Coreia: Conheça algumas das bebidas mais consumidas no país 

[ADS] Anúncio

É comum muitas vezes termos dúvidas que são incomuns e que em alguns casos estão relacionadas até mesmo a uma cultura totalmente distante das que conhecemos, por exemplo, as bebidas coreanas.

Pois bem, essas bebidas não são tão fáceis de encontrar como as bebidas que estamos habituados diante de um aplicativo para bar e restaurante, por isso a nossa curiosidade quando se considera essa questão tende a ser ainda maior.

Por mais que a cultura Coreana muitas vezes pareça até mesmo distante, conhecer alguns elementos e características desse país é algo incrível e que abre nossa mente diante de tudo que conhecemos.

Pensando nisso,  para matar a sua curiosidade hoje iremos falar justamente sobre as bebidas Coreanas, evidenciando as bebidas mais tradicionais, suas principais características, momentos em que são servidas e os tipos de acompanhamento. Vamos lá!

Bebidas Coreanas mais tradicionais 

Algo muito comum quando se considera as bebidas coreanas é que boa parte delas são realizadas à base de arroz, além de ser adicionado algumas frutas ou até mesmo ervas e flores diante da sua composição.

Assim, os coreanos costumam realizar a adição de flores e ervas justamente para deixar o aroma dessas bebidas muito mais convidativas e cheirosas, fazendo com que ao sentir o cheiro as pessoas já sintam vontade de consumi-las.

Por isso, além dos rótulos personalizados as bebidas coreanas também contam com diferenças em sua composição que as tornam únicas e fazem com que de fato elas sejam totalmente autênticas e representem a cultura desse país incrível.

Vale ressaltar, que as bebidas na Coreia também contam com tradições que as tornam um símbolo e representação do país, com isso para conhecer ainda mais sobre elas, confira as bebidas coreanas mais tradicionais.

  • Soju;
  • Maekju;
  • Makgeolli;
  • Bokbunja ju.

Dessa forma, para que se conheça ainda mais sobre essas bebidas, veja as características de cada uma, como elas são servidas e até mesmo os tipos de acompanhamento.

Soju 

O Soju se caracteriza como a bebida coreana mais tradicional, assim essa bebida no país costuma liderar as vendas, tendo um baixo custo e carregando através da sua composição grãos como o arroz, trigo e cevada.

O Soju é destilado e o seu teor alcoólico é até mesmo considerável podendo variar desde 16,7% a 45%, por isso essa bebida pode ser até um pouco forte para quem não está acostumado.

Essa bebida é vista no país diante de eventos corporativos e confraternizações, sendo consumida com uma espécie de bacon do país, chamado Samgyosal, sendo de fato o combo perfeito para a população.

Maekju

Para você que está conhecendo o país mas é um amante de uma cervejinha gelada, pode ficar tranquilo o Maekju a conhecida cerveja coreana tende atender o seu gosto com excelência e fazer você matar a vontade de uma das bebidas favoritas no Brasil.

O Maekju começou a ser produzido e popularizado na Coreia no ano 1908, sendo muito comum diante dos bares do país, além de ser acessível em relação aos valores e a praticidade em encontrá-lo.

No país, o Maekju tem uma dupla quase inseparável e que proporciona uma experiência incrível diante da culinária Coreana, sendo uma combinação dele com o frango frito, sendo chamada de chimaek.

Se tornando uma ótima opção para um Happy Hour depois de um exaustivo dia em uma empresa de máquinas de café para alugar.

Makgeolli

Pode até parecer algo estranho diante de tanta coincidência, mas o Makgeolli é praticamente um vinho branco que já conhecemos e estamos habituados a consumir.

Essa bebida é também realizada à base de arroz, sendo uma espécie de vinho leitoso, adocicado e gaseificado, tendo um teor alcoólico baixo de apenas 5% e sendo servido na maioria das vezes juntamente com panquecas ou frutos-do-mar.

Por isso, para você que está conhecendo o país apostar nessa bebida é praticamente um tiro certo, pois ela tende a ser muito agradável diante do paladar.

Bokbunja Ju

O Bokbunja Ju é caracterizado como o licor coreano, sendo feito a partir de framboesas pretas, tendo um teor alcoólico de 13%, sendo uma bebida ao mesmo tempo forte e adocicada.

Entretanto, algo que destaca essa bebida é a lenda em volta dela, pois no país se acredita que um casal com um filho pequeno doente, ao ser abordado por um monge, recebeu o conselho de dar essa bebida a criança.

Logo, ao dar essa bebida a criança ela foi curada, por isso a representação dessa bebida diante do país carrega toda uma história e significação.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Compartilhe Este Artigo: