito diferentes.

Entender estes elementos ajuda você a aproveitar muito mais o passeio e garantir uma estrutura de qualidade para uma viagem a esse destino, aproveitando melhor todos os elementos disponíveis para sua viagem ser fantástica.

Viajar vai muito além de escolher um destino, reservar um hotel e comprar as passagens, trata-se de um intercâmbio de culturas, com experiências ricas em diversas questões, como:

  • Costumes;
  • Culinária;
  • Religião;
  • Entretenimento.
Todos estes elementos são envolvidos em uma viagem como essas e devem ser levados em conta quando você partir para seu destino depois de usar um táxi aéreo avião

Diferenças na idade coreana

Uma das diferenças mais incomuns e curiosas é o fato de que a contagem de idade na Coreia é diferente de países ocidentais. Isso acontece porque eles consideram todo o período gestacional na hora de calcular quantos anos uma pessoa tem.

Para simplificar, os nove meses de gestão são considerados um ano, por isso toda criança coreana já nasce com um ano de idade, independente do mês de aniversário. Além disso, em toda virada de ano, todos os coreanos ficam um ano mais velho.

Isso também quer dizer que uma pessoa que nasceu em dezembro de determinado ano terá dois em janeiro do ano seguinte, porque conta a virada como mais um ano de vida para todas as pessoas.

No momento do aniversário, independentemente da celebração, ele continuará com a mesma idade, uma vez que na Coreia não há relação entre o dia de aniversário e a idade.

Tratamento hierárquico

Na Coreia, a idade é muito valorizada. Por isso, é uma das primeiras perguntas que qualquer nativo faz a uma pessoa que está conhecendo. A informação ditará uma série de interações sociais, principalmente como o coreano age com essa pessoa.

Isso é importante para determinar o tipo de línguagem que será utilizado, formas de tratamento e outros elementos fundamentais para a comunicação, principalmente dentro de uma empresa de autorização ambiental

Os termos mais comuns relacionados a essa hierarquia são:

  • Oppa: como uma mulher chama um homem mais velho; 
  • Unnie: como uma mulher chama uma mulher mais velha;
  • Hyung: como um homem chama um homem mais velho;
  • Noona: como um homem chama uma mulher mais velha.

Mas isso é apenas caso você já tenha certa intimidade com a pessoa. Caso seja uma pessoa que você não conhece, os mais prováveis de serem usados são o ssi e o nim, sempre utilizados junto com o nome completo da pessoa a quem você se refere.

Preocupação com a estética

O povo coreano é extremamente vaidoso, e não é incomum que homens usem maquiagem para se embelezar. Além disso, a capital da Coreia do Sul, Seul, é conhecida como a capital da cirurgia plástica, porque é muito comum esse tipo de atividade.

Quando alguém completa o colegial e está iniciando sua jornada na vida adulta, é muito comum que os pais presenteiam o jovem com um procedimento estético de sua preferência, sendo alguns dos mais populares a modificação de pálpebras e o afinamento facial.

Os cuidados com a pele também são muito importantes entre os coreanos, e normalmente as pessoas utilizam diversos apetrechos para se protegerem do clima local e dos raios solares, além de usarem bases para deixar sua pele mais clara.

Sair mais de uma vez com a mesma pessoa

Os relacionamentos na Coreia não são tão diferentes dos relacionamentos no Brasil, mas é preciso entender alguns elementos para não entrar em nenhuma enrascada quando estiver saindo com pessoas locais.

Normalmente, o ato de “ficar” com alguém acontece em baladas e barzinhos, de forma muito similar ao Brasil. Entretanto, quando um coreano pega seu número de telefone e chama para um novo encontro, isso é um indicativo de que ele quer algo sério.

Aceitar o convite, na cultura local, identifica que vocês estão oficialmente namorando. Entretanto, passos como conhecer a família e outras questões comuns para brasileiros são apenas para quando o casal está pensando em casamento.  

Religião na Coreia

A cultura coreana tem muito de sua origem no budismo, principalmente entre questões mais tradicionais. Durante a década de 1960, entretanto, o cristianismo recebeu um forte apelo popular e começou a ser difundido entre as cidades.

Esse momento foi logo após a Guerra da Coreia, quando o país estava ainda em busca de esperança em um ambiente caótico. Dentre as religiões cristãs, as que mais se destacam são as protestantes.

Entretanto, é preciso levar em conta que metade da população ainda se considera sem religião, o que faz com que as religiões fiquem mais restritas entre seus seguidores, deixando itens como monitoramento ambiental para o espectro civil. 

Camisetas regatas são impróprias

O uso de camisetas regatas é considerado vulgar entre os locais, por isso não é incomum encontrar coreanos usando camisetas de manga comprida por baixo de regatas, principalmente entre mulheres.

A região do colo feminino é um tabu para os coreanos, por isso mesmo que as mulheres usem saias muito curtas, elas acabam evitando esse tipo de peça. Normalmente, isso não incomoda quando a pessoa tem traços claramente estrangeiros.

Entretanto, para aqueles que descendem de pessoas de países asiáticos, ainda é possível encontrar alguns olhares reprovadores quando você está passeando pela rua com uma blusa regata e principalmente em uma empresa de datador novos. [/trp_language]

Tirar os calçados em uma visita

Esse é um costume muito comum na maioria dos países asiáticos. Quando você visita a casa de alguém, é educado tirar os sapatos e deixá-los em uma área específica para eles, próximo da porta.

Isso porque é considerado falta de educação e de higiene entrar em uma residência com qualquer tipo de calçado. Algumas pessoas oferecem chinelinhos próprios para usar dentro de casa, às vezes até mesmo dentro de uma empresa de defensa metálica simples

Por isso, quando for visitar a casa de alguém na Coreia, lembre-se de conferir suas meias e se possível passar talco ou creme desodorante nos pés para evitar qualquer desconforto.

Recebendo e dando coisas com as mãos

Durante o dia, você terá diversas interações com outras pessoas, como pagar um produto e pegar o troco, entregar um presente e outros elementos. É importante se atentar, entretanto, que dar ou receber coisas com apenas uma mão é considerado falta de educação.

Por isso, sempre que fizer qualquer tipo de movimentação nesse sentido, utilize as duas mãos para mostrar que você está agindo conforme os costumes locais. Se quiser, pode treinar esse hábito para chegar lá sem nenhum tipo de problema.

Considerações finais

Quando você se programa para conhecer um país, conhecer alguns de seus principais costumes e métodos é fundamental. É isso que ajuda as pessoas a passar um período mais satisfatório e confortável a longo prazo.

Por isso, é muito importante você conseguir identificar algumas curiosidades da Coréia do Sul antes de planejar sua viagem, entendendo melhor os costumes e peculiaridades do local para causar uma boa impressão e melhorar sua experiência no país.

Dessa forma, você otimiza sua viagem e garante uma estrutura de qualidade durante toda sua estadia, conhecendo um pouco mais deste incrível destino.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos. 

Compartilhe Este Artigo:


Deixe um comentário